Servidores da Embasa realizam nova paralisação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 21 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC01225

Os trabalhadores da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) irão paralisar novamente as atividades por 24 horas nesta quinta-feira (21). A decisão foi tomada em assembleia nesta quarta (20), de acordo com o sindicato da categoria (Sindae).

Os profissionais tentam pressionar a empresa a aceitar um acordo coletivo. A Embasa, no entanto, oferece reajuste de 9,83% retroativos a maio. O mesmo índice seria aplicado ao abono alimentação. Os demais benefícios ficariam “congelados”. A categoria não aceitou a proposta.

A última paralisação ocorreu na terça (12) e afetou o atendimento ao público. Somente o posto de atendimento do SAC estará funcionando. No entanto, as equipes de rua irão trabalhar. Uma nova assembleia será realizada nesta sexta (22).

Abastecimento d’água está afetado em bairros do grupo B

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

ÁguaO fornecimento de água encontra-se afetado na parte alta dos bairros do grupo B do calendário de racionamento em Vitória da Conquista. Segundo a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o problema é momentâneo e causado por falhas eletromecânicas em equipamentos de bombeamento.

A Embasa informou que “uma equipe de técnicos da empresa já está atuando para corrigir o problema e restabelecer o funcionamento integral do sistema nas próximas horas, quando o abastecimento será retomado de forma gradativa”.

Enquanto isso, os moradores que não forem abastecidos no período estabelecido no calendário devem solicitar o abastecimento alternativo por meio de carros-pipa, através do teleatendimento 0800 0555 195.

Em meio ao racionamento, servidores da Embasa realizam paralisação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 11 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC01225

Uma paralisação de 24 horas irá atingir todas as unidades da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) nesta terça-feira (12). Os trabalhadores tentam aprovar um acordo coletivo superior a 4%, oferecido pela direção da empresa.

“Em reunião realizada na última segunda (4) a direção da empresa não apresentou proposta diferente da anterior (4% de reajuste salarial e “congelamento” das demais cláusulas econômicas). Alegou que não teve autorização do governo. Isso foi considerado um desrespeito, daí a decisão de paralisar os serviços na semana que vem”, apontou o Sindicato dos Trabalhadores de Água e Esgoto do estado (Sindae).

Em Vitória da Conquista, a paralisação afetará o atendimento ao público. Somente o posto de atendimento do SAC estará funcionando. No entanto, as equipes de rua irão trabalhar.

Racionamento

Desde o dia 23 de maio, Conquista enfrenta o seu terceiro racionamento de água. O calendário de abastecimento, com três dias com e três dias sem água, tem atrapalhado o dia a dia da população e aumentado a procura pelo serviço de atendimento da Embasa. Segundo a empresa, o número de ligações no teleatendimento (0800 0555 195) aumentou consideravelmente, o que tem causado congestionamento das linhas.

Embasa e UESB promovem ação sobre consumo racional de água

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 05 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

uesb-1

A Embasa e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) se uniram com o intuito de mobilizar a sociedade para o consumo racional da água. Na próxima sexta-feira (08), será realizada uma ação de conscientização no refeitório do Restaurante Universitário da UESB, das 11h às 14h, voltada a estudantes, funcionários e transeuntes do Campus de Vitória da Conquista.

Além da palestra de conscientização, de instruções para adoção de condutas permanentes para a preservação da água e da panfletagem, serão exibidos dados sobre a situação das barragens e do abastecimento na cidade. A mobilização, aberta a toda a comunidade, está sendo desenvolvida pela área socioambiental da Embasa em parceria com o Centro Universitário de Atenção à Saúde (Ceuas) da UESB.

“O desenvolvimento de ações educativas nos mais diversos segmentos sociais visam envolver toda a população na busca por alternativas responsáveis quanto ao uso da água e vem sendo organizado, sempre que possível, em parceria com instituições e movimentos populares da cidade”, destaca a assistente social da Embasa, Maísa Neves.

Embasa reúne lideranças comunitárias para tratar do racionamento em Conquista 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0218foto: divulgação Embasa

Lideranças comunitárias representantes de vários bairros de Vitória da Conquista participaram de reunião na Unidade Regional da Embasa, na última segunda-feira (27). O encontro teve o intuito de reforçar os esclarecimentos sobre o racionamento e a importância do uso racional da água.

