Período de chuvas exige maiores cuidados para evitar proliferação do mosquito da dengue

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 22 fev 2020

Tags:, , ,

Editar imagem

AR+

O período de chuvas pelo qual passa o Brasil, somado ao calor do Verão, exige que os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya sejam redobrados. O diretor do Departamento de Imunizações de Doenças Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Júlio Croda, explica que essa condição climática aumenta as chances de propagação dessas doenças, já que cria o ambiente “perfeito” para a reprodução do Aedes aegypti.

“Esse ano, especialmente no Nordeste, a previsão é de muita chuva. O Espírito Santo também está vivendo um momento importante de chuva. Por isso, nós pedimos aos estados que façam planos de contingência. Cabe ao Ministério da Saúde alertar sobre essa possibilidade de ocorrência de dengue, nesse Verão de final de 2019 e início de 2020.” 

Com o risco de surto das doenças causadas pelo mosquito, alguns estados e municípios brasileiros já deram início às estratégias de combate. Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, por exemplo, está em andamento uma ação denominada “Mosquito Zero – É matar ou morrer”. 

A iniciativa consiste em limpeza de terrenos públicos, transporte de materiais inservíveis descartados, visita de agentes de combate às endemias, entre outros.  A mobilização deve durar, inicialmente, 10 dias, mas a expectativa é de que todas regiões da capital realizem uma ação semelhante até abril.

Já no Distrito Federal, onde só a dengue foi responsável pela morte de 62 pessoas em 2019, a Secretaria de Saúde conta com o apoio de 500 militares do Corpo de Bombeiros, que eliminam focos do mosquito nas regiões mais afetadas no ano passado.