Conquista: plano de implantação da guarda é apresentado aos agentes patrimoniais

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 10 mar 2020

Tags:,

Editar imagem

Secom/PMVC

Na tarde desta segunda-feira (09), foi realizada uma reunião entre o gabinete de comando da Guarda Municipal e os agentes de segurança patrimonial. O encontro, conduzido pelo comandante – o tenente-coronel Antônio Braga, teve como intuito apresentar o plano de implantação da Guarda Municipal e sanar as principais dúvidas dos futuros agentes.

A administração municipal conta, atualmente, com mais de 350 agentes patrimoniais que irão pleitear o posto de guarda municipal. A princípio, os candidatos passarão por um teste de aptidão física (TAF) e, por conseguinte, os aprovados participarão de um curso de formação de caráter classificatório e eliminatório, conforme publicado na Lei 2.369 de 23 de dezembro de 2019.

Foi apresentado aos agentes o funcionamento da estrutura organizacional da Guarda Municipal, que conta com uma distribuição hierárquica de cargos e que nomeará como inspetores e sub-inspetores os alunos que obtiverem os melhores resultados no curso de formação. Além do comandante, integram a equipe gestora da Guarda, o sub-comandante, Manoel Pereira, o inspetor geral, Reinaldo Moreira, os inspetores regionais, Katy Mascarenhas e Danilo Lemos e o corregedor, Diego Miranda.

Segundo o tenente-coronel Braga, a Guarda deverá ser implantada ainda neste primeiro semestre.”A licitação para o curso já está em vias finais. Nas próximas semanas, iremos proceder com os exames de aptidão física e psicológica, cumprindo o prazo legal estabelecido pela lei”, afirma.

O comandante ressalta que o efetivo vai receber toda a instrução necessária para desempenhar o papel ostensivo semelhante às Guarda Municipais presentes nas principais cidades do Brasil. “O curso terá a duração de oito semanas, seguindo a matriz curricular nacional, dando ênfase ao papel da abordagem e aos direitos humanos. Sinto que a equipe é composta de ótimos profissionais, que estão entusiasmados a prestar um bom serviço à população”, reitera Braga.