Venda de reservatório d’água aumenta 40% em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rony Cley

reservatórioA volta do racionamento de água em Vitória da Conquista tem gerado muita reclamação da população. Os conquistenses acreditam que o esquema de distribuição da Embasa não será suficiente para contemplar todos os serviços domésticos. Com a incerteza, muitos preferem estocar, ao invés de racionar.

Por isso, a venda de reservatórios de água tem aumentado, e muito, no município. As lojas de materiais de construção, claro, comemoram. Em uma das maiores da cidade, a C. Amorim, o crescimento nas vendas do produto chegou a 40%, só na semana em que foi anunciado o racionamento. “Infelizmente as vendas têm aumentado, porque é uma crise mundial. Mas é aquele ditado: enquanto uns choram, outros vendem lenço”, pondera Robério Matos, gerente da loja.

Mas a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) aponta para outro caminho. Segundo a responsável pelo abastecimento em Conquista, o correto seria a população se conscientizar para a redução no consumo. “É importante evitar o uso de água potável para a lavagem de carros, de calçadas ou regar de plantas e jardins. Para esses fins, é recomendável o reuso da água de lavagem de roupas ou da lavagem de hortaliças e legumes”, recomenda o gerente local da Embasa, Álvaro Aguiar.

Racionamento de água começa nesta segunda em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 23 maio 2016

Tags:, ,

Da Redação

preservar-águaA partir desta segunda-feira (23), os moradores de Vitória da Conquista vão ter que começar a conviver com uma situação nada agradável. Começa hoje o racionamento de água na cidade.

A redução na oferta do serviço se fez necessária diante dos baixos níveis de água dos reservatórios que abastecem o município. Assim, a Embasa dividiu a cidade em dois grupos, A e B, que revezarão entre si. Por três dias, um grupo tem abastecimento normal, enquanto o outro fica sem água.

O calendário do racionamento apresentado pela Embasa informa que a situação emergencial na cidade perdurará até o mês de agosto, no entanto, a redução do serviço pode ser prolongada até dezembro, já que nos próximos meses, a possibilidade de chuva na região – o que aumentaria os níveis das barragens -, é muito pequena.

Dessa forma, também se faz necessário que a população faça o uso consciente da água, evitando o desperdício.

 

Sem barragem, problema de racionamento deve ser cíclico

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0516

O novo racionamento que o município de Vitória da Conquista vai começar a enfrentar, a partir da próxima semana, é fruto de três importantes fatores: a seca, a irrigação e a incompetência. Esta última é a mais lamentável, principalmente pelos avisos que a natureza e os técnicos vêm dando ao longo de quase uma década.

A barragem de Água Fria 2 foi feita em 1999, o horizonte do projeto é de 20 anos, ou seja 2018. Prevendo esse problema, em 2012, os técnicos da Embasa adiantaram o projeto de uma nova barragem, a do Catolé, que deveria ser concluída em cinco anos. Enquanto isso, a adutora do Rio Catolé, implantada em fevereiro de 2014, ajudaria a sanar os efeitos do crescimento de Vitória da Conquista. Mas os castigos pela omissão vieram como já esperados.

O Rio Catolé apresentou claros sinais de saturação – a adutora do Catolé que já representou 45% da oferta de água no município, oferta hoje apenas 20%. Somado a isso, Água Fria 2, está só com 2,6 milhões/m³, 39% da capacidade total de 6,458 milhões/m³.

Ainda com estes sinais negativos, nessa meia década, nenhuma pedra foi edificada onde deveria funcionar a nova barragem. A Embasa diz que o problema é falta de interesse das construtoras. “Este projeto está pronto desde 2012 e foi licitado no final de 2013 e a Embasa vem tentando contratar uma empresa para adiantar esse processo, para quando chegar em 2018 estarmos com essa nova barragem. Por problema da economia do país, a gente não conseguiu nenhuma empresa interessada em construir a barragem. A Embasa está com o projeto pronto, com o recurso alocado, mas não tem conseguido ninguém interessado”, explica Álvaro Aguiar, gerente local da Embasa.

A Empresa também aponta que o projeto está sendo revisado e adequado para se tornar atrativo às empresas. Mas a certeza é de que não haverá uma nova barragem pelos próximos cinco anos. Ou seja, o problema do abastecimento promete ser cíclico.

