Pelo terceiro ano consecutivo, ACM Neto é apontado melhor prefeito do Brasil

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 06 jan 2016

Tags:, , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

IMG_1027foto: Max Haack

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), foi avaliado como o melhor gestor do país pelo terceiro ano consecutivo. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Paraná e o ranking dos melhores gestores levou em consideração as 13 maiores capitais do país.

ACM Neto tem 21% a mais de aprovação do que o segundo colocado. Neto lidera com 85% de aprovação popular, seguido de Rui Palmeira (PSDB) de Maceió, com 64% de aprovação, e Geraldo Júlio (PSB), prefeito do Recife, com 58% de aprovação.

Já nas últimas posições estão dois prefeitos do PT: Fernando Haddad, de São Paulo, com 28%, e Paulo Garcia, de Goiânia, com 23%. Confira abaixo o ranking do Instituto Paraná:

1 – ACM Neto (DEM) – Salvador (BA): 85%
2 – Rui Palmeira (PSDB)- Maceió (AL): 64%
3 – Geraldo Júlio (PSB) – Recife (PE): 58%
4 – Marcio Lacerda (PSB) – Belo Horizonte (MG): 55%
5 – José Fortunati (PDT) – Porto Alegre (RS): 54%
6 – Cézar Souza Jr (PSD) – Florianópolis (SC): 49%
7 – Alcides Bernal (PP) – Campo Grande (MS): 49%
8 – Gustavo Fruet (PDT) – Curitiba (PR): 48%
9 – Eduardo Paes (PMDB) – Rio de Janeiro (RJ): 42%
10 – Zenaldo Coutinho (PSDB) – Belém (PA) : 37%
11 – Roberto Cláudio ( PDT ) – Fortaleza (CE): 36
12 – Fernando Haddad (PT) – São Paulo (SP): 28%
13 – Paulo Garcia (PT) – Goiânia (GO): 23%

Rejeição da população ao governo Dilma chega 86,5%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 07 nov 2015

Tags:

Diário do Poder

Brasil, BrasÌlia, DF, 06/08/2015. A presidente, Dilma Rousseff, durante audiÍncia com integrantes da Marcha das Margaridas, no Pal·cio do Planalto, em BrasÌlia (DF). A marcha È uma manifestaÁ„o que coloca para a sociedade as questıes da mulher do campo, e que neste ano levanta as bandeiras da sustentabilidade, seguranÁa alimentar e democracia. - CrÈdito:ANDR… DUSEK/ESTAD√O CONTE⁄DO/AE/CÛdigo imagem:186578

Percentual chega a 90% entre as pessoas mais afetadas pela crise (Foto: André Dusek/AE)

Pesquisa nacional realizada pelo Instituto Paraná revelou que a desaprovação da presidente Dilma Rousseff atingiu 86,5%. Apenas 11,1% aprovam a condução do País e 2,4% não souberam o que dizer. A desaprovação atinge o seu máximo, 90,1%, entre as pessoas de 25 a 34 anos, justamente quem está tentando se consolidar no mercado de trabalho.

Se as eleições presidenciais fossem hoje, Aécio Neves (PSDB) apareceria em primeiro com 34,2% das intenções de voto e disputaria o segundo turno com Marina Silva (Rede) que aparece em segundo com 19,7%. O ex-presidente Lula ficaria em terceiro com 17,1%, seguido por Jair Bolsonaro (PTB) com 5,3% e Ciro Gomes (PDT) com 5,2%. Michel Temer (PMDB) e Ronaldo Caiado (DEM) tiveram apenas 1,5% e 1%, respectivamente. Cerca de 8,5% dos eleitores disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 7,5% não souberam responder. …Leia na íntegra

Governo Dilma é reprovado por 80,7% dos brasileiros, diz pesquisa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 27 out 2015

Tags:, , ,

Tribuna da Bahia

Dilma BBB

Mais de 80% dos brasileiros reprovam o governo Dilma Rousseff. É o que mostra um novo levantamento a respeito da petista, elaborado pela Confederação Nacional dos Transportes em parceria com a MDA Pesquisa, divulgado nesta segunda-feira (27/10).

