Transparência: a prefeitura após nota 5,1 dada pelo MPF, se recupera e alcança nota 9

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 15 jun 2016

Tags:, , ,

da Redação

MPF VCNo Portal da Transparência do MPF – Ministério Público Federal, a nota de Vitória da Conquista era ridícula. A administração petista colocava a cidade, no contexto dos 417 municípios da Bahia, só na 95ª colocação. No conceito de 0 a 10, a nota alcançada era apenas 5,1 – Clique aqui para conferir em que posição a sua cidade e o seu estado ficaram no ranking nacional da transparência. Ao chegar no link clique no Mapa da Bahia.

Após amplo noticiário no programa Resenha Geral da Rádio Clube FM, e no Blog da Resenha Geral, dando conta da desastrosa nota de apenas 5,1, eis que o MPF,  destaca a recuperação do Governo Municipal, e a nova avaliação obtida na segunda edição do Ranking Nacional da Transparência,  destaca a cidade de Vitória da Conquista em quinto lugar entre as cidades baianas, com nota 9.

A divulgação do levantamento do MPF obrigou a gestão atual da Prefeitura a mudar os métodos e alcançar a honrosa nota 9. A ação do MPF tem motivado as administrações negligentes a adotar uma nova postura.

 

Bahia recebe segunda pior nota do país no Ranking da Transparência

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 08 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1053Com nota 4,10, o estado da Bahia ocupa o 26º lugar no “Ranking da Transparência” do Ministério Público Federal (MPF). A classificação foi divulgada nesta quarta-feira (8), após a primeira avaliação no fim de 2015 e a segunda no primeiro semestre de 2016.

Entre as deficiências encontradas no portal do governo estão links que direcionam para páginas não disponíveis; falta de dados relativos à receita, a íntegra dos editais de licitações e contratos celebrados; e a falta de horários de funcionamento e atendimento ao público. O MPF também identificou problemas resposta nos pedidos de informação, previstos pela Lei de Acesso à Informação.

Essas e outras irregularidades foram objeto de recomendação expedida ao governador em novembro de 2015, mas como não foram sanadas, tornaram-se alvo da ação civil pública ajuizada pelo MPF e autuada pela Justiça Federal nesta segunda (6).

O Ranking da Transparência, desenvolvido pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF, monitorou todos os 5.567 municípios do país, além dos 26 estados e do Distrito Federal. No estado, Vitória da Conquista ocupa a quinta posição.