Conquista: Vigilância Sanitária orienta CDL nas ações preventivas contra o Coronavírus

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 mar 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Secom/PMVC

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) está intensificando as ações preventivas contra o Coronavírus (Covid-19). Para isso, foi realizada uma reunião com a diretoria do órgão e a Vigilância Sanitária, na manhã desta terça-feira (17). Na ocasião, foram discutidas alternativas e orientações que os comerciantes devem adotar para evitar a propagação da doença.

No comunicado emitido aos lojistas, é recomendada uma série de cuidados com a higiene. Além da limpeza intensificada do estabelecimento, é preciso lavar as mãos com água e sabão, especialmente após contato com pessoas, dinheiro e antes de se alimentar; cobrir o nariz e a boca com o antebraço ao espirrar e tossir; evitar tocar nos olhos, nariz e boca; e higienizar canetas cedidas aos clientes logo após o uso. O álcool em gel deve ser disponibilizado aos funcionários e ao público.

Também é recomendado que os colegas de trabalho não compartilhem objetos de uso pessoal, a exemplo de talheres e copos. Ao se cumprimentar, é preciso ainda evitar abraços, apertos de mão ou beijo no rosto. Manter os ambientes bem ventilados também é essencial. Sempre que possível, deve-se substituir reuniões presenciais por e-mails, contatos telefônicos e Whatsapp.

Além disso, funcionários que trabalham diretamente com dinheiro devem ter acesso a luvas e máscaras. É recomendado também evitar o contato com pessoas que estejam com infecções respiratórias agudas. Quanto aos colaboradores que integram o grupo de risco do Covid-19, é indicado que permaneçam em casa, assim como as mães de filhos pequenos, que precisam deixá-los com os avós.

A Vigilância Sanitária está reforçando a fiscalização de espaços que recebem um número maior de pessoas, a exemplo da Rodoviária, e a Secretaria Municipal de Saúde reforça que, caso alguém apresente febre ou, pelo menos, um sintoma respiratório, esteve em viagem para as áreas de transmissão ou em contato com pessoas desse perfil, é necessário entrar em contato, imediatamente, com o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde para notificação e investigação, por meio dos contatos: 3429-7403/7405/7411.

Gestores escolares recebem orientações sobre prevenção ao Coronavírus em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 12 mar 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:Secom/PMVC

Uma ação conjunta entre as secretarias municipais de Educação e Saúde, gestores da Rede Municipal de Ensino, foi realizada nesta quarta-feira (11), para receber orientações referentes às medidas de prevenção do novo Coronavírus (COVID-19) que devem ser adotadas nas unidades de ensino.

A diretora de Vigilância à Saúde, Ana Maria Ferraz e a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Amanda Gomes, apresentaram o cenário epidemiológico e explicaram o que é a doença, os sintomas, como ocorre a transmissão, o diagnóstico e as ações de prevenção, a exemplo de proteger a boca e o nariz ao tossir e espirrar. Elas compartilharam ainda a Nota Informativa Conjunta, emitida pelo Estado, com as orientações para as unidades de ensino.

Mesmo não tendo nenhum caso confirmado da doença no município, as recomendações são fundamentais, uma vez que as escolas são ambientes fechados, com grande número de pessoas e que realizam atividades coletivas. Além disso, as medidas contribuem para a prevenção de outras doenças de transmissão respiratória.

Também estiveram presentes na atividade, a coordenadora-geral do Núcleo Pedagógico, Tânia Novais e a representante técnica da Vigilância Epidemiológica do Núcleo Regional de Saúde, Josiane Almeida.

Black Friday: Procon orienta consumidores

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 21 nov 2017

Tags:, ,

Da Redação

O Procon de Vitória da Conquista realizará uma campanha educativa nesta quinta e sexta, 23 e 24 de novembro, para que o consumidor preste bastante atenção antes de realizar suas compras durante a Black Friday. De acordo com o órgão, a data pode ser uma boa oportunidade para economizar nas compras, mas há também o risco de armadilhas, principalmente nas compras online.

Conforme o Procon, o consumidor tem que ter muito cuidado, porque é um momento que expõe ainda mais as vulnerabilidades dos sistemas de compras. Dentre as práticas abusivas comuns nessa época está a publicidade enganosa, com aumentos bruscos de preços na véspera da campanha para então conceder um desconto ilusório. Por isso, monitorar a oscilação de preços antes da Black Friday é fundamental.

A omissão de informações a respeito do produto ou da relação de compra também é frequente. Por isso, recomenda-se que o consumidor exija do estabelecimento dados sobre a garantia, assistência em caso de defeitos, prazo de devolução, dentre outras informações que garantam a segurança do consumidor após a aquisição do produto.

Durante os dois dias da campanha, agentes do órgão distribuirão panfletos informativos no comércio, orientando a população a executar uma compra segura. Além disso, eles também fiscalizarão os estabelecimentos comerciais, a fim de coibir práticas abusivas.