Com um total de 2.002 entrevistados em 24 Estados, ouvidos entre 20 e 24 de outubro, a pesquisa mostra que 80,7% das pessoas desaprovam o governo – contra os 15,9% que o aprovam e os 3,4% que não responderam à questão.

Dentre os entrevistados, 70% avaliaram o governo como ruim ou péssimo e apenas 8,8% como bom ou ótimo – leve melhora em relação à pesquisa anterior, segundo a qual 7,7% tinham a posição positiva em relação à Dilma e 70,9%, negativa. Do total de consultados, 20,4% veem o atual mandato da presidente como regular.  …Leia na íntegra

Pesquisa aponta redução no valor da cesta básica em setembro

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Economia, Educação, Vit. da Conquista | Data: 01 out 2015

Tags:, ,

Da Redação

O que antes custava R$ 271,11, passa a valer agora R$ 264,62.

cesta-basicaNo mês de setembro o valor da cesta básica em Vitória da Conquista reduziu 2,39% em relação ao mês de agosto. O que antes custava R$ 271,11, passa a valer agora R$ 264,62. Com a análise, que foi realizada pelo projeto de extensão “Indicadores Econômicos: Cálculo da Cesta Básica Mensal de Vitória da Conquista”, com o apoio da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI-BA), foi concluído que o trabalhador comprometeu 36,50% do salário líquido mensal para suprir as despesas com o montante da cesta básica.

Da lista dos 12 produtos que fazem parte da ração essencial mínima, constatou-se um equilíbrio na variação dos preços dos itens. Seis deles apresentaram diminuição nos valores, entre eles, o café moído, leite, óleo de soja e a farinha de mandioca. Enquanto que os outros seis tiveram uma elevação significativa do preço, como é o caso do tomate, da carne bovina e da manteiga. Para conferir o resultado completo da pesquisa referente ao mês de setembro, clique aqui. …Leia na íntegra

10% aprovam e 69% reprovam governo Dilma, aponta pesquisa Ibope

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 30 set 2015

Tags:, ,

Correio

IMG_7139

A popularidade do governo Dilma Rousseff teve pouca alteração entre junho e setembro. De acordo com a pesquisa CNI-Ibope, divulgada hoje (30), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o percentual de pessoas que consideram o governo ótimo ou bom subiu de 9% para 10% no período, dentro da margem de erro, que é dois pontos percentuais.

Para 21%, o governo da presidenta é avaliado como regular. Segundo a pesquisa, 82% desaprovam e 14% aprovam a maneira de a presidenta governar. Na pesquisa anterior, referente a junho, esses percentuais estavam em 83% e 15%, respectivamente.

De acordo com a pesquisa, 77% dos brasileiros não confiam na presidenta, enquanto 20% confiam. Em março, esses índices estavam em 78% e 20%, respectivamente. A pesquisa foi feita entre os dias 18 e 21 de setembro, a partir de 2002 entrevistas feitas em 140 municípios. A margem de erro é dois pontos percentuais e, segundo a CNI, o grau de confiança da pesquisa é 95%.

A rejeição ao governo Dilma (68%) divulgada na pesquisa anterior era a maior já registrada pela série histórica das pesquisas Ibope desde a redemocratização, informou o instituto. Nesta nova pesquisa do Ibope, 14% dos entrevistados aprovam o governo da presidente, porém 82% desaprovam e 3% não souberam ou não responderam.

Fraco desempenho na 1ª pesquisa pode ter tirado Odir da disputa eleitoral em 2016

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 25 set 2015

Tags:, ,

da Redação

O PT poderá ficar de fora de um provável 2º turno nas eleições de Vitória da Conquista

OdirDurante esta semana, o jornalista Levy Vasconcelos da coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde, comentou e mostrou dados de uma pesquisa que revelou que Odir Freire, secretário da Agricultura da Prefeitura de Vitória da Conquista, apareceu com apenas 0,86%, ocupando o último lugar. Os dados não foram publicados pelo jornalista que apenas comentou em uma das salas de reuniões das Comissões Temáticas da ALBA.