Durante a reunião, os participantes do Movimento Unificado das Associações de Moradores pontuaram demandas específicas de cada localidade por causa do racionamento. “Recebemos a todo tempo questionamentos de moradores que não sabem se comportar diante de um vazamento, de um atraso na chegada de água durante o racionamento, por exemplo. Quando nós estamos bem informados, podemos orientar corretamente cada um, evitando alardes provocados por boatos e alertando sobre a importância do cuidado com a água”, destacou a secretária da Associação de Moradores do Bateias II, Aline Arruda.

Os representantes das comunidades foram esclarecidos sobre operacionalização das manobras de abastecimento e canais de atendimento disponibilizados pela empresa, além dos fatores externos que interferem na continuidade da programação em determinadas áreas.

“Com as informações trocadas nessas reuniões, temos condições de promover um ciclo de confiança dentro das associações, que é repassado a toda a comunidade, e se efetiva com a melhoria dos serviços oferecidos pela Embasa, ainda que com a excepcionalidade pela qual passamos, que é o racionamento”, o gerente da Embasa, Álvaro Aguiar.

Racionamento: Embasa diz que abastecimento em Conquista está “razoável”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 jun 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

Racionamento

Mesmo com racionamento, conquistenses estão recebendo quantidade de água bem acima do mínimo estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), afirma a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). A concessionária de saneamento garante que vem conseguindo garantir uma média de distribuição de cerca de 100 litros por pessoa/dia.

De acordo com gerente do escritório local da Embasa em Vitória da Conquista, Álvaro Aguiar, “a condição de oferta do sistema integrado de abastecimento de água de Vitória da Conquista e de Belo Campo para as ligações regularmente cadastradas pela empresa é razoável”. Esta avaliação, segundo ele, leva em conta diretriz estabelecidas pela OMS.

Segundo a organização, quase um bilhão de pessoas no mundo sobrevive com 20 litros por dia, quantidade mínima necessária para a sobrevivência de cada ser humano. O volume fornecido em Conquista e em Belo Campo sofreu uma redução de 37,5%, diminuindo de 48 milhões para 30 milhões de litros de água por dia. …Leia na íntegra

Crise hídrica é discutida na Câmara de Vereadores de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_9374

Nesta quarta-feira (22), a Câmara de Vereadores realizaram uma Sessão Especial para debater a crise hídrica de Vitória da Conquista, principal preocupação da população que vive na terceira maior cidade da Bahia com população em torno de 350 mil habitantes.

IMG_9386Com a falta de chuva em Conquista, e principalmente na região da Barra do Choça onde estão localizadas as barragens de Água Fria I e II, a situação vem se agravando. Com isso, a cidade está sendo castigada por mais um racionamento de água controlado pelo Embasa. Caminhões-pipa estão reforçando no trabalho de amenizar a falta do líquido precioso na cidade e zona rural.

Para o presidente da Casa, Gilzete Moreira (PSD), esse debate é uma demonstração de que o Legislativo Municipal está atento às demandas da população. “Vemos que há o empenho de todos em contornar esse problema da água em nosso município. Então, estamos debatendo e cobrando uma solução para o abastecimento. Agora, esperamos que o plano que foi apresentado pela Embasa seja cumprido e que sai o mais breve a barragem do Rio Catolé”.

Para o debate, foram convidados representantes da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Instituto Do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e Secretaria Municipal de Infraestrutura. No entanto, o Inema não mandou representante.

Embasa realiza ronda noturna para combater vazamentos 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1543

A Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) tem realizado rondas noturnas para identificar vazamentos na rede distribuidora. Segundo a empresa, o trabalho é uma das medidas emergenciais adotadas para combater o cenário de escassez hídrica em Vitória da Conquista.