Confira o calendário de racionamento

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 maio 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

Após três anos do último contingenciamento de água, Vitória da Conquista volta a enfrentar o fantasma do racionamento. Nesta segunda-feira (16), a Embasa confirmou mais um período de redução na oferta de serviço, que pode durar sete mestes, até dezembro.

Confira os calendários de racionamento:

Calendário Racionamento 2016 _Grupo A_VersoGrupo A, abrange bairros da zona leste do município, em sua maioria. Clique na imagem para ampliá-la

Calendário Racionamento 2016 _Grupo B_VersoGrupo B, abrange bairros da zona oeste do município, em sua maioria. Clique na imagem para ampliá-la

Racionamento começa na próxima segunda (23)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 maio 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1605

Como já era esperado, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A (Embasa) anunciou o início de mais um racionamento em Vitória da Conquista. Em coletiva de imprensa, na manhã desta segunda-feira (16), a Embasa apontou como está a situação dos reservatórios que abastecem o município e o cronograma de liberação de água.

IMG_1601A partir da próxima segunda (23), o município será dividido em dois grupos, A e B, onde cada uma receberá água por três dias consecutivos. Nos dias 23, 24 e 25, o grupo A, em sua maioria compreendida por bairros da zona leste da cidade, será abastecida. Nos dias 26, 27 e 28, serão contempladas as demais localidades, do grupo B, na maioria da zona oeste, e assim por diante. “Isso não quer dizer que a divisão será feita da forma geográfica que é dividida a cidade, mas pelas zonas de abastecimento do sistema”, explicou o gerente local da Embasa, Álvaro Aguiar (foto).

O gerente também explicou que “os pontos em que a água não chegar, devido a pressão do sistema, serão abastecidos por carros-pipa contratados diretamente pela Embasa”.

Embasa convoca imprensa para falar da crise hídrica em Vitória da Conquista 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 maio 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto arquivo BRG

DSC_1449Barragens Água Fria 1 e 2 possuem 2,6 bilhões de litros de água acumulados (39% de sua capacidade total)

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A (Embasa) convocou a imprensa de Vitória da Conquista para uma coletiva para tratar a disponibilidade hídrica das bacias dos rios Catolé, Água Fria e Monos e as medidas para garantir a continuidade do abastecimento de água no município. Na convocação, a Embasa não aponta, mas há a possibilidade de que seja anunciado o início de mais um racionamento em Conquista. A coletiva ocorrerá na próxima segunda-feira (16), às 9h.

De acordo com a Embasa, a falta de chuvas e a consequente crise hídrica em toda a região estão contribuindo para a redução do volume de água armazenado nas barragens de Água Fria I e II e diminuindo a vazão do rio Catolé. “Juntos, esses mananciais estão ofertando apenas 13 mil litros de água por dia. No entanto, para atender a demanda da cidade, seriam necessários 48 mil litros. Atualmente, os reservatórios possuem 2,6 bilhões de litros de água acumulados, o que significa 39% de sua capacidade total de acumulação. Enquanto isso, a adutora do Catolé, que já chegou a ser responsável por 45% da água distribuída na cidade, hoje representa apenas 20% da oferta”, aponta a empresa.

Para a coletiva, os técnicos da empresa estão refazendo os cálculos para definir como ficará a situação de abastecimento em Vitória da Conquista, Tremedal e Belo Campo e se há a viabilidade de estender o início do racionamento. Segundo os cálculos atuais, somente neste mês de maio a barragem já apresenta um déficit diário de 20.500 metros cúbicos de água (20,5 milhões de litros), enquanto no período mais drástico de 2012/2013 apresentava déficit de 7.000 metros cúbicos de água (sete milhões de litros) por dia.

Participarão do encontro, o Gerente da Unidade Regional da Embasa, José Olímpio Cardoso da Silveira, o Gerente do Escritório Local, Álvaro Aguiar, além de técnicos do corpo operacional e da área socioambiental da empresa.

Falta d’água gera conflito entre Conquista e Barra do Choça

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 06 maio 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

DSC_1449A utilização da água das Barragens Água Fria 1 e 2 para irrigação ou consumo humano é o centro da discussão

O clima esquentou na sessão da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, nesta sexta-feira (6). Vereadores conquistenses e a Prefeitura de Barra do Choça, junto com produtores rurais deste município, se estranharam devido a escassez da água.