O prefeito Guilherme Menezes declarou ao jornalista Giorlando Lima “Odir não é candidato tirado da cartola, mas é do coração”. O recuo do pré-candidato do prefeito pode estar relacionado com os dados desta pesquisa – que também chegou ao conhecimento do deputado estadual Jean Fabrício (PCdoB). A fadiga e o desgaste petista em Vitória da Conquista,  revelaram que não existe candidato forte no PT. Em  cenário de um provável 2º turno – o pré-candidato do PCdoB Jean Fabrício tem chances reais de eliminar o PT,  e disputar a Prefeitura com o nome da oposição, mostrou a pesquisa.

Nos bastidores em Vitória da Conquista e Salvador revelações dão conta que o prefeito Menezes não irá resistir a pressão que virá do Governo do Estado em defesa do nome do deputado e ex-prefeito José Raimundo Fontes (PT). Inicialmente o vereador, Prof. Cori, era o nome do prefeito e disputou a eleição como candidato a deputado estadual em 2014 obtendo mais de 13 mil votos. A possibilidade real de perder o comando da terceira cidade da Bahia tem assustado o PT da Bahia.

Datafolha: 71% rejeitam o governo Dilma e 66% querem o impeachment

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 06 ago 2015

Tags:, , ,

da Redação

impeachment datafolha agosto

Pesquisa Datafolha mostra números que atestam a insatisfação do povo brasileiro com o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).  O Datafolha ouviu 3.358 entrevistados em 201 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A maior rejeição a Dilma está no Centro-Oeste, com 77% de ruim e péssimo, índice que é de 73% no Sul e no Sudeste e de 66% no Nordeste.

Aumentou o número de brasileiros que querem o impeachment da presidente. Em menos de um mês, saltou de 63%  para 66% — dois em cada três brasileiros. Só 28% afirmam ser contrários a essa possibilidade, uma queda de cinco pontos em relação ao levantamento anterior.

O Nordeste, que era PT de maneira consagradora,  alcançou agora 67% em defesa do impeachment; no Sul e no Sudeste, 65%. O Centro-Oeste lidera de novo: 74%.

Forma de Governo

O Datafolha, sobre o sistema de governo, constatou que 53% responderam ser o presidencialismo a melhor alternativa, contra 28% que escolheram o parlamentarismo.

 

Pesquisa Ibope revela descrença com a classe política

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 03 ago 2015

Tags:, , ,

da Redação

Pesquisa AB SSA

Pesquisa recente do Ibope revela dados importantes do sentimento do povo brasileiro com as suas instituições. A crise de confiança atinge em cheio os partidos políticos, em último lugar, seguido do Congresso Nacional, Presidente da República e Governo federal.

A existência de mais de 30 partidos políticos no país contribui com a política do troca-troca. Praticamente 40 ministérios serve exclusivamente para a transformação do Congresso Nacional em uma grande e poderoso balcão de negócios. A prática política do Brasil precisa e deve mudar. O povo brasileiro está vigilante a exigir uma nova postura da classe política.

Segundo a pesquisa, que mede a confiança dos brasileiros em 18 instituições e quatro grupos sociais, Partidos Políticos, Congresso Nacional, Presidente da República, Governo Federal, Sistema Eleitoral e Governo Municipal são as instituições que mais perdem a confiança da população. Os dados são levantados deste o ano de 2009 sempre no mês de julho. O ICS registrou uma queda de confiança em todas as instituições e grupos sociais em 2013, período pós-manifestações. Algumas conseguiram se recuperar em 2014 e também em 2015, o que não é o caso das instituições políticas que continuam em queda livre

Em uma escala que vai de 0 a 100, sendo 100 o índice máximo de confiança, os Partidos Políticos mantêm a última colocação do ranking, com 17 pontos, praticamente metade do índice que obtiveram em 2010 (33 pontos) e 13 pontos a menos do que no ano passado.

Além das instituições políticas, o Sistema Público de Saúde, que havia recuperado a confiança em 2014, é o que apresenta a maior queda: de 42 para 34 pontos.

Mais confiáveis  …Leia na íntegra

62% dos brasileiros têm medo de serem agredidos pela PM, aponta Datafolha

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 31 jul 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

policia-militarfoto: Luiz Tito- Ag. A TARDE

O Datafolha divulgou uma pesquisa, nesta sexta-feira (31), em que revel que 62% dos moradores de cidades com mais de 100 mil habitantes no Brasil têm medo de sofrer agressão da Polícia Militar. Em 2012, o mesmo estudo, também encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, indicou que 48% dos entrevistados relataram ter o mesmo medo.