As ondas são desenvolvidas a cada dia nas áreas que estão sendo abastecidas, conforme estabelecido pelo calendário de abastecimento. Os setores que estão sendo abastecidos são monitorados por equipes nos horários de maior incidência de pressão nas redes de distribuição, que normalmente acontecem durante a noite.  “As rondas noturnas nos ajudam a identificar muitos pontos de vazamentos, mas a maior parte das correções que efetuamos é informada pela própria população. Por isso é indispensável que haja esta parceria. É preciso que as pessoas notifiquem quaisquer vazamentos encontrados”, esclarece o gerente do Escritório Local, Álvaro Aguiar.

Para informar vazamentos na rua ou uso clandestino da água da rede de distribuição, a população pode utilizar o site da Embasa, ligar para o teleatendimento 0800 0555 195 ou ir pessoalmente a uma das lojas de atendimento localizadas na Rua Siqueira Campos (610) e no SAC do Centro.

Embasa estuda utilizar água de outros rios para abastecer Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_9350Após o anúncio de um novo conjunto de captação de água na adutora do Rio Catolé, a Embasa comunicou mais uma obra emergencial para o período de crise hídrica em Vitória da Conquista. A intenção da empresa é aumentar a vazão do Rio Catolé através de outros mananciais da região.

“A gente está estudando fazer uma reversão de outros mananciais para o rio Catolé, como o Rio Gaviãozinho, de forma emergencial. Isso é uma obra de três a quatro quilômetros, para trazer um pouco de vazão para cá e garantir essa oferta de água para a cidade”, revelou o presidente da Embasa, Rogério Cedraz (foto).

A informação foi passada a imprensa no final da manhã desta quinta-feira (16), durante um encontro do presidente da Embasa, com o secretário Estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, e o prefeito de Conquista, Guilherme Menezes.

Racionamento: secretário autoriza apreensão de grandes bombas para irrigação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_9351Nesta quinta-feira (16), a Secretaria de Meio Ambiente e Embasa estiveram reunidas, em Vitória da Conquista, para discutir ações em torno da crise hídrica que o município enfrenta. O encontro ocorrido no Centro de Artes e Esportes Unificados, no bairro Alto Maron, apontou algumas ações emergenciais contra o desabastecimento.

Segundo o secretário Estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, uma delas é um maior rigor na fiscalização de captação de água para a irrigação. “Nesse primeiro momento, nós estamos retirando todas as bombas de irrigação dos irrigantes que não tem outorga e também daqueles que tem outorga que utilizam em área superior a 5 hectares”. A intenção dessa medida, para o secretário, é avaliar os efeitos da retirada das grandes bombas de captação no abastecimento humano. “Nós temos duas equipes [formada por Inema, Embasa e Polícia Militar] permanentes em campo, que, na semana passada, já recolheram 10 bombas de captação. E nós temos observado um maior volume na adutora do catolé e nas barragens Água Fria 1 e 2. Mas nós estamos avaliando se há associação direta com a retirada das bombas”.

Ainda de acordo com Eugênio Spengler, a prioridade, nesse omento, é o uso será garantido para uso humano e animal. Também participou do encontro o prefeito de Conquista, Guilherme Menezes.

Opinião: Constrangido, o prefeito se cala; a incompetência fala mais alto

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Geral | Data: 16 jun 2016

Tags:, ,

por Ivan Cordeiro

IvanO prefeito de Vitória da Conquista, que costuma falar baixo, em promessa na campanha de 2012, afirmou em alto e bom som que a presidente Dilma havia autorizado mais de R$ 140 milhões para investimento na Barragem do Rio Catolé. A promessa não virou realidade, como muitas outras do desgoverno petista. Agora, constrangido e silenciado, Guilherme vai deixar a prefeitura levando para casa a marca do insucesso de não ter construído a barragem que Conquista tanto precisa. Se tivesse construído, seria a maior e mais importante obra do seu governo. Mas 20 anos no poder e o apoio dos governos estadual e federal não foram suficientes.

