Ministério da Saúde muda orientação e vacinação de adolescentes está suspensa

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 set 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A vacinação de adolescentes de 17 anos marcada para hoje em Vitória da Conquista está suspensa. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recebeu uma nota do Ministério da Saúde informando que foi revisada a recomendação para imunização contra Covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, “restringindo o seu emprego somente aos adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade”.

A restrição é da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, expressa na nota técnica nº 40/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS, “apesar da autorização pela Anvisa do uso da Vacina Cominarty (Pfizer/Biontech)”, de acordo com o Ministério da Saúde.

A SMS suspendeu a vacinação e ainda nesta quinta-feira (16) informará qual será o procedimento para o prosseguimento da aplicação da 1ª dose em adolescentes, para tanto aguarda posicionamentos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

A aplicação da 3ª dose para idosos de 85 anos ou mais e imunossuprimidos graves com 18 anos ou mais continua normalmente, assim como a 2ª dose de  Pfizer e Coronavac/Butantan para as pessoas com data de retorno para o dia 17 de setembro ou datas anteriores.

SMS segue orientação do Ministério da Saúde sobre aplicação de vacinas diferentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 31 jul 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Secom/PMVC

Desde o início da semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) segue a orientação determinada pelo Ministério da Saúde, por meio da Nota Técnica nº 6/2021-SECOVID/GAB/SECOVID, para realizar a intercambialidade de vacinas contra a Covid-19, em apenas alguns casos específicos, que permite que a pessoa tome a 2ª dose de vacina de fabricante diferente da qual iniciou seu esquema vacinal.

A intercambialidade de vacina só inclui apenas as situações de exceção em que não é possível administrar a segunda dose da vacina com uma vacina do mesmo fabricante, seja por contraindicações ou por ausência daquele imunizante, e só pode ser feita em dois casos: em indivíduos que receberam a primeira dose de uma vacina em outro país e que estarão no Brasil no momento de receber a segunda dose; e mulheres que receberam a 1ª dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz e que estejam gestantes ou no puerpério (até 45 dias pós-parto).

De acordo com o Ministério da Saúde, para as gestantes ou puérperas a 2ª dose ofertada deverá ser, preferencialmente, a vacina Pfizer e, caso esse imunizante não esteja disponível no município, poderá completar o esquema de imunização com a vacina Coronavac/Butantan.

As gestantes que tomaram a 1ª dose da vacina Astrazeneca/Oxford, mesmo antes de engravidar e está no prazo para segunda dose, é necessário preencher o formulário para conhecimento da população, a fim de planejamento da estratégia de atendimento para vacinação da 2ª dose com a vacina disponível e autorizada pelo Ministério da Saúde.

A segunda dose só será aplicada no intervalo previamente aprazado, respeitando o intervalo adotado para o imunizante utilizado na primeira dose. Aqueles que receberem a 2ª dose no esquema de intercambialidade, serão orientados a respeito das limitações referentes aos dados existentes e do perfil de risco-benefício.

Em casos de dúvidas, entre em contato com o setor de Imunização do município, por meio do telefone 3429-7424.

Ministério da Saúde lança campanha para incentivar o aleitamento materno

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 30 jul 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Fonte: Brasil 61

Para informar a população sobre a importância do aleitamento materno e incentivar mulheres a amamentar, o Ministério da Saúde lançou a campanha “Todos pela amamentação. É proteção para a vida inteira”. O objetivo da iniciativa é incentivar mulheres a amamentar até os 2 anos ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses da criança, mesmo em casos de Covid-19. 

O leite materno é a melhor fonte de nutrição para bebês e a forma de proteção mais econômica e eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil, sendo capaz de reduzir em até 13% os índices de mortes de crianças menores de cinco anos. A prática protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias, além de evitar o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.

Desde 1981, o Ministério da Saúde coordena estratégias para proteger e promover a amamentação no país. O Brasil também conta com 222 bancos de leite humano e 219 postos de coleta. Com essa ampla rede, em 2020, cerca de 181 mil mulheres doaram mais de 226 mil litros de leite materno e até junho de 2021, 92 mil doadoras já arrecadaram 111,4 mil litros.