O levantamento feito na última terça também apontou que o temor é maior entre jovens, pobres, autodeclarados pretos e moradores da região Nordeste. O medo de policiais militares não é exclusivo, já que o estudo mostra que 53% dos participantes também temem sofrer violência oriunda de agentes da Polícia Civil.

Outro dado alarmante é que 81% dos entrevistados disseram que podem ser assassinados. Deste total, 49% afirmam que isso pode acontecer já no próximo ano. A pesquisa também revelou que 52% da população têm algum parente ou conhecido que foi vítima de homicídio.

A pesquisa atual conversou com 1.307 pessoas de 84 municípios em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais. Há três anos, eles ouviram moradores de cidades com 15 mil habitantes ou mais. Informações A Tarde

Instituto P&A aponta Herzem com ampla vantagem para Prefeitura de Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 23 jul 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

O Instituto de Pesquisa P&A divulgou uma pesquisa de intenção de votos para a disputa eleitoral no município de Vitória da Conquista. A pesquisa apresenta oito cenários, com os oito pré-candidatos à Prefeitura Municipal, incluindo três possíveis quadros de segundo turno. Em todos os cenários apresentados, o deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) aparece com ampla vantagem para os demais candidatos.

O Instituto P&A ouviu 402 pessoas, em 22 localidades das zonas urbana e rural de Vitória da Conquista, no mês de junho, mesmo período em que a pesquisa foi divulgada.

O P&A é um dos institutos de pesquisas mais respeitados do Nordeste do país. O P&A desenvolve pesquisas junto com veículos de imprensas, como a TV Bahia, Bahia Notícias, EMBASA, IRDEB, Ministério da Previdência Social, Odebrecht e Secretaria do Turismo do Estado da Bahia, desde 1987.

Cenário com todos os oito pré-candidatos:

Pequisa PeA - 1

Cenários com todos os pré- candidatos, incluindo apenas um do PT:

Pequisa PeA

Cenário com apenas três candidatos, simulando as duas principais opções do PT:

Pequisa PeA - 2

Cenário de 2º Turno (três possibilidades):

Pequisa PeA - 3

Índice de rejeição e desejo de mudança partidária:

Pequisa PeA - 4

Aprovação de Dilma despenca para 7,7%, diz Pesquisa CNT

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 21 jul 2015

Tags:, , ,

Por Tiago Vasconcelos (Diário do Poder)

A avaliação de Dilma é a pior para um presidente desde 2001 (Foto ABR)

dilma by abr

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (21) mostra que a avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff caiu para apenas 7,7%, enquanto 70,9 por cento desaprovam o governo petista. É uma queda acentuada: no levantamento CNT realizado em março, 10,8% dos entrevistados consideravam o governo Dilma “ótimo ou bom”, enquanto 64,8% avaliaram o governo como “ruim ou péssimo”. A pesquisa divulgada hoje mostra também que 20,5% consideram o governo regular, contra 23,6% na avaliação de quatro meses atrás.

Com relação ao desempenho pessoal de Dilma Rousseff, houve crescimento na rejeição à atuação da presidente. A desaprovação atingiu 79,9% e a aprovação está em 15,3%. A avaliação negativa também é a mais alta desde 2001.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte ao instituto MDA e ouviu 2.002 pessoas entre os dias 12 e 16 de julho passado.

O governo Dilma alcançou a maior avaliação negativa medida pela pesquisa da CNT, iniciada em 1998.

Avaliação detalhada

De acordo com o levantamento, 18,5% disseram que o governo Dilma é “ruim” e 52,4% afirmaram que ele é “péssimo”. Já 20,5% consideraram que o governo é regular, 6,2% disseram que o governo é bom e 1,5% classificaram o governo como ótimo. A porcentagem dos entrevistados que não souberam ou não responderam é de 0,9%.

