Butantan retoma produção e libera 800 mil doses da CoronaVac

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 jun 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Após paralisação na produção por falta de insumos, o Instituto Butantan liberou mais 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta sexta-feira. As entregas começaram a ser feitas nesta manhã, e de acordo com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), uma outra remessa está prevista para ser entregue na próxima segunda.

Com o novo lote, o Instituto totaliza 48 milhões de doses enviadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) desde o início do ano. Durante coletiva de imprensa na sede do Instituto, Dória voltou a garantir a previsão de entrega de 100 milhões de doses até o fim de setembro.

“O Instituto Butantan, aqui representado pelo Dimas Covas, seu presidente, confirma que até o final do mês de setembro nós concluiremos o nosso projeto, o contrato de entregar 100 milhões de doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde”, disse.

Produção de ovos e abate de frangos batem recordes na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Geral | Data: 08 jun 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Fonte: Ascom/Seagri

A produção de ovos de galinha e o abate de frangos atingiram números históricos na Bahia, no primeiro trimestre de 2021. É o que mostram os dados fornecidos pela Pesquisa Trimestral da Pecuária, informados pelo IBGE nesta terça-feira (8). A pesquisa levantou informações, de janeiro a março deste ano, sobre a produção, quantidade de animais abatidos e o peso total das carcaças, por espécie pesquisada, tendo como unidade de coleta o estabelecimento que efetua o abate ou comercializa o produto do animal (como é o caso do ovo), sob fiscalização sanitária federal, estadual ou municipal.

A série histórica da produção de ovos de galinha no Brasil, pela pesquisa IBGE, foi iniciada em 1987. E os números da Bahia para o primeiro trimestre de 2021 superaram todas as marcas já atingidas. Entre janeiro e março de 2021, foram produzidas 18 milhões de dúzias de ovos na Bahia, indicando expressivos aumentos na comparação com períodos anteriores: de 10,5% frente ao recorde anterior, do quarto trimestre de 2020 (16,3 milhões de dúzias) e de 42% em relação ao primeiro trimestre do ano passado (12,7 milhões de dúzias).

O aumento na produção de ovos de galinha não foi assim tão expressivo no país como um todo, em comparação com o visível crescimento observado na Bahia. No Brasil, a produção foi de 978,2 milhões de dúzias no primeiro trimestre de 2021, representando aumento de 0,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram produzidas no país 974,9 milhões de dúzias. Mas os números nacionais, no primeiro trimestre de 2021, foram 1,3% menores do que os alcançados no trimestre imediatamente anterior (o quarto semestre de 2020), quando se atingiu a marca das 991,4 milhões de dúzias.

Carne de frango

Os dados apresentados pela Pesquisa Trimestral da Pecuária também são favoráveis à economia da Bahia no tangente ao abate de frangos. Mostram que, no primeiro trimestre de 2021, o setor atingiu sua maior marca na série histórica, iniciada em 1997. Foram cerca de 33,2 milhões de animais, representando aumento de 1,1% no comparativo ao período anterior, o quarto trimestre de 2020, que, aliás, já era o detentor do melhor número da série histórica, com 32,8 milhões de abates. Comparando-se o primeiro trimestre de 2020 com o de 2021, o aumento foi da ordem dos 4,3%.

…Leia na íntegra

Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 23 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A.Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), insumo mais importante para a produção da vacina contra a covid-19. O carregamento desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, no final da tarde de ontem (22). Com a nova entrega, poderão ser fabricadas aproximadamente 12 milhões de doses, o que assegura os repasses previstos ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até a terceira semana de junho.

Vinculada ao Ministério da Saúde, a Fiocruz é responsável pela produção da vacina Oxford-AstraZeneca, a Covishield. A vacina foi desenvolvida por meio de uma parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica inglesa AstraZeneca. Ainda no ano passado, elas firmaram com a instituição brasileira um acordo para transferência de tecnologia.

A vacina já possui o registro definitivo na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está sendo usada no controle da pandemia, seguindo os critérios do PNI. Os primeiros lotes da vacina que chegaram em janeiro ao país foram importados da Índia.

