Conquista: secretaria de Agricultura promove capacitação e incentiva produtores rurais a cultivar umbu-gigante

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 09 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:Secom/PMVC

Na última sexta-feira (6), técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura foram até o distrito de São João da Vitória, para falar a pequenos produtores rurais sobre o umbu-gigante. Os diversos acessos da fruta são cultivados, desde 2007, pela Prefeitura de Vitória da Conquista, que faz a distribuição de mudas e capacita interessados em cultivá-la.

De acordo com o coordenador de agricultura, Eduardo Castro, o objetivo da Prefeitura é disseminar a cultura do umbu-gigante na região. “Ficamos felizes com a iniciativa dos agricultores, que pretendem iniciar a produção do fruto e também das mudas. Eles podem contar com a gente, que esse tipo de iniciativa é justamente o que precisa ser feito”, afirmou.

O grupo de produtores buscou a Secretaria Municipal de Agricultura para conhecer o projeto de distribuição de mudas com a intenção de montar na região de São João da Vitória uma estrutura própria para fazer novas mudas e comercializá-las, além da produção do fruto.

O engenheiro agrônomo da Prefeitura, Dilermando Morais Fonseca, explicou ao grupo como é realizada a produção de mudas na Fazenda Experimental e as técnicas utilizadas. “A gente precisa esclarecer que o umbu-gigante não é uma modificação genética e sim uma planta especial. A partir da identificação desta planta, nós produzimos outras mudas, por meio da enxertia, que é o método mais usado na Fazenda Experimental e o que dá melhores resultados”, explicou.

Localizada a cerca de 30 quilômetros da sede municipal, na região de Bate-Pé, a Fazenda Experimental de Pedra Mole conta com a parceria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O local possui 10 hectares e cerca de 730 pés de umbu.

Caprinos e Ovinos terão programação especial dentro da Exposição Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 mar 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC0610Durante a Exposição Conquista 2015, a Uesb realizará a 1ª Exposição Especializada de Caprinos e Ovinos do Sudoeste da Bahia. A programação conta com ciclo de palestras e demonstrações de manejo dos animais, como forma de proporcionar aos estudantes, profissionais e produtores um melhor conhecimento dos detalhes e características de caprinos e ovinos.

Ao todo, mais de 500 animais serão expostos no Pavilhão de Ovinos do Parque Teopompo de Almeida, durante todos os dias da Exposição. As dinâmicas de manejo serão realizadas pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/BA), entre os dias 25 e 28 de março.

O ciclo de palestras acontece no dia 26, a partir das 14 horas. Atualização em Caprinovinocultura, Programa Nacional de Sanidade de Caprinos e Ovinos, Produção Integrada e Modelo de Produção de Cordeiros no Semiárido são os temas a serem abordados. Confira a programação.

Produtores de caprinos e ovinos de Anagé participam de workshop na Uesb

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 05 mar 2015

Tags:, , , , ,

SONY DSCUma caravana de produtores rurais de Anagé visitou a Universidade nesta quinta-feira(5). Em uma parceria com a Secretaria de Agricultura do município, a proposta foi apresentá-los ao projeto de extensão Procriar, que tem o objetivo de executar ações que levem conhecimento aos produtores rurais de toda a região.

Durante a visita, os produtores tiveram a oportunidade de conhecer caprinos e ovinos com um desempenho diferenciado, que são o resultado de vários fatores trabalhados pelo Procriar. Para a evolução genética desses animais, que são colocados à disposição dos produtores, são utilizados reprodutores ou o processo de inseminação artificial. No entanto, para alcançar os benefícios esperados, o projeto tem também o cuidado com o ponto de vista ambiental, buscando reduzir o impacto negativo e despertando nos produtores o cuidado com a alimentação dos animais.

Desde 1997, o Procriar vem sendo desenvolvido no campus de Vitória da Conquista e, segundo o coordenador da ação, o professor do Departamento de Fitotecnia e Zootecnia (DFZ), Jurandyr Cruz, durante esse período, cerca de 40 municípios têm sido atendidos, com um cadastro em Vitória da Conquista que chega de 80 a 100 produtores. “As ações do projeto envolvem a vinda do produtor à Universidade, a motivação, mostrar pra eles o que é uma coisa mais avançada do ponto de vista técnico, que esteja dentro da realidade da produção do semi-árido, nada que não seja aplicado ao produtor, e daí a gente volta essas ações pra dentro das comunidades. Nós fazemos, por exemplo, o levantamento sanitário, a identificação dos problemas enfrentados na propriedade e a busca por soluções para, com isso, melhorar a produtividade dos animais”, explica o coordenador. …Leia na íntegra

Apenas 4% dos produtores rurais usam a internet como ferramenta de trabalho

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 08 fev 2010

Tags:, ,

do A Tarde

Ferramenta de importância crucial para a potencialização de lucros também no agronegócio, a internet ainda não faz parte do cotidiano da maioria dos produtores rurais do Estado da Bahia. O dado, não-oficial, mas fruto da avaliação de entidades e lideranças ligadas ao setor,  acompanha estudo da empresa Safras&Mercado, que, em nível nacional, revelou que, no campo, a internet é utilizada apenas por cerca de 4% dos produtores.

Isso, contudo, ainda levando-se em consideração as análises feitas por representantes do agronegócio na Bahia, não contradiz  dado que, esta semana, foi divulgado pelo Instituto Kleffmann Brasil, que revelam o aumento de 63% no acesso à internet entre os produtores rurais nos últimos quatro anos.

“Apesar de ter crescido muito o número de produtores que passaram a utilizar a internet nas suas atividades, é muito maior a quantidade daqueles que ainda não têm acesso a esta ferramenta”, avaliou Walter Horita,  presidente da Associação dos Produtores e Irrigantes da Bahia (Aiba), entidade que reúne 1.200 associados na região de Barreiras, no oeste do Estado.

…Leia na íntegra