Em março, o desempenho pessoal da petista era aprovado por 18,9% dos consultados e desaprovado por 77,7%.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 unidades federativas. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Aécio atropela Lula também no Ibope: 59% x 41%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 11 jul 2015

Tags:, , , ,

Folha

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) venceria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um segundo turno caso as eleições presidenciais fossem realizadas hoje. A conclusão é da última edição da pesquisa Ibope, divulgada neste sábado (11) pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e realizada na segunda quinzena do mês passado. No cenário em que enfrentaria o tucano, o petista teria 33% das intenções de voto contra 48% do senador.

Se levados em consideração os votos válidos, sem computar os brancos e nulos, Aécio teria 59% e Lula pontuaria 41%. Caso o candidato do PSDB fosse o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a pesquisa mostra um empate técnico no segundo turno: o tucano teria 40% e o petista atingiria 39%.

O jornal não divulgou os resultados de uma disputa no primeiro turno. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos, para cima ou para baixo. O Ibope ouviu ao todo 2.002 eleitores em diferentes cidades do país.

Clique na imagem para ampliar.

Em junho, o Datafolha realizou simulação da eleição presidencial que mostrou também vantagem de Aécio sobre Lula caso o pleito nacional fosse realizado na época. Em um primeiro turno, o senador mineiro alcançou 35% das intenções de voto, contra 25% do petista. A margem de erro era também de dois pontos, para cima ou para baixo.

A ANÁLISE DO ESTADÃO 

Se disputasse hoje uma eleição presidencial contra o tucano Aécio Neves, Luiz Inácio Lula da Silva venceria apenas no eleitorado de menor renda e escolaridade, e em algumas das áreas geográficas que tradicionalmente votam no PT. O lulismo, além de menor, está menos diverso: em quase duas décadas, este é o momento em que o apoio ao ex-presidente mais se concentra na população mais pobre. …Leia na íntegra

Cesta básica está comprometendo 38% do salário mínimo dos conquistenses 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 08 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

supermercados_vale_esta

Em junho, o valor da cesta básica de Vitória da Conquista apresentou aumento de 0,36% em relação ao mês anterior, passando a custar R$ 275,32 a compra dos 12 alimentos que compõem a cesta. O trabalhador assalariado conquistense compromete 37, 98% do salário mínimo para custear a alimentação.

Neste mês, dos 12 alimentos essenciais que compõem a cesta, oito registraram variações positivas, sendo eles, o açúcar, o arroz, a banana prata, a carne bovina, o leite, a manteiga, o óleo de soja e o pão francês. Já o café moído, a farinha de mandioca, o feijão e o tomate registraram variações negativas. Com isso, quem ganha um salário mínimo terá que trabalhar 91 horas e 9 minutos para comprar esses alimentos.

Os dados divulgados são frutos da parceria entre o projeto de extensão da Uesb “Indicadores Econômicos: Cálculo da Cesta Básica Mensal de Vitória da Conquista” e a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI-BA). O estudo completo do mês de junho pode ser conferido aqui.

Medo de perder emprego aumenta 5,4%, diz pesquisa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Trabalho | Data: 03 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

desemprego

O medo do brasileiro de perder o emprego aumentou 5,4% no mês de junho, na comparação com março, atingindo o maior nível desde setembro de 1999. É o que aponta a pesquisa Índice de Medo do Desemprego (IMD), divulgada nesta sexta-feira (3) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Na comparação com junho do ano passado, o indicador registrou alta de 36,8%. Se o recorte for entre dezembro e março, o aumento ficou em 32,1%. De acordo com a CNI, os indicadores mostram que as expectativas da população em relação ao mercado de trabalho “continuam se deteriorando”.

“Os indicadores refletem o aprofundamento da crise, ou seja, uma maior dificuldade de conseguir emprego e inflação alta”, afirmou o gerente executivo da Unidade de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios entre 18 e 21 de junho de 2015.

87% dos brasileiros são a favor da redução da maioridade penal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Justiça | Data: 22 jun 2015

Tags:, ,

de São Paulo

MAiridade PenalPesquisa Datafolha mostra que caso houvesse uma consulta à população adulta brasileira a respeito da redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, 87% votariam a favor da redução. Na comparação com levantamentos anteriores, a taxa de apoio à redução da maioridade oscilou três pontos e alcançou o índice mais alto da série histórica (era 84% nas pesquisas de 2006 e 2003).