A fabricação em larga escala no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos) teve início em março. No entanto, o IFA ainda está sendo importado. No início desse mês, a Anvisa deu aval para que a Fiocruz também possa fabricar o insumo. Assim, a expectativa é de que, nos próximos meses, a produção da Covishield esteja 100% nacionalizada.

Até o momento, a Fiocruz já entregou ao PNI mais de 41 milhões de vacinas para distribuição aos estados e municípios. A última remessa, de 6,1 milhões de doses, foi repassada ontem (21).

Envio insumos para produção de vacina pela Fiocruz é antecipado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 18 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Brasil 61

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou nesta segunda (17) que o envio de um lote de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) foi antecipado do dia 29 para o próximo sábado (22).  

De acordo com a fundação, o carregamento de IFA que chegará no sábado será suficiente para a produção de cerca de 12 milhões de doses do imunizante. As novas remessas asseguram as entregas de vacinas até a terceira semana de junho.

Por conta do rápido escalonamento de produção que a Fiocruz atingiu, as remessas de IFA vêm sendo consumidas antes do tempo previsto inicialmente. Será necessário interromper a produção na próxima quinta-feira (20) até a chegada do novo lote de insumo.

O cronograma de entregas permanece semanal, acontecendo sempre às sextas-feiras, conforme pactuado com o Ministério da Saúde, e seguindo a logística de distribuição definida pela pasta.

Butantan começa produção de mais 5 milhões de doses da Coronavac

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 23 abr 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Fonte: Brasil 61

O Instituto Butantan já começou a produção de mais 5 milhões de doses da vacina Coronavac, imunizante contra a Covid-19. Na última segunda-feira (19), a instituição recebeu 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA) enviados da China.

O Butantan também informou que espera receber nas próximas semanas mais um carregamento com 3 mil litros do insumo, que permitirão a produção de mais 5 milhões de doses. O material ainda aguarda autorização para ser embarcado para o Brasil.

Segundo o instituto, a produção das vacinas acontece de forma ininterrupta em uma linha de produção automatizada de 24 horas por dia e 7 dias por semana. Desde janeiro, já foram fornecidas 41,4 milhões de doses de Coronavac para todo o país.

Primeiro lote com insumos para produção de vacina contra a Covid-19 chega ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 08 fev 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

Chegou ao Brasil, no último sábado (6), o primeiro lote do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção da vacina da Covid-19 da AstraZeneca/Universidade de Oxford. O insumo vai permitir a produção de 2,8 milhões de doses do imunizante pela Fundação Oswaldo Cruz, a Fiocruz. 

Em fevereiro, o Brasil vai receber mais duas cargas de insumos para produção da vacina de Oxford, o que vai totalizar 15 milhões de doses ainda este mês. A expectativa é de que a Fiocruz entregue essa quantidade de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) em março. 

MP libera quase R$ 2 bilhões para produção de 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 ago 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: Brasil 61

O presidente Jair Bolsonaro assinou, na última semana, a Medida Provisória (MP) que abre crédito extraordinário de R$ 1,9 bilhão para a produção e distribuição de 100 milhões de doses de uma das vacinas testadas contra a Covid-19. Trata-se do imunizante produzido pelo laboratório AstraZeneca e a Universidade de Oxford e que está em fase de testes no Brasil sob a liderança da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 
 
A expectativa do Ministério da Saúde é de que 30 milhões de doses sejam fabricadas entre dezembro e janeiro e 70 milhões nos dois primeiros trimestres de 2021. Segundo Bolsonaro, o governo tem se esforçado em encontrar soluções para o tratamento da Covid-19. 
 
“Procuramos meios no mundo de buscar a vacina e assinamos esse protocolo no passado, passamos a fazer parte deste seleto grupo. A nossa contrapartida é financeira, no momento, de quase R$ 2 bilhões. Talvez em dezembro exista a possibilidade da vacina e daí esse problema estará vencido poucas semanas depois”, destacou. 

O acordo firmado entre o governo brasileiro e as instituições britânicas prevê que se a eficácia e a segurança da vacina forem comprovadas nos testes, a Fiocruz vai poder incorporar a tecnologia necessária para a produção das doses, que seriam disponibilizadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). 