A campanha faz parte da Semana do Aleitamento Materno, celebrada do dia 1º de agosto ao dia 7. Atualmente, a pasta repassa R$ 18,2 milhões para os Hospitais Amigos da Criança por ano, que cumprem os 10 passos para o sucesso do aleitamento materno. Hoje, o país tem 301 Hospitais Amigos da Criança em todos os estados e Distrito Federal.

Ministério da Saúde lança ferramenta digital que facilita informações do paciente

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 04 jul 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Brasil 61

O Ministério da Saúde lançou, na última semana, a plataforma Conecte-SUS Profissional – uma ferramenta que vai possibilitar o compartilhamento de informações de pacientes e permitir o acesso aos dados em qualquer lugar do país. O programa está pronto para ser acessado em cerca de 15 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo o Brasil, o que significa um passo importante para a informatização dos serviços prestados aos mais de 210 milhões de brasileiros, com mais rapidez e menor burocracia.  

O lançamento ocorreu na Unidade Básica de Saúde que serviu de piloto para o projeto, em Marechal Deodoro (AL). Na ocasião, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou a informatização das unidades de saúde como etapa fundamental para melhorar o acesso de cada vez mais brasileiros a um atendimento com mais agilidade e de maior qualidade. O ministro ainda destacou que o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) é o caminho para vencer a Covid-19.

Com o reforço dessa tecnologia, os médicos por todo o Brasil poderão ter acesso ao histórico clínico com dados registrados nas redes pública e privada, nos vários níveis de atenção à saúde. Atualmente o sistema permite acesso a informações de apoio ao combate à Covid-19, à Carteira de Vacinação Digital, ao Certificado Nacional de Vacinação e resultados de exames para a Covid-19.

Ministério da Saúde e CNM voltam a debater aumento de verba para custeio do SAMU

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 04 jul 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Brasil 61

Na última sexta-feira (2), o Ministério da Saúde e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) voltaram a se reunir com representantes de consórcios municipais para debater repasses ao Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em recente audiência na Câmara dos Deputados sobre o tema, foi destacado a defasagem de valores e o crescimento da demanda.

Por isso, o objetivo dos encontros é discutir a possibilidade de promover reajustes nos repasses mensais aos Samus municipais. A defasagem estimada nos valores é de 78%. O pleito é para um incentivo financeiro de custeio específico para o Samu, no âmbito do enfrentamento à pandemia da Covid-19 em 2021, além da promoção de reajustes orçamentários para 2022.

Com o objetivo de subsidiar a pauta e justificar o pleito, consórcios públicos estão produzindo um estudo que comprove esta defasagem de aporte de recursos para custear o serviço nos municípios brasileiros. 

Ministério da Saúde lança Campanha de Conscientização sobre Medidas Preventivas e Vacinação contra a Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 13 maio 2021

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Brasil 61

Com o lema: “O cuidado é de cada um, o benefício é para todos”, o Ministério da Saúde lança Campanha de Conscientização sobre Medidas Preventivas e Vacinação contra a Covid-19. A cerimônia de lançamento ocorreu na manhã desta quarta-feira (12), no Centro Cultural do Banco do Brasil, em Brasília, e contou com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; o ministro da Cidadania, João Roma e a titular da recém criada Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Luana Araújo.

Durante a cerimônia, Queiroga ressaltou que apesar da redução do número de óbitos, as medidas protetivas devem continuar, e destacou o esforço do governo federal para vacinar a população contra o coronavírus.

“O governo federal, por intermédio do Ministério da Saúde, tem o objetivo de reforçar cada vez mais a nossa campanha contra a pandemia da Covid-19, cuja base principal é a vacinação. E temos feito um esforço extraordinário para ter doses de vacina à disposição da população brasileira, além de orientar acerca das medidas não farmacológicas.”

Ministério da Saúde atualiza entregas e compras das vacinas contra Covid-19

0

Publicado por Anne Ellen | Colocado em Brasil, Geral | Data: 15 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou o início das entregas de novos lotes da vacina AstraZeneca, produzidas pela Fiocruz, a partir da próxima quarta-feira (17). As mesmas serão realizadas toda semana totalizando mais de 100 milhões de doses até julho. Com isso, o ministro acredita que vai conseguir distribuir aos estados todas as doses previstas para março, levando em consideração também as vacinas entregues pelo Butantan, pelo consórcio Covax Facility e pelo laboratório Precisa.