Contrários a mudança na legislação são 11% (mesmo índice de 2006), indiferentes 1% e não souberam responder 1%. O apoio à redução é maior entre os moradores das regiões Centro-Oeste e Norte, respectivamente, 93% e 91%. Já, a rejeição à mudança de idade da maioridade penal é mais alta entre os mais escolarizados (23%) e entre os mais ricos (25%).

De acordo com as opiniões dos entrevistados, a idade mínima para uma pessoa ir para a cadeia por algum crime cometido ficou na média, em 15,2 anos – próxima as médias de 2006 e 2003 quando ficou em 15,4 anos. Para 45%, a idade mínima deveria ser entre 16 e 17 anos (era 41% em 2006), para 28%, entre 13 a 15 anos, para 12%, de 18 a 21 anos, para 11%, até 12 anos, e 4% não souberam responder.

Nesse levantamento realizado nos dias 09 e 10 de abril de 2015, foram realizadas 2.834 entrevistas em 171 municípios brasileiros. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos considerando um nível de confiança de 95%.

Para aqueles que são favoráveis à redução da maioridade penal, 74% defendem que ela deva valer para qualquer tipo de crime cometido – entre os moradores do Centro-Oeste, o índice alcança 80%. Já, para 26% a redução deve valer apenas para crimes específicos, sobretudo, para homicídios (75%), estupros (41%) e roubos ou furtos (40%), entre outros crimes.

Na comparação com pesquisas anteriores, observa-se que a taxa de brasileiros adultos favoráveis à redução da maioridade penal para qualquer tipo de crime vem crescendo: era 62% em 2003, 71% em 2006, e agora alcança 74%.

Ruína de Dilma faz de 2018 jogo sem favoritos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 21 jun 2015

Tags:, , ,

Josias de Souza

A mais recente sondagem eleitoral do Datafolha autoriza três conclusões:

1. Com 25% das intenções de voto, dez pontos percentuais atrás de Aécio Neves, Lula deixou de ser o bicho-papão que todos temiam enfrentar.

2. A memória de 2014 redeu a Aécio um percentual de votos (35%) insuficiente para fazer dele a opção automática do PSDB. Geraldo Alckmin (20%) está no páreo.

3. Hoje, a disputa presidencial de 2018 é um jogo sem favoritos. Ou, por outra, 2018 é uma oportunidade à espera de alguém que a aproveite.

A ruína econômica produzida por Dilma Rousseff esquentou a placa de Lula, sobrecarregando-lhe o processador. Como sua criatura roda o software econômico do PSDB, o criador já não pode retomar o discurso do nós-contra-eles. Sem assunto, Lula inaugura a fase do nós-contra-nós-mesmos, atacando a ex-supergerente. Dispõe de três anos e meio para explicar por que vendeu ao país Dilma por lebre. …Leia na íntegra

Datafolha: reprovação a Dilma bate recorde e chega a 65%

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Política | Data: 21 jun 2015

Tags:, ,

Estadão

650x375_dilma-rousseff-basf-camacari_1531620A avaliação da presidente Dilma Rousseff é considerada ruim ou péssima para 65% do eleitorado, segundo divulgou neste sábado o Datafolha. O porcentual é um novo recorde na série histórica do instituto desde janeiro de 2011, quando Dilma começou seu primeiro mandato. Em relação à pesquisa realizada em abril, a reprovação subiu cinco pontos porcentuais.

De acordo com o levantamento, realizado entre quarta e quinta-feira passadas, essa taxa de reprovação é a pior desde os 68% de ruim ou péssimo alcançados pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello em setembro de 1992, a poucos dias antes de seu impeachment. Como a margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, trata-se de um empate técnico.

O Datafolha apurou ainda que apenas 10% dos entrevistados classificam o governo da petista como bom ou ótimo, três pontos a menos do que o verificado em abril. Outros 24% consideram seu governo regular. O instituto entrevistou 2.840 pessoas em 174 municípios.

No mês de abril, valor da cesta básica aumentou 3,73% em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 02 maio 2015

Tags:, , ,

Por Mateus Novais

supermercados_vale_esta

O valor da cesta básica em Vitória da Conquista no mês de abril passou a custar R$ 267,71, o que representa um aumento de 3,73%, se comparado com o mês anterior. Esses dados foram divulgados esta semana pelo projeto de extensão “Indicadores Econômicos: Cálculo da Cesta Básica Mensal de Vitória da Conquista”, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em parceria com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI-BA).