…Leia na íntegra

Governo suspende parcerias para produção de medicamentos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 17 jul 2019

Tags:, ,

Da Redação

Fonte A.Brasil

Foi informado nesta terça-feira (17) pelo Ministério da Saúde, que 19 parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) estão em fase de suspensão. As parcerias foram firmadas para a produção de medicamentos como insulina, usada para diabetes, e pramipexol, usado no tratamento de doença de Parkinson.

A etapa atual permite que os laboratórios públicos apresentem medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades. Segundo a pasta, as parcerias estão em fase de suspensão, entre outros motivos, por falta de avanços esperados; por falta de investimento na estrutura; por desacordo com o cronograma; por solicitação de saída do parceiro privado; pelo não enquadramento de um projeto como PDP; por decisão judicial; e, por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Esse tipo de parceria tem quatro fases. A primeira é a proposta para avaliação; a segunda é o desenvolvimento do projeto, com elaboração dos contratos entre parceiros, treinamento, desenvolvimento da estrutura e qualificação dos processos de trabalho; a terceira é a transferência efetiva de tecnologia e início da aquisição do Ministério da Saúde; e, a quarta, a verificação da internalização da tecnologia.

Fiocruz anuncia produção antirretroviral para o SUS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 27 jun 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O Instituto de Tecnologia em Fármacos da Fundação Oswaldo Cruz (Farmanguinhos/Fiocruz), a partir de agosto, vai produzir e fornecer para o Sistema Único de Saúde (SUS) o antirretroviral Duplivir, usado no tratamento de pessoas que vivem com o vírus HIV/Aids.

No início de junho, a instituição, ligada ao Ministério da Saúde, concluiu a produção de três lotes-piloto do medicamento, num total de 30 milhões de doses, já distribuídas para as unidades farmacêuticas. Até o fim do ano, serão produzidos em Farmanguinhos mais 75 milhões de comprimidos do Duplivir para o SUS.

O Duplivir reúne em um único comprimido dois princípios ativos, o fumarato de tenofovir desoproxila e a lamivudina, o que reduz a quantidade de comprimidos ingeridos diariamente e melhora a qualidade de vida do paciente, segundo Alessandra.

A distribuição de 50% das insulinas de todo o Brasil será realizada pelo estado da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde | Data: 14 maio 2018

Tags:, , ,

Da Redação

 

Nesta segunda-feira(14),  a Bahia deu um importante passo na saúde do país,  o primeiro lote de insulina, enviado em uma parceira com o laboratório ucraniano Indar. Espera-se que a entrega de 20 milhões de doses do medicamento, atendendo assim, cerca de 50% da demanda do Ministério da Saúde para as insulinas mais usadas em todo o Brasil: a Regular (R) e a de ação prolongada (NPH).

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) e o laboratório ucraniano. O acordo entre as instituições prevê ainda a instalação de uma fábrica de insulinas no estado, localizada no município de Dias D’Ávila, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A operação deve começar no segundo semestre deste ano, tornando-se assim, a primeira unidade de produção de imunobiológicos da região Nordeste.

Os medicamentos produzidos na fábrica baiana abastecerão hospitais, postos de saúde, Unidades de Pronto Atendimento e outros estabelecimentos públicos de saúde. Outro beneficio, será o de deter a tecnologia destinada à produção própria de insulinas, estão a maior segurança no fornecimento e a possibilidade de controle do valor do medicamento, que hoje sofre variações de acordo com a demanda e interesses dos países fabricantes.

 

 

Vitória da Conquista se destaca na produção de café

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2017

Tags:,

Da Redação

Hoje, 24 de abril, é comemorado o Dia Nacional do Café. Uma das bebidas mais antigas do mundo também é uma das principais da mesa dos brasileiros.

O café também é responsável por a aquecer a economia, especialmente da região de Vitória da Conquista e Barra do Choça, que é o maior polo de cafeicultura do norte e nordeste. Saiba mais sobre o café na matéria do jornalista Daniel Silva, para a TV Aratu.