Quando o prefeito José Pedral Sampaio firmou o contrato com a Embasa, em 1996, seus opositores queriam crucificá-lo, afirmando que o ele havia assinado o documento na calada da noite. O contrato do Município de Vitória da Conquista com a Embasa vence em agosto, e a prefeitura já informou que um novo contrato só ficará pronto no próximo ano. Mas estava em silêncio absoluto sobre o assunto. Nenhum pio. A ‘cláusula 14ª’ do contrato vigente informa que a prorrogação poderá acontecer desde que as partes cheguem a um consenso até 12 meses antes do seu término, o que não aconteceu. A prefeitura deveria ter feito audiências públicas com a população durante esse período, o que também não aconteceu. Participação zero. …Leia na íntegra

Durante racionamento, população pode solicitar abastecimento por carros-pipas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 jun 2016

Tags:, , ,

Da Redação

carro-pipaPara garantir o fornecimento de água a todos os usuários, a Embasa conta com auxílio de carros-pipa para situações em que os imóveis não forem contemplados em nenhum dos três dias estabelecidos pelo cronograma de racionamento. Para ter acesso ao abastecimento alternativo, os moradores devem realizar a solicitação nas lojas de atendimento, pelo site da Embasa ou pelo telefone 0800 0555 195.

De acordo com a Embasa, as solicitações são monitoradas por uma equipe responsável e atendidas, em regra, no dia seguinte ao requerimento. No entanto, a população deve se atentar a algumas questões:

Durante o racionamento, o abastecimento da Embasa é garantido apenas em pavimento térreo, tanto no abastecimento via carros-pipa quanto pela rede de distribuição;

  • para que haja o fornecimento via carros-pipa, é preciso que o reservatório térreo seja de fácil acesso. As mangueiras dos caminhões têm limites de comprimento;
  • a distribuição alternativa é feita diariamente entre 8h e 17h30, sem possibilidade de agendamento prévio de horário;
  • para que haja garantia de qualidade, a Lei 11.445/07, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico, proíbe a combinação entre outras fontes de abastecimento à instalação que recebe água do sistema público;
  • apenas os carros-pipa a serviço da Embasa estão identificados com a marca da empresa nas laterais e garantem a boa procedência da água fornecida.

Embasa apresentará apresentar medidas para garantir a continuidade do abastecimento de água em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 jun 2016

Tags:, ,

Da Redação

sede-embasa-Vitória-da-ConquistaNa próxima segunda-feira (13), a Embasa realizará uma coletiva de imprensa para apresentar as medidas adotadas para garantir a continuidade do abastecimento de água em Vitória da Conquista, diante do agravamento da estiagem e da consequente redução da disponibilidade hídrica nas bacias dos rios Catolé, Água Fria e Monos.

Nesse sentido, de acordo com a Assessoria de Comunicação da Empresa, serão apresentadas e detalhadas “as ações planejadas e executadas pela Embasa e pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SHIS), como a instalação de novos equipamentos para ampliar a capacidade de captação de água diretamente do rio Catolé”.Além das “medidas que estão sendo tomadas pelo Governo do Estado para disciplinar o uso da água na bacia hidrográfica do rio Catolé”.

A coletiva, que acontecerá, às 9 horas, na sede da Empresa na cidade, contará com a presença do presidente da Embasa, Rogério Cedraz, o diretor de Operação do Interior, Ubiratan Matos, o diretor de Segurança Hídrica da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Marcelo Abreu, e o Secretário de Meio Ambiente do Estado da Bahia, Eugênio Spengler.

Promotor aconselha população lesada pelo racionamento acionar Procon e MP-BA

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0022

A crise hídrica foi pauta de uma discussão promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Vitória da Conquista, nesta sexta-feira (10). O evento, intitulado “O uso racional da água como vetor de equilíbrio social”, contou com palestras, representação política da cidade e autoridades. Entre eles, o promotor de Justiça, Carlos Robson.

DSC_0018O representante do Ministério Público Estadual revelou que a população que se sente lesada deve procurar o Procon ou o próprio Ministério Público. “A gente tem acompanhado de perto essa situação e orientando a comunidade. Porque o calendário precisa ser colocado em prática como consta na Embasa. Se ele não é cumprido, a população é prejudicada e tem que cobrar o seu direito”, disse Dr. Carlos Robson.