A querela teve início no final do mês de março, quando vereadores do Partido dos Trabalhadores chamarem de ladrões produtores que retiram água das Barragens Água Fria 1 e 2 de forma clandestina. Irritados, o prefeito de Barra, Oberdan Rocha (PP), e o presidente da Associação de Irrigantes de Barra do Choça, Walter Teixeira, cobrou explicações dos parlamentares de Conquista.

IMG_0612“Utilizamos a água para produção, algo necessário que é para sobrevivência dos moradores de Barra do Choça. O emprego na propriedade desse produtor é sobrevivência para os que ali trabalham e produzem. Pequena parte na irrigação do café e grande parte para hortifrutigranjeiros”, disse o prefeito de Barra do Choça (foto ao lado). “Queremos pedir que a casa pudesse reconhecer que Barra do Choça usa de forma a preservar a água, mas não podemos ser tachados de ladrões por usar um líquido que nasce em nossas terras e que sabemos que abastece outras cidades como Planalto e Conquista”, completou Oberdan.

IMG_0610Já o representante dos irrigantes de Barra do Choça queixou-se dos gestores públicos de Conquista, que, segundo ele, não têm se mobilizado para resolver a questão da água. “Conquista é uma cidade que vem crescendo de forma substancial e vocês não criam nenhum projeto de prevenção para cuidarmos do bem maior, que é a água. Nada foi feito e em um momento de dificuldade recebemos essa notícia que estamos sendo rotulados de ladrões. Não aceitaremos isso”, destacou Walter (foto ao lado), apontando que “as pessoas que foram chamadas de ladrão têm 5 ou 10 hectares e vivem da agricultura”.

O líder da Bancada de Situação, vereador Florisvaldo Bittencourt (PT), saiu em defesa de seus colegas de partido. “Não é discurso baixo, nem à toa, eu estou baseado na lei. A Embasa denunciou que há produtores com bombas mais potentes do que a da concessionária retirando água da barragem. São palavras da Embasa que foram ditas ao doutor Carlos Robson”, disse ele.

IMG_1026Já o presidente da Câmara, vereador Gilzete Moreira (PSD), jogou panos quentes na confusão. Ele afirmou que vai marcar uma agenda conjunta, que englobe as duas Câmaras, Prefeitos, Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Empresa Baiana de Águas e saneamento (Embasa), os representantes dos produtores rurais de Barra do Choça, Universidade Estadual do Sudoeste na Bahia (UESB), Universidade Federal da Bahia (UFBA), com os Secretários de Recursos Hídricos e Meio Ambiente. “A situação é gravíssima. Precisamos nos unir, nos levantarmos e agirmos nesse momento. Nós vamos agir”, finalizou Gilzete.

Vereador compara arrecadação da Embasa em Conquista a uma “caixa preta”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_2934Nesta sexta-feira (29), o líder da Oposição na Câmara Municipal, o vereador Arlindo Rebouças (PSDB), se queixou da forma em que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) trabalha em Vitória da Conquista. Segundo o parlamentar, a arrecadação da empresa no município é uma caixa preta, o que acaba atrapalhando a cobrança de novos investimentos. A declaração veio um dia após a Embasa confirmar que Conquista está próxima de entrar em um novo regime de racionamento d’água.

“Quanto é que a Embasa arrecada com a distribuição de água em Conquista? Caixa preta. Quanto é que a Embasa arrecada com o tratamento de esgoto? Outra coisa que ninguém sabe. Então, é um absurdo que o prefeito, que o Executivo, não fiscalize a Embasa. Era para fiscalizar, dar prazo e multar, porque ela é uma concessionária como a empresa de transporte é”, argumentou Arlindo.

O vereador ainda propôs a criação de uma comissão da Câmara para visitar a adutora do rio Catolé e as barragens Água Fria 1 e 2 e cobrar esclarecimentos do representante da Embasa no município. “Eu acho que a Câmara não pode ficar de braços cruzados, omissa, vendo a Embasa maltratar a nossa comunidade”, concluiu.