Testes-rápidos que fazem o diagnóstico da dengue já podem ser produzidos na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 08 fev 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

Foto: Camila Souza/GOVBA

O primeiro laboratório público do Brasil autorizado a começar a produzir e comercializar os testes-rápidos de diagnóstico da dengue, zika vírus e febre chikungunya, foi o Bahiafarma, que funciona em Simões Filho, próximo a capital do estado.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (6), após licença concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produção e distribuição dos dispositivos que detectam a dengue e as demais doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti. Mesmo ainda não iniciado o processo de fabricação, o laboratório baiano tem capacidade para produzir cerca de 500 mil testes-rápidos por mês.

O laboratório conseguiu o registro para dois tipos de testes rápidos para diagnóstico da dengue. Um deles detecta anticorpos produzidos por organismos infectados, o Dengue IgG / IgM, que realiza o diagnóstico a partir do quinto dia de infecção, e o outro teste chamado Dengue NS1, que consegue identificar a infecção pelo vírus da dengue logo em seu início, antes mesmo que o paciente comece a sentir os sintomas da doença.

Com a agilidade e precisão para a detecção da doença, o teste possibilita tratamento imediato para os pacientes que tiverem a confirmação da infecção pela doença. 65.831 casos prováveis de dengue foram notificados na Bahia, somente no ano de 2016, o que representa uma estimativa de 433 casos a cada 100 mil habitantes.

Mostra Cinema Conquista terá exibição de oito produções conquistenses

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 25 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

esmon-primofoto: divulgação

Uma das novidades da Mostra Cinema Conquista deste ano é a forte presença da produção local. Além da homenagem especial ao jovem artista conquistense Paulo Tiago, outras oito produções de Vitória da Conquista serão exibidas na Mostra.

“Esse ano é um dos únicos em que não teremos um longa baiano, mas temos oito curtas conquistenses, três de alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Uesb, além de professores que também produzem. Soma-se a essa rica programação de filmes uma diversidade de atividades acadêmicas de formação, além das exposições, que visam escoar também a produção cultural com artistas locais, esse ano, numa especial homenagem a Paulo Tiago”, declarou o coordenador geral do evento, Esmon Primo.

A programação da Mostra conta com a exibição de 47 filmes, entre longas e curtas, do dia 4 a 9 de outubro.

30 mil hectares de eucalipto para nada

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Vit. da Conquista | Data: 04 ago 2015

Tags:, ,

Eucalipto

No ano de 1998 o governo do Estado da Bahia instituiu um programa denominado Florestas Para o Futuro, com a finalidade de fomentar o plantio de maciços florestais homogêneos de espécies nativas e exóticas e, dessa forma abastecer o mercado futuro de biomassa. Contudo, ocorre que devido à falta de experiência do médio e pequeno produtor rural, bem como da falta de demonstrativos de viabilidade econômica, o programa se resumiu à criação de duas associações de reposição Florestal, sendo uma em Vitória da Conquista – AFLORE e outra na serra geral – ABAFLORE. A primeira cumpriu bem o seu papel, distribuindo mudas e insumos para o desenvolvimento de pequenos e médios plantios, que seriam computados na obrigação jurídica de repor dos seus associados, os médios consumidores de lenha que compunham as associações. …Leia na íntegra

Inverno atrapalha produção de rosas conquistense para o Dia dos Namorados

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 jun 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_0815

Com a chegada do inverno, uma equação começa intrigar os produtores de rosas de Vitória da Conquista: como ofertar mais produtos durante a melhor época de vendas, enfrentando o clima ruim? A preocupação dos produtores é ainda maior porque os amantes não podem ser decepcionados durante o Dia dos Namorados.

Os produtores conquistenses contam que esperam essa época para vender por um preço melhor que o praticado durante o restante do ano, justamente pelo aumento da demanda no 12 de Junho. O problema é que quando chega na data dedicada aos namorados, a produção está em queda. Para se ter uma ideia, o tempo de colheita das rosas salta de 60 para 75 dias no inverno.