O racionamento de água em Vitória da Conquista teve início no dia 23 de maio. A Embasa dividiu a cidade em dois grupos, A e B, que revezarão entre si. Por três dias, um grupo tem abastecimento normal, enquanto o outro fica sem água. As localidades em que a água não estiver chegando, deve acionar o serviço de carro-pipa, oferecido gratuitamente pela empresa.

O calendário do racionamento apresentado pela Embasa informa que a situação emergencial na cidade perdurará até o mês de agosto, no entanto, a redução do serviço pode ser prolongada até dezembro, já que nos próximos meses, a possibilidade de chuva na região – o que aumentaria os níveis das barragens -, é muito pequena.

Vereador critica Embasa por não prevenir população sobre risco de racionamento

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_2726O vereador Edjaime Rosa ‘Bibia’ (PMDB) questionou a Embasa por ter informado tardiamente a população sobre o nível crítico das barragens que abastecem o município. Na sessão desta quarta (8) da Câmara Municipal, ele afirmou que “somente 15 dias atrás é que a empresa divulgou a situação e anunciou o racionamento de água, pegando a população de surpresa”.

O sistema de zoneamento adotado pela Embasa no racionamento também foi alvo de críticas, do vereador, que afirma que o sistema não está funcionando. “O bairro Bruno Bacelar, informou, precisou ser atendido por seis caminhões-pipa na semana passada. Já o Nossa Senhora Aparecida está há oito dias sem água nas torneiras. A situação é bem mais grave na comunidade do Cedro, onde não cai água há quatro meses”, frisou Bibia.

Mesmo a opção do caminhão-pipa é controversa, segundo Bibia, porque não consegue atender plenamente aos moradores dessas localidades. Ele ainda advertiu que os consumidores enfrentam também dificuldades de comunicação com a Embasa. “É preciso fazer inúmeras ligações até conseguir ser atendido”, concluiu.

Seca provoca danos em Vitória da Conquista e em mais de 100 municípios baianos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 09 jun 2016

Tags:, ,

Da Redação

IMG_0516
Estamos vivendo uma das maiores secadas das últimas décadas. De acordo com especialistas, a situação vem se agravando há alguns anos por influência do fenômeno do El Niño. Com a falta de chuva, 147 municípios baianos já decretaram situação de emergência, entre eles, Vitória da Conquista.

Diante de tal situação, desde o dia 23 de maio, os conquistenses tiveram que voltar a conviver com o racionamento de água. Agora, de acordo com calendário definido pela Embasa, a água chega nas residências três dias sim, três dias não. No entanto, moradores de alguns bairros da cidade reclamam que o calendário não está sendo cumprindo, visto que, em muitas casas, a água demora mais de três dias para chegar.

Além do consumo reduzido de água, outro reflexo da seca está na produção agrícola. A diminuição das chuvas na última temporada também provocou mudanças no ritmo da produção irrigada. De acordo com A Tarde, a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) divulgou, nessa quarta-feira, 8, que a partir de julho será suspensa a produção em mais da metade da área que possui sistema de irrigação no cerrado baiano por falta de água.

A decisão vai impactar na economia em geral, pois culturas como o feijão, que é irrigada, não serão produzidas. Cerca de 1 milhão de sacas deixarão de circular, pressionando mais a alta do preço do quilo que já chega a R$ 10 em muitos supermercados.

Racionamento: tanque com água é roubado no Bateias 2

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 08 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Blog do Rodrigo Ferraz 

IMG_0934O racionamento de água em Vitória da Conquista está afetando todo mundo, mas todo mundo mesmo. A situação chegou em um estado tão crítico, que bandidos decidiram inventar uma nova modalidade de roubo: o de tanque d’água.

É até difícil de acreditar. Mas, segundo o Blog do Rodrigo Ferraz, o fato ocorreu no Bairro Bateias 2, na noite dessa terça-feira (7). Um tanque de mais de mil litros de água armazenada foi levada da residência, sem que os donos não percebessem a ação dos bandidos. “Eles pularam o muro na lateral da casa [foto] e roubaram”, disse a vítima.

Conquistenses estão estocando e deixando de economizar, aponta Embasa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 03 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0160

Apesar do início do racionamento de água em Vitória da Conquista ter atingido seu 11º dia, o consumo por parte dos moradores do município não tem reduzido. Isto é o que aponta a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). Segundo ela, os conquistenses ainda não se conscientizaram para a importância de reduzir o consumo nesse período de escassez.