Embasa pede que conquistenses reduzam consumo; reservatórios possuem 45% da capacidade

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_1449

Nesta quinta-feira (28), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) emitiu duas notas alertando a população de Vitória da Conquista para o risco eminente de um novo racionamento. No segundo comunicado, que reproduzimos abaixo, a Embasa dá detalhes da situação crítica em que se encontra as barragens Água Fria I e II e a adutora do rio Catolé. Confira:

A falta de chuvas e a consequente redução do volume de água armazenado nas barragens de Água Fria I e II, assim como no rio Catolé, estão levando a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) a iniciar uma campanha de conscientização para o uso racional da água distribuída em Vitória da Conquista. Essa é mais uma iniciativa para garantir a continuidade do abastecimento de água diário e regular, na cidade, diante dos efeitos da estiagem prolongada e atípica que acontece em toda a região.

Atualmente, os reservatórios possuem 2,9 bilhões de litros de água acumulados, o que significa 45% de sua capacidade total de acumulação. Enquanto isso, a adutora do Catolé, que já chegou a ser responsável por 45% da água distribuída na cidade, hoje representa apenas 20% da oferta. …Leia na íntegra

Embasa alerta para risco iminente de racionamento em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Racionamento

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) emitiu nota, nesta quinta-feira (28), apontando para o risco de racionamento em Vitória da Conquista. Segundo a Embasa, as barragens Água Fria I e II e a adutora do rio Catolé estão a baixo do nível ideal para o abastecimento do município. “Podem ocorrer variações de pressão em alguns pontos da rede distribuidora e afetar o fornecimento de água em alguns locais”, afirma a empresa.

Confira a nota:

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informa que, devido ao baixo nível das barragens Água Fria I e II e do rio Catolé, que complementa o abastecimento de água em Vitória da Conquista, houve redução na produção de água tratada para a cidade. Com isso, podem ocorrer variações de pressão em alguns pontos da rede distribuidora e afetar o fornecimento de água em alguns locais.

Gerente da Embasa diz que racionamento só ocorrerá se houver uma “catástrofe”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 out 2014

Tags:, ,


por Mateus Novais

imagesO gerente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Alvaro Aguiar, garantiu que somente uma catástrofe provocaria um racionamento no abastecimento de água em Vitória da Conquista. A declaração foi dada durante uma entrevista a repórter Mônica Cajaíba, do programa RESENHA GERAL, da Rádio Clube.

“Para época do ano, já perto de novembro, época de chuva, está em um nível bom. A gente tem conseguido manter esse nível dela [barragem] desde abril com poucas oscilações. Então, já perto do período de chuva está em torno de 50%, faltando um mês para o período de chuva, a previsão é boa”, disse Aguiar.

Por esta situação, o gerente da Embasa acredita que, “se vier as chuvas que todo os anos estão ocorrendo, não tem risco de racionamento nenhum. A não ser que tenha uma catástrofe e não chova nada nesse verão, o que eu espero que não ocorra, aí a gente tem que pensar em outra alternativa”, finalizou.

Nível das barragens que abastecem Vitória da Conquista é preocupante

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 15 jul 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0565 (1)

O Blog da Resenha Geral esteve nas barragens Água Fria 1 e 2 e registrou o baixíssimo nível do principal reservatório de água de Vitória da Conquista. A barragem passa por uma grave seca desde o final de 2012.

De acordo com moradores ribeirinhos, há quase dois anos a barragem só faz secar. As chuvas que caem nos mananciais, os Rios Monos e Água Fria, não têm melhorado a situação do reservatório.

Sem divulgar dados, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) divulgou comunicado que concordam com o que dizem os ribeirinhos. A Embasa informou, no último mês, que a vazão dos mananciais tem caído drasticamente e as previsões de chuva estão abaixo do esperado para o período do ano. Esta combinação tem gerado preocupação quanto ao fornecimento de água para Vitória da Conquista.

Embasa liga alerta para novo racionamento em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 jun 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_03243-1024x685A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que a vazão dos mananciais (Rios Monos e Água Fria) tem caído drasticamente e as previsões de chuva estão abaixo do esperado para o período do ano. Esta combinação tem gerado preocupação quanto ao fornecimento de água para Vitória da Conquista.