IMG_9713Já prevendo essa queda na oferta local, as floriculturas se previnem todos os anos, e vão buscar as flores em outros estados, como São Paulo. Há lojas de flores que chegam a comprar 80% de suas rosas dos distribuidores paulistas.

Para acirrar a concorrência, alguns produtores locais decidiram plantaram os pés de rosas vermelhas 10 meses antes do Dia dos Namorados. Como é o caso de Paulo Brito (foto), que plantou 20 mil pés da flor logo após o 12 de Junho do ano passado e redobrou os cuidados de sua produção nesse período. “A nossa colheita diária é até razoável durante o ano inteiro, como vai cair nessa época do frio, a gente tem que plantar dez meses, um ano antes, para não faltar na data mais importante, que é o Dia dos Namorados”, explica Brito.

Filme abordará produção e comércio de biscoitos em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 08 jan 2015

Tags:, ,

IMG_5774Começou nesta segunda-feira (05) a pré-produção do longa-metragem “Viva o Polvilho Brazyleyro”. O filme tem como pano de fundo o Ciclo do Polvilho na Bahia, com foco na produção, distribuição e comércio de biscoitos em Vitória da Conquista, onde o longa será rodado.

A Bahia tem hoje terceira a maior produção de mandioca no Brasil, sendo este produto utilizado de diversas formas para a produção de alimentos. Vitória da Conquista se destaca na produção de biscoitos artesanais e industrializados fabricados a partir da fécula do polvilho, um processo que possibilita uma abordagem estética crítica e sensível da realidade social contemporânea.

A ideia do filme é refletir sobre a expansão econômica regional, abordando a perspectiva do Ciclo do Polvilho e envolvendo o destacado comércio de biscoitos na região. O filme discorre sobre essa produção a partir de três crônicas principais: do ponto de vista de um empresário, um agricultor e um distribuidor.  Assim, “Viva o Polvilho Brazyleyro” também pretende apresentar um recorte do cotidiano da cidade. …Leia na íntegra

Mercado europeu aprova qualidade do café do Planalto de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 05 ago 2013

Tags:, , , ,

Ituaçu: produção de longa metragem movimenta interior baiano

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Sudoeste | Data: 25 jul 2013

Tags:, ,

da Redação

1085391_621761681181249_1569756276_nEstá acontecendo em Ituaçu – Bahia, as gravações do filme A Doce Flauta de Liberdade. A cidade foi escolhida por sua arquitetura que privilegia as locações, suas belezas naturais e receptividade, tanto da administração municipal, quanto da população como um todo.

A equipe de produção e o elenco reúne profissionais e atores de diferentes cidades baianas bem como de outros estados, contando com a participação especial do cantor pernambucano Otto, ex-integrante das bandas Nação Zumbi e Mundo Livre S/A e autor das trilhas sonoras de filmes nacionais como Amarelo Manga e Árido Movie. Para o diretor, George Neri, “essas iniciativas são importantes porque promovem variados encontros: de pessoas, de talentos e de experiências, e isso é muito importante para o cinema, principalmente o cinema baiano.”

…Leia na íntegra

Apesar da seca, mercado europeu continua aprovando qualidade do café de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 08 jul 2013

Tags:, ,

Bahia Rural



Bahia terá Centro de Tecnologia do Café no Sudoeste do Estado

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 16 abr 2013

Tags:, , ,

da Redação

REUNIAO NA UESBQuarto colocado no ranking nacional de produção de café, a Bahia terá, no município de Barra do Choça, a cerca de 29 quilômetros de Vitória da Conquista, no sudoeste do Estado, um Centro de Tecnologia do Café, que será implantado no campo experimental da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Também na região, mais especificamente em Conquista, será realizado o 8º Seminário Brasileiro de Pesquisas do Café, realizado pela Embrapa Café.

As novidades, recebidas com satisfação pelo secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, foram anunciadas pelo chefe geral da Embrapa Café, Gabriel Ferreira Bartholo, que esteve em Conquista, acompanhado pelo diretor de Transferência de Tecnologia da instituição, Lucas Tadeu Ferreira.

…Leia na íntegra