Vacina e reformas estruturantes: deputado Daniel Coelho indica caminho para recuperação da economia pernambucana

MINUTO UNICEF: higienização das mãos deve ser parte do cronograma escolar

O ministro ainda afirmou que a negociação com os laboratórios Pfizer e Janssen entram na fase final para a compra das doses. Desta forma, assim que os contratos forem firmados, serão garantidas mais 100 milhões de doses da vacina Pfizer e 38 milhões de doses da Jonhson & Jonhson (produzida pela Janssen) para reforçar a vacinação da população brasileira contra a Covid-19. As vacinas da Pfizer estão previstas para o segundo e terceiro trimestres deste ano, enquanto as da Jonhson & Jonhson estão programadas para o segundo semestre de 2021.

Fonte: Brasil 61

Ministério da Saúde irá distribuir aos estados 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 25 fev 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Fonte: Brasil 61

O Ministério da Saúde irá distribuir mais 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. A chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários, que agora serão de pessoas de 85 a 89 anos, pessoas de 80 a 84 anos, 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da saúde.

Todos os estados e Distrito Federal começam a receber 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, importadas da Índia, e 1,2 milhões de doses da CoronaVac.

O envio das doses aos estados ocorre de forma proporcional e igualitária. Devido à situação epidemiológica, a região Norte do país receberá 5% do total de doses das vacinas em cada fase de distribuição. Desse total, 70% serão para o Amazonas, 20% para o Pará e 10% para o Acre.

Ministério da Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 19 jan 2021

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A.Brasil (conteúdo)

O Ministério da Saúde não liga e não envia SMS para que os cidadãos se cadastrem para tomar a vacina contra covid-19. O alerta foi feito pela pasta em 14 de janeiro, em nota e nas redes sociais oficiais.

As ligações do tipo são golpe com objetivo de clonar aplicativos de mensagem, alertou o ministério. A pasta reiterou que não faz agendamento de vacinação, não solicita dados das pessoas nem envia quaisquer tipos de códigos para usuários do sistema de saúde.

Nas ligações, os golpistas tentam extrair dados pessoais com promessas de agendar a vacinação. Numa das modalidades, pede-se que seja confirmado um código enviado por SMS, que dá aos golpistas acesso ao aplicativo de mensagens do dono do celular.

“O Ministério da Saúde não telefona para marcar vacinação e jamais pede esse tipo de confirmação de dados”, afirmou a pasta.

…Leia na íntegra

Ministério da Saúde anuncia data para início da vacinação contra Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 14 jan 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A Tarde

Na manhã desta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou para um grupo de 130 prefeitos, quando será iniciada à vacinação contra a Covid-19 no Brasil. De acordo com o titular da pasta, o dia será na próxima quarta-feira (20).

Um evento, marcado para acontecer no Palácio do Planalto, será celebrado antes do início à imunização. Pazuello fez o anúncio durante uma reunião (presencial e remota) e antecipada por alguns gestores, como os de Florianópolis, Campinas, Cuiabá e de Maringá, por meio das redes sociais. A informação foi confirmada pelo prefeito Bruno Reis, que participou remotamente da reunião.

De acordo com o MS, o primeiro grupo a ser vacinado em janeiro contempla profissionais de saúde, idosos em asilos e indígenas. Em seguida, idosos acima de 75 anos.Ainda conforme Pazuello, o país conta com 400 milhões de doses da vacina Sputink V, e as doses das vacinas CoronaVac e Oxford devem chegar ao Brasil na próxima segunda-feira, 18, após as respectivas autorizações, que devem sair no próximo sábado, 16.

Ministério da Saúde adia reunião com lideranças municipalistas sobre vacina contra Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 13 jan 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: Brasil 61

O encontro entre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, e representantes das entidades municipalistas estaduais foi adiado. A reunião estava prevista para esta quarta-feira (13), mas Pazuello teve que fazer uma viagem emergencial a Manaus.

O Ministério da Saúde informou que o encontro pode ocorrer ainda nesta semana. A videoconferência terá como pauta o planejamento e a execução da vacinação contra a Covid-19. A CNM deve informar os gestores quando uma nova data for confirmada.

Glademir Aroldi afirma que os gestores municipais possuem dúvidas a respeito do calendário e a logística de vacinação e têm buscado orientações junto à entidade. Dessa forma, a expectativa é de que o ministro esclareça pontos que envolvam data de vacinação e distribuição do imunizante.