Para evitar um novo racionamento, a Embasa iniciou uma campanha para estimular a população a economizar água. De acordo com o gerente local da Embasa, Álvaro Aguiar, “com pequenas mudanças no dia a dia com relação ao uso da água, é possível conseguir grandes benefícios, incluindo uma conta mais baixa. Fechar a torneira quando escovar os dentes ou passar sabonete no banho, lavar o carro com balde, jamais usar água para varrer a calçada e o quintal são algumas dicas de consumo consciente de água. Essas práticas devem ser constantes, não só no verão”.

A empresa também garante que está fazendo a sua parte. Os técnicos da empresa também estão mobilizados para conter de forma rápida os possíveis vazamentos na rede de distribuição. “Por isso, qualquer quebra na rede, a população também pode nos ajudar, ligando para o 0800 0555 195”, explica Aguiar. …Leia na íntegra

Quase 15 bairros e parte da zona rural estão sem fornecimento de água

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 07 jan 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

sem-agua1356103465Desde ontem (06), 14 bairros e localidades rurais de Vitória da Conquista estão sem fornecimento de água devido a uma interrupção no fornecimento de energia elétrica na Estação Elevatória localizada na rua Antônio Nascimento (rua do Cruzeiro). Os bairros atingidos são: Panorama, Alto do Cruzeiro, Alto do Guarani, Nossa Senhora Aparecida, Henriqueta Prates, Recanto das Águas, Miro Cairo, Senhorinha Cairo, Vilas Serranas, Bateias I e II, Urbis V, Cidade Maravilhosa, Distrito Industrial, Bate-pé.

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que já acionou a concessionária fornecedora de energia elétrica, mas até a manhã desta terça, o serviço ainda não havia sido realizado.

Enquanto isso, a Embasa recomenda que a população mantenha a economia, consumindo de forma racional até que o abastecimento seja restabelecido para o pleno atendimento aos moradores destes bairros.

Embasa divulga novos dados e esclarece atual situação do racionamento de água em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 25 set 2013

Tags:,

Da Redação

“Mesmo com o aumento da oferta, a Embasa continua distribuindo um volume abaixo da demanda de consumo da cidade e, por isso, a população deve continuar economizando água”, Álvaro Aguiar, gerente local da Embasa.

sede embasa - Vitória da ConquistaConforme noticiamos aqui no Blog da Resenha Geral nesta terça-feira (24), oficialmente o racionamento de água ainda não acabou em Vitória da Conquista. Em novo boletim divulgado pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), ela esclarece a atual situação e explana novos números.  A recuperação e manutenção dos níveis das barragens de Água Fria I e II durante o inverno aliadas ao ritmo acelerado das obras de implantação da Adutora do Catolé levaram a Embasa a aumentar em 28% a oferta de água no sistema de abastecimento de Vitória da Conquista.

…Leia na íntegra

Embasa aumenta oferta de água, mas oficialmente o racionamento ainda continua em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 set 2013

Tags:, , ,


Da Redação

A população já deve sentir menos nos próximos dias os efeitos do racionamento. Mas a orientação ainda é a de economizar água.

Barragem de Água Fria IIA população de Vitória da Conquista ainda vai ter que continuar economizando água. É que mesmo com o aumento da oferta de água pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) desde o último final de semana, oficialmente o racionamento ainda não acabou.

Os calendários de manobras de água ainda devem ser mantidos, no entanto a população deve sentir menos a privação de águas nas torneiras. É que Água Fria II, principal barragem que abastece Vitória da Conquista, está com um índice do total de sua capacidade em 80%, número considerado bom pela Embasa.

Adutora-em-ConstruçãoLevando-se ainda em consideração que a obra emergencial da adutora do Catolé começou a ser construída em junho deste ano, e que a previsão da Embasa é de que a obra seja entregue no mês de dezembro de 2013, um período de pouco mais de dois meses. Segundo a empresa, com a obra em funcionamento, o equipamento terá capacidade para transportar 300 litros de água por segundo e garantirá segurança hídrica para encerrar o racionamento em Vitória da Conquista. A adutora deve suprir a necessidade de água no município pelos próximos cinco anos, …Leia na íntegra

Obras da adutora do Rio Catolé seguem em ritmo acelerado

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 ago 2013

Tags:, , ,

Da Redação

Com 13 km de tubulação implantados, de um total de 15,3 km, a previsão é que a obra esteja em funcionamento em dezembro de 2013.