Compras online – Quem pretende comprar pela internet deve ter cuidado redobrado. Certificar-se da identificação da loja (razão social, CNPJ, canais de contato) é essencial para a resolução de um possível problema no futuro. Conhecer a política de privacidade do estabelecimento e a sua reputação, por meio do cadastro de reclamações, também é essencial.

O CDC (Código de Defesa do Consumidor) permite que o consumidor desista da compra online em até sete dias após recebê-la. Dentro desse prazo, a devolução pode ocorrer mesmo quando o produto não apresentar vícios ou defeitos.

Procon explica direitos dos consumidores sobre as garantias de produtos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 jul 2016

Tags:, ,

Da Redação

downloadA Coordenação do Procon em Vitória da Conquista explica detalhes sobre um dos direitos assegurado ao consumidor: a garantia legal. De acordo com o setor, todo produto adquirido em um estabelecimento comercial é amparado por uma garantia. Em produtos duráveis, ela se estende por 90 dias; e nos não-duráveis, o prazo é de 30 dias.

A garantia de produtos não-duráveis, como alimentos, bebidas, medicamentos ou cosméticos, pode ser estendida em até cinco anos, caso acarrete algum problema de saúde para o consumidor. Quando se tratam de bens duráveis, como aparelhos eletrônicos, por exemplo, normalmente são trocadas as peças que apresentam defeito, sempre por outras peças originais, e desde que a troca não implique na desvalorização do produto.

Ainda segundo o Procon, a garantia legal dá às empresas o prazo de 30 dias, contados do momento que o consumidor entrega o produto, para devolvê-lo em perfeitas condições. Em casos de postagem por Correios, ela também é inteiramente responsável por casos de extravio ou danificação durante o transporte. Se o produto voltar da assistência e continuar apresentando defeito, o consumidor tem direito a um produto novo.

Para ter direito às garantias dos produtos, de acordo com o Procon, é importante que se conserve a nota fiscal e, quando for o caso, o termo de garantia. O consumidor pode entrar em contato diretamente com o fornecedor, pelo seu 0800, ou se dirigir ao estabelecimento comercial onde foi realizada a compra. Ao levar o produto para a assistência, é preciso exigir uma ordem de serviço, comprovando a entrega. Se a empresa não lhe devolver o produto no prazo de 30 dias, ou se ele voltar a apresentar defeito, acione o Procon: (77) 3429-7850 / 3429-7856.

PRF alerta sobre os trechos das rodovias mais afetadas pelas chuvas na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 22 jan 2016

Tags:, , ,

Da Redação

estrada interditada
Como informamos aqui no BLOG DA RESENHA GERAL, o alto índice pluviométrico está sendo registrado não só em Vitória da Conquista, mas em diversas regiões do estado da Bahia. Segundo a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), o volume de chuvas no Estado superou, em 21 dias, a média histórica analisada para o mês de janeiro.

Por conta disso, nesta sexta-feira (22) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu um comunicado para alertar aos motoristas sobre os cuidados que precisam ter ao dirigir com chuva. Além disso, o órgão indicou alguns trechos em que os condutores precisam redobrar os cuidados, diminuir a velocidade e ainda trafegar com os faróis baixos, mesmo durante o dia, para melhorar a visibilidade.

Segundo a PRF, o local mais atingido até o momento são a BR-324-Norte, perto da cidade de Riachão de Jacuípe, onde há interdição da rodovia por conta da queda da ponte sobre o Rio Verde. Com isso, há algumas opções de desvios para o trecho. A primeira opção, informou a PRF, é o condutor pegar a estrada entre Filadélfia, na BR-407, e Euclides da Cunha, que fica na BR-116. Segundo a PRF, outros desvios são desaconselhados por conta do clima e risco de novas interdições.

A PRF também orienta que os condutores tenham cuidado com as rodovias que ficam perto de Jacobina, de Itaberaba e Lençóis por conta das fortes chuvas nesses trechos.

Procon orienta pais sobre lista de material escolar

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 26 dez 2015

Tags:, ,

Da Redação

material escolar
Com a chegada de mais um ano letivo, os pais ou os responsáveis pelos estudantes precisam ficar atentos quanto à compra do material solicitado pelas escolas. De acordo com o Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Vitória da Conquista, a escola deve disponibilizar a lista de material antes mesmo do ato da matrícula.

Além disso, segundo o Procon, cabe à Instituição de Ensino, devolver o material que sobrou do ano anterior aos alunos. Assim, os pais podem avaliar o que pode ser reaproveitado. O órgão recomenda que os pais ou responsáveis pelos estudantes conheçam o projeto didático-pedagógico da escola para verificar quais materiais de uso individual serão utilizados pelos alunos ao longo do ano.

Também devem observar se na lista existe algum material de uso coletivo, a exemplo de copos descartáveis, papel higiênico, pratos ou fita para impressora. Nesse caso, os pais precisam procurar a escola e solicitar que o material seja retirado da lista. O Procon afirma ainda que que os itens da lista podem ser entregues de forma fracionada, já que alguns utensílios serão usados somente no segundo semestre.

Já referente à taxa de material escolar, o órgão informa que a escola até pode cobrar essa taxa desde que seja opcional e que seja disponibilizada a relação dos materiais inclusos.