Ministério da Saúde formaliza compra de 46 mi de doses da CoronaVac junto ao Instituto Butantan

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 08 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte:

O Ministério da Saúde anunciou assinatura de contrato com o Instituto Butantan para adquirir até 100 milhões de doses da vacina Coronavac contra a covid-19 para o ano de 2021, produzidas pelo órgão em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

O contrato envolve a compra inicial de 46 milhões de unidades, prevendo a possibilidade de renovação com a aquisição de outras 54 milhões de doses posteriormente. Esse modelo foi adotado pela pasta pela falta de orçamento para comercializar a integralidade das 100 milhões de doses. Hoje o Instituto Butantan anunciou que a eficácia da vacina é de 78%.

Pazuello afirmou que a aquisição do lote da Coronavac foi possível graças à medida provisória (MP) editada na quarta (6) permitindo a contratação de vacinas antes do registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A perspectiva da pasta é que sejam disponibilizadas em 2021 até 354 milhões de doses. Este total deve ser formado por dois milhões de doses importadas da Astrazeneca da Índia, 10,4 milhões produzidas pela Fiocruz até mês de julho, 110 milhões fabricadas no Brasil pela Fiocruz a partir de agosto, 42,5 milhões do mecanismo Covax Facility (provavelmente da Astrazeneca) e as 100 milhões da Coronavac oriundas do contrato com o Instituto Butantan.

Bahia recebe 120 respiradores do Ministério da Saúde para abertura de novos leitos de UTI; 10 são para o HGVC

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 22 dez 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A Bahia recebeu na noite desta segunda-feira (21), 120 respiradores do Ministério da Saúde, possibilitando a abertura de novos leitos de UTI para o atendimento a pacientes graves com o diagnóstico do coronavírus (Covid-19).

Neste mês de dezembro, mais 20 leitos de UTI já foram abertos no Hospital Espanhol em Salvador. Com a chegada destes novos equipamentos, mais 20 serão abertos, imediatamente. E no início de janeiro de 2021, com a conclusão das obras de ampliação da rede de gases e contratação de novos profissionais, a unidade chegará a capacidade máxima, totalizando 253 leitos, sendo 159 de UTI e 94 de enfermaria.

Os outros 60 ventiladores pulmonares do total dos 120 doados pelo Ministério da Saúde para a Bahia serão distribuídos para a rede estadual na capital e interior: 30 para o Hospital Geral Ernesto Simões Filho, em Salvador; 10 para o Hospital Regional da Chapada, em Seabra; 10 para o Hospital Regional de Juazeiro e 10 para o Hospital Geral de Vitória da Conquista.

Ministério da Saúde confirma segundo caso de reinfecção da Covid-19 no Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 21 dez 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

O Ministério da Saúde confirmou o segundo caso de reinfecção do coronavírus no País. De acordo com a pasta, um paciente de 41 anos do município de Fernandópolis, no estado de São Paulo, foi infectado em junho e se curou. Em novembro, ele recebeu mais uma vez o resultado positivo da doença. 

A notificação foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), na capital paulista. O primeiro caso de reinfecção ocorreu em Natal (RN), de uma médica que tem 37 anos. Até o momento, há pelo menos 501 casos de reinfecção pelo novo coronavírus sob investigação no Brasil. 

O País somava, até o último domingo (20), mais de 7,2 milhões de registros e mais de 183 mil mortes ocasionadas pelo coronavírus. 

Ministério lança campanha para estimular vacinação contra a covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 16 dez 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: A.Brasil

O Ministério da Saúde intensificará, a divulgação de informações sobre o processo de produção, aprovação, escolha e distribuição de vacinas a serem utilizadas na campanha de imunização contra o novo coronavírus. O objetivo é tranquilizar a população a respeito da eficácia e segurança de qualquer imunizante que a Agência Nacional Vigilância Sanitária (Anvisa) venha a aprovar.

Segundo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, a primeira fase da campanha de comunicação, entre outras coisas, tem o objetivo de esclarecer a população sobre a importância da imunização, reforçando que as autoridades sanitárias estão tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos brasileiros que receberem a vacina.

Segundo o governo, 49,6 milhões de pessoas serão vacinadas nas três primeiras etapas do plano. Ainda de acordo com o governo, a vacinação no Brasil deve ser concluída em 16 meses – quatro meses para vacinar todos os grupos prioritários e, em seguida, 12 meses para imunizar a “população em geral”.