Adutora-em-ConstruçãoOrçada em 33 milhões, a adutora que transportará água do Rio Catolé para a barragem de Água Fria II está com 13 km de tubulação implantados, de um total de 15,3 km para chegar até a barragem.

A obra emergencial começou a ser construída em junho deste ano. A previsão da Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa, é de que a obra seja entregue no mês de dezembro de 2013. A obra de abastecimento de água tem o intuito de enfrentar os efeitos da seca e suprir o déficit nas barragens de Água Fria I e II.

Com a obra em funcionamento, segundo a empresa, o equipamento terá capacidade para transportar 300 litros por segundo e garantirá segurança hídrica para encerrar o racionamento em Vitória da Conquista. De acordo com o gerente local da Embasa, Álvaro Aguiar, a adutora deve suprir a necessidade de água no município pelos próximos cinco anos, tempo de construção da Barragem do Catolé, que retirará água do mesmo rio e deverá ser construída no ano que vem.

Embasa atualiza números das barragens de Água Fria I e II

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 ago 2013

Tags:, ,

Da Redação

Gerente local da empresa disse que com a manutenção do racionamento, o volume atual armazenado garante o abastecimento do município até a chegada do período das chuvas.

Barragem de Água Fria IIDados referentes aos níveis das barragens que abastecem Vitória da Conquista, Água Fria I e II, foram divulgados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa nesta semana. De acordo com a empresa, atualmente a barragem de Água Fria I conta com 144 mil m³ de água, o que corresponde a 82% do total de sua capacidade.

No entanto a barragem que serve de referência é a barragem de Água Fria II, pelo fato de ser bem maior. Hoje ela está com 5,030 milhões m³, ou seja, 78% de sua capacidade. O gerente local da Embasa, Álvaro Aguiar, justifica esses índices devido as baixas temperaturas que o inverno trouxe contribuindo para a diminuição da evaporação da água e um pouco de chuva que ocorreu na bacia das barragens.

O gerente ainda disse que com a manutenção do racionamento, o volume atual armazenado garante o abastecimento do município até a chegada do período das chuvas.

Embasa divulga calendário complementar do racionamento da água em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 27 ago 2013

Tags:, , ,

Da Redação

De acordo com a divulgação, o novo calendário vai seguir a ordem do que já foi distribuído anteriormente, quando a cidade foi dividida em dois grupos, A e B.

calendário racionamento embasaA Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa divulgou nesta terça-feira (27) o cronograma de abastecimento de água em Vitória da Conquista para os próximos meses. A primeira tabela distribuída informa sobre o abastecimento até o próximo dia 31 de agosto.

De acordo com a divulgação, o novo calendário vai seguir a ordem do que já foi distribuído anteriormente, quando a cidade foi dividida em dois grupos, A e B. O fornecimento de água ocorre a cada dois dias e prevê que cada grupo seja contemplado com pelo menos um dia de abastecimento durante o final de semana (sábado ou domingo) e contém ainda orientações de como os usuários devem proceder em caso de desabastecimento. Um novo calendário de manobras está sendo entregue em toda a cidade desde a semana passada.

Segundo a Embasa a barragem de Água Fria II, principal pelo abastecimento do município, ainda não alcançou um nível de segurança satisfatório. …Leia na íntegra

Racionamento e desperdício de água

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 ago 2013

Tags:, , ,

da Redação

VAzamento de àguaUm  leitor do Blog da Resenha Geral enviou para nossa redação uma foto que mostra o flagrante de um vazamento de água que está ocorrendo entre as fazendas Cofarma e Maracujá. O vazamento está acontecendo há mais de 20 dias e funcionários da Embasa passam pelo local todos os dias. Margeando a estrada de terra existente no local,  está a tubulação que abastece a cidade de Vitória da Conquista com a água das barragens de Água Fria I e II, que ficam no município da Barra do Choça.

Geralmente todos avisos de vazamentos de água em qualquer local, são imediatamente normalizados pelo diretor regional José Olímpio. A Embasa continua impondo a cidade o racionamento em função da falta de chuvas na região. A adutora em construção, que permitirá o bombeamento de água do Rio Catolé, continua avançando.