Médicos de Vitória da Conquista conveniados a planos de saúde aderem à paralisação nacional desta quinta-feira (25)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 24 abr 2013

Tags:, ,

Da Redação

paralisação médicos planos de saúdeAmanhã acontece em todo o território nacional a paralisação de 24 horas dos médicos conveniados a planos de saúde. Somente em Vitória da Conquista quase 400 médicos vão suspender consultas, exames e cirurgias, que só serão realizadas em caso de urgência e emergência. Segundo o Conselho Federal de Medicina a categoria reivindica reajuste no valor pago aos profissionais. Uma reunião está prevista para acontecer também na quinta-feira (25) em Salvador, entre representantes da categoria, Agência Nacional de Saúde, Ministério Público e outras entidades para discutir o assunto.

Vitória da Conquista participa do Dia Nacional de alerta aos Planos de Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 22 abr 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

medicina_uesb_32No próximo dia 25 de abril (quinta-feira) os médicos da Bahia e de todo o Brasil suspenderão o atendimento aos planos e seguros de saúde e, portanto, não realizarão consultas e atendimento ambulatorial, mas somente atendimento aos casos de urgência e emergência, que não podem ser suspensos.

Em Vitória da Conquista, os profissionais também vão aderir ao movimento, intitulado ‘Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde’.

Segundo Luis Cláudio de Carvalho (foto), representante do Conselho Regional de Medicina da Bahia em Conquista, somente com a participação ativa e a colaboração de todos os envolvidos no processo é que o movimento produzirá os efeitos almejados.

SINDIMED e médicos do PSF alertam sobre o concurso da Saúde em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 abr 2013

Tags:, ,

da Redação

FotoO Sindicato dos Médicos e Representantes dos Médicos do Programa da Saúde da Família de Vitória da Conquista, em reunião com a Secretaria de Saúde na tarde desta quinta- feira (11) discutiram os termos do edital do concurso de saúde que será realizado pela prefeitura municipal. Dentre os termos abordados está a preocupação relativa à que seja explicitado no edital que o médico poderá fazer opção qual carga horária está pretendendo assumir caso seja aprovado.

Caso contrário os médicos aprovados ficarão expostos a outro processo seletivo sem normas ainda definidas, ou seja, o médico que passar no concurso não saberá qual carga horária deverá assumir, consequentemente não saberá quanto vai ganhar. “Entendemos que esta situação gera insegurança ao profissional e não assegura o funcionamento pleno do PSF conforme determina o TAC assinado pela prefeitura e o ministério público quando da extinção da ASAS”, disse o representante do sindicato dos médicos da Bahia em Conquista, Luís Almeida.

A Secretaria de Saúde se comprometeu a levar esta e outras questões abordadas até o prefeito e dar uma resposta no prazo de 15 dias.