A vacinação ainda não tem uma data para começar. O governo afirma que é preciso esperar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o registro de vacinas. Até agora, nenhum pedido de registro chegou à Anvisa.

Mais 10 respiradores, R$ 10 milhões para Covid e Auditoria do Denasus em Conquista, diz Herzem

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 08 jul 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

da Redação

foto: arquivo pessoal

Em audiência articulada pelo deputado federal Elmar Nascimento (DEM), no Ministério da Saúde, que seria com o ministro Eduardo Pazuello, acabou acontecendo com o Assessor Especial do ministro, Airton Cascavel.

O prefeito Herzem Gusmão (MDB), acompanhado da secretária Ramona Cerqueira (Saúde) e Mateus Novais (Assessoria) apresentou as demandas de Vitória da Conquista relacionadas a Covid-19, com apoio importante do parlamentar baiano.

“Viagem proveitosa. Resolvemos o problema de respiradores, e uma auditoria do Ministério da Saúde irá esclarecer os contratos do Governo do Estado em Conquista. Agora, é aguardar a apuração”, a auditoria provará.

Respiradores

A audiência, considerada pelo prefeito como positiva, possibilitou o que o representante do MS anunciasse que a cidade será inicialmente contemplada com mais 10 respiradores. A baixa dos leitos do IBR, que o governo estranhamente cancelou, sem abrir prazo de defesa, também foi abordada na audiência.

Auditoria

O prefeito Herzem Gusmão (MDB) sugeriu investigação do Ministério da Saúde nos contratos de leitos de UTI, para Covid, firmados pela Sesab -Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Airton Cascavel solicitou que o prefeito oficializasse o pedido que será protocolado na tarde desta 4ª feira (8).

Os leitos do Hospital de Base, IBR e HCC, contrato com a Sesab serão investigados. A Prefeitura solicitará também auditoria nos 10 leitos do Hospital São Vicente. O leitos da Santa Casa foram contratados pela PMVC.

R$ 10 milhões

Cascavel garantiu R$ 10 milhões para o tratamento do coronavírus em Conquista. O prefeito Herzem Gusmão disse a ele que cada centavo gasto com a Covid terá uma comissão para avaliar e fiscalizar o emprego dos recursos do Governo Federal.

Documento/Médicos

Foi entregue com assinatura do prefeito Herzem Gusmão, que avalizou e apoia o movimento dos médicos, ao Ministério da Saúde, um abaixo assinado com 140 médicos que pedem toda medicação para o tratamento precoce da doença.

Ramona efetivada na Secretaria de Saúde, tem agenda com o ministro Pazuello em Brasília, acompanhada de Herzem e o deputado Elmar Nascimento

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 jul 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

da Redação

Leitos de UTi, Cloroquina e Auditoria/Sus serão temas de audiência com ministro Pazuello

Ramona Cerqueira. Foto: Blog do Rodrigo Ferraz

A secretária de Saúde da Prefeitura de Vitória da Conquista, Ramona Cerqueira, na semana passada foi efetivada como titular da pasta pelo prefeito Herzem Gusmão (MDB). “Ramona assume por mérito. Estou satisfeito com o trabalho que ela desenvolve na área de saúde em nossa terra. Segura, firme e tem sido um destaque no combate ao coronavírus”, disse o prefeito Herzem Gusmão.

Brasília

Já como titular da Secretaria de Saúde, Ramona Cerqueira estará acompanhada do prefeito Herzem Gusmão e do deputado federal, Elmar Nascimento (DEM), em audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O deputado federal Elmar Nascimento (DEM) viabilizou a audiência, e estará com o ministro Pazuello buscando equacionar a falta de respiradores para leitos de UTI em Conquista.

Cloroquina

Albert Einstein proíbe médicos de dar cloroquina a pacientes com ...

A secretaria Ramona Cerqueira, recentemente no programa Sudoeste agora, da Rádio Clube FM (95,9), garantiu que médicos em Vitória da Conquista estão estudando e pesquisando o uso da cloroquina.

Entrevistado na Rádio Clube, nesta 6ª feira (4), o prefeito Herzem Gusmão admitiu possibilidade de solicitar que o presidente Bolsonaro mande cloroquina para Conquista. O prefeito aguardará o estudo do protocolo da Saúde para uso da cloroquina.