Em nota, a Embasa diz que “neste período [de racionamento], o consumo de água em alguns pontos da cidade aumentou consideravelmente, decorrente de armazenamento desproporcional. Medidas como esta tem comprometido o abastecimento em outras partes da cidade, uma vez que a água que deveria ser distribuída para todos, acabou por ser retida por alguns. […] Por este motivo, se faz necessária a economia, observando, no entanto, que o uso inadequado de alguns significa a falta para outros”.

IMG_0163

Enquanto isso, o nível das barragens Água Fria 1 e 2 está baixando cada vez mais rapidamente. O BLOG DA RESENHA GERAL obteve acesso a fotos aéreas feitas nesta semana dos reservatórios que apresentam um cenário preocupante. Em alguns pontos, é possível observar que o espaço, antes ocupado por uma abundância de água, se transformou em um pequeno córrego.

No comunicado, a empresa também apresenta um panorama geral das duas primeiras semanas do racionamento e esclarece questionamentos da população. Confira a íntegra do documento:

Nota de esclarecimento da Embasa …Leia na íntegra

Racionamento de água em Conquista leva Lúcio e Herzem ao Ministério da Integração Nacional

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 01 jun 2016

Tags:, , ,

da Redação

ÁguaA grave situação de abastecimento de água em Vitória da Conquista, é na atualidade, a mais urgente providência que a população espera para a 3ª maoor cidade da Bahia com população em torno de 350 mil habitantes.

Nesta semana em Brasília o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), e Herzem Gusmão (PMDB), irão ao ministério da Integração Nacional buscar solução para o grave problema. No Facebook o deputado Lúcio Vieira Lima escreveu a seguinte mensagem: “As barragens responsáveis pelo abastecimento de água em Vitória da Conquista, estão secas e vai faltar água para o município, o que já era esperado, pois a única medida que o governo do Estado e municipal, adotaram para evitar isso, foi pedir a população para rezar pedindo chuva a Deus! Essa semana irei ao Ministério da Integração para vê se há alguma chance de melhorar a situação, Itabuna e muitas cidades da Bahia se encontram com o mesmo problema!”

São 20 anos de administrações petistas prometendo solução de bastecimento de água para Conquista. Foram duas barragens prometidas. A do Rio Catolé em Barra do Choça, e a do Rio Pardo. “Melhor agora e mais rápido será a retomada do projeto aprovado pela Embasa da barragem do Rio Catolé. O Governo Federal poderá colaborar com o Governo do Estado para que esta tão importante obra seja rapidamente viabilizada”, disse Herzem Gusmão.

Embasa diz que está solucionando problemas no cronograma de racionamento  

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 Maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Racionamento

Em meio ao racionamento de água em Vitória da Conquista, a falta de água nas torneiras das têm deixado as famílias conquistenses chateadas. O número de queixas tem aumentado tanto nos recados do BLOG DA RESENHA GERAL, quanto ao atendimento da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

Devido a isso, a Embasa emitiu nota apontando que está trabalhando no mapeamento dos problemas do cronograma de abastecimento e procurando solucioná-los. A empresa também afirma que o número de ligações no teleatendimento aumentou consideravelmente, o que tem causado congestionamento das linhas.

Confira a nota na íntegra:

A Embasa informa que identificou as causas dos problemas detectados nesta primeira semana de racionamento e que as equipes já estão em campo para solucioná-los e garantir o funcionamento do calendário de abastecimento. A empresa informa ainda que o abastecimento complementar para hospitais, creches, escolas, universidades e imóveis que não foram abastecidos no período estabelecido no calendário está ocorrendo por meio de carros-pipa. Em relação ao teleatendimento pelo 0800 0555 195, a Embasa esclarece que o sistema está funcionando normalmente, mas, devido ao aumento no número de ligações nestes últimos dias, há momentos em que ocorre congestionamento das linhas. A empresa já está promovendo as medidas necessárias para adequar a capacidade de atendimento ao aumento momentâneo da demanda.