Governo Municipal participa de celebração em homenagem à padroeira da cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 ago 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura/Conteúdo

Em 1628, na cidade de Paris, o rei Luís XIII lançou a pedra fundamental da igreja que ele mesmo chamou de Igreja de Nossa Senhora das Vitórias, uma recordação duradoura da batalha conhecida como Cerco de La Rochelle, da qual saíra vencedor.

175 anos depois, no Arraial da Conquista, o capitão João Gonçalves da Costa cumpre sua promessa por ter vencido a batalha contra os índios que habitavam a região e inicia a construção da igreja em homenagem a Nossa Senhora das Vitórias.

Logo depois, começa a tradição de celebrar a padroeira da cidade. “A primeira missa em louvor à padroeira foi celebrada no dia 15 de agosto de 1809, por um padre vindo da atual cidade do Rio Pardo, Minas Gerais”, relata o historiador Mozart Tanajura, no livro História de Conquista: Crônica de uma Cidade.

Nesta terça, 15 de agosto de 2017, católicos da cidade e da região celebraram a data com a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora. “Com Maria, temos que anunciar esta alegria de viver com Jesus. Hoje é um dia de profunda fé e oração, quando nos voltamos para seu filho Jesus, ela nos leva para ele, para a missão de evangelizar”, explicou o Arcebispo Metropolitano Dom Luís Gonzaga Pepeu, presidente da celebração eucarística.

Representando o Governo Municipal, a vice-prefeita Irma Lemos e o secretário Esmeraldino Correia participaram da missa solene, realizada no Ginásio de Esportes Raul Ferraz. “Essa é uma data muito importante para nós conquistenses, ela é a padroeira da nossa cidade e, pra mim, é uma honra celebrar o dia 15 de agosto”, declarou a vice-prefeita.

Cerca de 6 mil fiéis estiveram na celebração. A festa em louvor à padroeira terminou com uma procissão até a catedral, na Praça Tancredo Neves.