Cloroquina II

Na audiência com o ministro Pazuello, o prefeito Herzem Gusmão, e a secretária Ramona Cerqueira vão abordar a possibilidade do uso da cloroquina em Vitória da Conquista.

Auditoria

A depender do desenrolar das investigações do MPF e MPE, pleito da administração municipal, o prefeito Herzem Gusmão solicitará junto ao Ministério da Saúde, auditoria em UTIs de hospitais habilitados para o tratamento da Covid-19.

A situação de incerteza, e os contratos sob suspeição com a Sesab, serão também tema do encontro em Brasília. “Falarei com o ministro da necessidade de auditoria do Ministério da Saúde em Conquista. Os maus exemplos pelo Brasil exigem apuração na utilização de recursos para salvar a população de doença, que já matou o que corresponde a Mineirão lotado de brasileiros”, disse o prefeito Herzem.

A capacidade do Mineirão em Belo Horizonte é de 61.927 torcedores. O coronavírus já matou 64.375 pessoas no Brasil. São 2.418 a mais que a lotação do Mineirão.

Saúde disponibiliza nova plataforma para acompanhamento da covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 12 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:A.Brasil

Nesta sexta-feira (12), o Ministério da Saúde disponibilizou uma nova página para acompanhamento dos casos do novo coronavírus (covid-19) em todo o país. Em destaque, estão o número de casos de pacientes recuperados e daqueles que estão em acompanhamento, além de gráficos que mostram a evolução de óbitos diários pela doença.

Pela nova plataforma, o usuário tem acesso ao número de habitantes no país e ao número de mortes a cada 100 mil pessoas, fatores que são levados em conta pra avaliar o grau de contágio do novo coronavírus. A busca de casos por municípios também está disponível. A fonte dos dados são informações repassadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

De acordo com o balanço mais recente da doença, divulgado ontem (11), houve 1.239 novas mortes e 30.412 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 40.919 falecimentos em função da pandemia do novo coronavírus e 802.828 pessoas infectadas. O país conta ainda com 416.314 pessoas em observação e 345.595 estão recuperados.

Ministério da Saúde anuncia nova plataforma com dados totais da Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 09 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:

Nesta segunda-feira (08), a nova plataforma de consolidação dos dados sobre a covid-19 no Brasil, foi apresentada pelo secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco. A forma de contabilização das mortes será alterada: as secretarias estaduais enviarão as informações até 16h, e os dados totais nacional serão divulgados até 18h.

Na apresentação da nova plataforma pelos representantes do Ministério da Saúde, a principal dúvida girou em torno do que acontecerá com os óbitos de dias anteriores cuja confirmação da infecção com o novo coronavírus seja descoberta posteriormente e se estas seriam contabilizadas no total.

Perguntado sobre isso na entrevista coletiva, Franco respondeu que “o total continua o total”. O diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis, Eduardo Macário, completou que o total de registros do dia (as mortes notificadas, independentemente de quando ocorreram) continuará sendo divulgado, mas o dia de ocorrência será considerado e isso impactará a curva epidemiológica de evolução da pandemia.

O novo sistema será disponibilizado até esta terça-deira (9). Desde a semana passada, a pasta vinha divulgando os dados por volta de 22h.

Ministério da Saúde libera cloroquina para todos os pacientes com coronavírus

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Fonte:

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (20) o protocolo que libera no SUS o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina até para casos leves de Covid-19. Até então, o protocolo previa os remédios para casos graves.

Embora não haja comprovação científica da eficácia do medicamento contra a doença, o Ministério da Saúde alega, no documento, que o Conselho Federal de Medicina autorizou recentemente que médicos receitem a seus pacientes a cloroquina e a hidroxicloroquina, uma variação da droga. “A prescrição de todo e qualquer medicamento é prerrogativa do médico, e que o tratamento do paciente portador de COVID-19 deve ser baseado na autonomia do médico e na valorização da relação médico-paciente que deve ser a mais próxima possível, com objetivo de oferecer o melhor tratamento disponível no momento

O protocolo inclui declarar conhecer que o tratamento pode causar efeitos colaterais que podem levar à “disfunção grave de órgãos, ao prolongamento da internação, à incapacidade temporária ou permanente, e até ao óbito.