Novo sistema da Polícia Federal armazenará dados biométricos

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 jul 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A.Brasil

O diretor geral da Polícia Federal (PF), Paulo Maiurino, assinou nessa segunda-feira (5) um contrato para aquisição de novas ferramentas de tecnologia e de identificação biométrica. Chamado de Abis (Solução Automatizada de Identificação Biométrica), o projeto permitirá realizar a identificação de pessoas, bem como o armazenamento biométrico de cidadãos. 

O novo sistema entra em funcionamento já com um banco de dados com cerca de 22 milhões de cadastros. Essas informações constam no antigo sistema que será descomissionado, o Afis (Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais) – utilizado pela corporação há mais de 16 anos é referência internacional na identificação de digitais, sejam elas em cenas de crime ou na procura de pessoas desaparecidas. 

O sistema Abis oferece, com exatidão, cruzamento de dados, consultas de impressões digitais e até mesmo reconhecimento facial. A capacidade inicial é de 50,2 milhões de cadastros únicos, mas pode ser expandida para identificar os dados de até 200 milhões de brasileiros.

O processo de atualização digital tem por objetivo criar um banco de impressões digitais totalmente unificado, que compartilhe os dados já existentes entre as secretarias de Segurança Pública em parceria com a Polícia Federal, com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“A pretensão de contar com a ferramenta [Abis] era um projeto antigo do órgão, que tivera pedidos anteriores negados por pendências junto ao Tribunal de Contas da União“, informou, em comunicado, a PF.

A nota informa, ainda, que a aquisição do novo sistema vem acompanhada da chegada de novos equipamentos que serão usados por agentes policiais para realizar o cadastro, fazer análises forenses e colher dados biométricos relevantes para investigações. Entre os novos dispositivos, uma estação portátil de cadastro e consulta de dados biométricos que será usada por papiloscopistas.

Prefeitura começa a implantar novo sistema de bilhetagem eletrônica nos ônibus coletivos municipais

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, transporte, Vit. da Conquista | Data: 08 out 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Secom/PMVC (conteúdo)

A Prefeitura Municipal, através da Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Vitória da Conquista (Atuv), começou a implantar nesta quarta-feira (07) o novo sistema tecnológico de bilhetagem eletrônica nos ônibus de Vitória da Conquista. Por meio de um aplicativo de celular, a cobrança será feita na catraca através da leitura do QR Code. A cidade é a quarta no país e a primeira no estado a adotar a tecnologia em seu transporte público urbano.

O novo sistema irá facilitar o pagamento, a aquisição e recarga dos bilhetes, fornecendo também maior segurança nas operações, sem prejuízos ao sistema convencional. Através do smartphone, o usuário poderá acompanhar seu saldo, extratos de uso e fazer a compra dos bilhetes online por cartão de crédito, débito ou boleto bancário.

Segundo o coordenador municipal de Transporte, Micael Silveira, a empresa Prodata, especializada no mercado de bilhetagem eletrônica, será a responsável pela sua implantação na cidade. “O sistema estará em completo funcionamento dentro dos próximos 30 dias. A exemplo de Campinas e Jundiaí no estado de São Paulo e em Goiânia, Vitória da Conquista também será beneficiada com essa tecnologia”, explica.

O equipamento possui também acoplada uma câmera para biometria facial, que complementa a validação do Bilhete Eletrônico Individual para a garantia dos direitos de gratuidade e da meia passagem. “O objetivo é o de coibir o uso indevido dos bilhetes que causam prejuízos aos beneficiários do transporte em Vitória da Conquista”, ressalta o coordenador .