Segundo a pesquisa, que é feita a partir dos 12 produtos alimentares apontados como essenciais por Lei, o açúcar, a carne bovina, a manteiga, o pão francês, o tomate e o óleo de soja registraram aumento no valor, enquanto o arroz, a banana da prata, o café moído, a farinha de mandioca, o feijão e o leite tiveram seus preços reduzidos. A pesquisa aponta ainda que para obter a cesta básica no mês de abril, é necessário 36,93% do salário mínimo líquido.

Datafolha 1 – Pesquisa evidencia o naufrágio de Lula. Ou: Lembram-se do tempo em que Gilberto Carvalho dizia que o PT contava com “um Pelé” no banco de reservas?

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 abr 2015

Tags:, , , ,

Por Reinaldo Azevedo

Datafolha abril Lula-Aécio

Aí, ai… No terceiro dia do primeiro mandato de Dilma Rousseff, Gilberto Carvalho, nomeado, então, secretário-geral da Presidência, concedeu uma entrevista à Folha. Com a modéstia habitual que caracteriza os petistas quando julgam estar acima da carne-seca, afirmou
“(…) Acho que o governo da Dilma será de muita competência. Se Deus quiser, faremos um belíssimo governo, e ela será reeleita. É evidente que, se não der certo, temos um curinga. Estou dizendo para a oposição: ‘Calma. Não se agitem demais. Temos uma carga pesada. Não brinca muito que a gente traz. É ter o Pelé no banco de reservas’”.

Carvalho estava se referindo, claro!, a Lula. E olhem que, reitero, a entrevista foi publicada no terceiro dia do primeiro mandato. Nem se sabia ainda que comportamento adotaria, então, a oposição. Mas o chefete petista já estava lá, ameaçado com a  “volta do Lula”… Pois é. Parece que o Super-Homem se encontrou com a kryptonita da realidade, não é mesmo? Segundo pesquisa Datafolha publicada na Folha deste domingo — os infográficos que aparecem nos posts foram extraídos do jornal —, se a eleição fosse hoje, este seria o resultado do primeiro turno. …Leia na íntegra

Pesquisadores de Itapetinga produzem carne do sol e charque de pato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 11 mar 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais*
foto: Ascom Uesb

DSC06798

O Setor de Avicultura da Uesb, em Itapetinga, está desenvolvendo experimentos com carne de pato, que buscam detalhar o potencial produtivo e genético do animal, como forma de popularizar seu consumo e estimular a produção. Mesmo não sendo uma área específica da avicultura a transformação de carnes, o setor está produzindo carne do sol e charque de pato, como forma de agregar valor ao produto.

DSC06806O professor Ronaldo Vasconcelos Farias Filho, coordenador do setor e responsável pela finalização dos produtos, explica que a carne de pato é considerada uma carne de elite, pelo seu preço de custo no mercado, mas que, no entanto, seus custos de produção podem ser inclusive mais baratos que o de frango. “Existe um potencial a ser trabalhado, por isso são feitos aqui o pato defumado e a charque de pato, que é um produto inovador. No Brasil, o consumo de pato ainda é incipiente, por isso, estamos em fase de adaptação e experimentação”, explica Vasconcelos. Para o professor, a carne ainda é desconhecida e sua popularização pode elevar a produção. Outra circunstância a ser contornada é o preconceito que há em torno da carne. Popularizou-se a associação do pato e principalmente dos ovos à produção de remédios caseiros.

São realizados no setor experimentos dos programas de Pós-graduação em Genética e de Zootecnia, que observam a potencialidade genética da carne e o valor nutritivo. Os patos são criados no próprio setor e foi desenvolvida uma raça com duas variedades, sendo estudados o potencial das raças em comparação com as utilizadas na linhagem industrial. Os animais estudados foram recolhidos na própria região, para análise do potencial genético e produtivo. Com este material, foram desenvolvidas duas variedades, que receberam o nome Pato Cinza do Catolé e o Pato Nuvem do Catolé, colocações rurais bastante comuns na região que foram incorporadas à nomenclatura. …Leia na íntegra