Petrobras anuncia novo reajuste na gasolina e no diesel

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 01 mar 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

A partir de terça-feira (2), a Petrobras vai elevar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel nas refinarias. A informação foi divulgada pela companhia nesta segunda-feira, por meio da assessoria de imprensa

O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,60 por litro, alta de R$ 0,12 por litro (4,8%), enquanto o diesel passará a média de R$ 2,71 por litro, aumento de R$ 0,13 por litro (5%).

É a quinta alta do ano nos preços da gasolina, e a quarta no valor do litro do diesel. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.

Petrobras anuncia reajuste nos preços do diesel e gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 18 fev 2021

Tags:, , , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Nesta quinta-feira (18), a Petrobras anunciou mais um aumento dos preços médios de venda às distribuidores da gasolina e do diesel, que irão vigorar a partir de sexta-feira (19).

O preço médio de venda de gasolina nas refinarias da Petrobras passará a ser de R$ 2,48 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,23 por litro. Já o preço médio de venda de diesel passará a ser de R$ 2,58 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,34 por litro.

É a quarta alta do ano nos preços da gasolina, e a terceira no valor do litro do diesel.

Aposentados do INSS começam a receber benefício com reajuste

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 25 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: A Tarde

A partir desta segunda-feira (25),os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber o benefício com reajuste. Os pagamentos seguem até o dia 5 de fevereiro.

A data do pagamento depende do valor que o segurado recebe e qual é o final do número do benefício, sem considerar o dígito. Hoje, começam a receber os segurados que têm número final 1 e ganham até um salário mínimo.

Quem ganha um benefício acima do salário mínimo começa a receber a partir de 1º de fevereiro. Os segurados que ganham um salário mínimo terão um aumento de 5,26%, seguindo o reajuste do piso nacional, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100 neste ano.

Já quem ganha acima do salário mínimo terá um aumento de 5,45%, igual ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado de 2020. Se começou a receber o benefício a partir de fevereiro do ano passado, o índice de reajuste vai variar conforme o mês de início da concessão.

Petrobras reajusta preço da gasolina em suas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A Petrobras informou que elevará o preço médio da gasolina nas refinarias em R$ 0,15, para R$ 1,98 por litro, a partir desta terça-feira (19). Já o preço do diesel não será alterado.

Este é o primeiro reajuste aplicado sobre a gasolina este ano e corresponde a 7,6% sobre o valor médio de R$ 1,84, vigente desde 29 de dezembro, quando o combustível havia sido reajustado em 5% – foi o segundo reajuste no último mês de 2020.

O reajuste será aplicado após avanço das cotações internacionais do petróleo nas últimas semanas. Segundo levantamento da Reuters, o preço do petróleo Brent, referência internacional, aumentou em cerca de 7,5% desde a última vez em que a Petrobras elevou os valores de gasolina e diesel, em 29 de dezembro. Nesse período, o real desvalorizou cerca de 1,5% ante o dólar.

Benefícios do INSS acima de um salário mínimo têm reajuste de 5,45%

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 13 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Nesta quarta-feira (13), o governo oficializou o reajuste de 5,45% para aposentados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem acima de 1 salário mínimo, de acordo com portaria do Ministério da Economia publicada no “Diário Oficial da União”.

Com o reajuste, oteto dos benefícios do INSS passa de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57. Pela legislação federal, o índice de reajuste do benefício de aposentados e pensionistas que recebem valor superior ao do salário mínimo é definido pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Pela lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo, fixado em R$ 1.100 para 2021.

Preço dos gás de cozinha varia de 75 a 85 reais em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 13 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

O preço do botijão de gás de cozinha teve autorização para reajuste de 6% desde a semana passada. E já neste início de semanas as distribuidoras e revendedoras de Vitória da Conquista já repassaram o preço para o consumidor.

Em Vitória da Conquista o botijão de três quilos variava entre 70 e 75 reais. Com o reajuste o preço pode chegar até 85 reais, e beirar a casa dos 90 reais com a taxa de entrega. A orientação é mesmo pesquisar bastante antes da compra.

Além de anunciar o reajuste, por meio de nota, a Petrobras fez questão de salientar que não define os preços que são praticados pelas distribuidoras, que devem acrescentar o aumento no valor que cobram atualmente pelo botijão. “Por sua vez, as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, informou.

Gás de cozinha vai ficar 6% mais caro a partir desta quinta

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A partir desta quinta-feira (6), a Petrobras vai elevar o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, em 6%.

Em nota, a empresa reiterou que desde novembro de 2019 igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial, e que o produto é vendido pela Petrobras às distribuidoras a granel.

Petrobras reajusta preço do diesel e da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 16 dez 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Petrobras informou que vai aumentar o preço da gasolina e do diesel nas refinarias a partir de quarta-feira (16). Segundo a estatal, o preço do diesel será reajustado em 4%, e o da gasolina em 3%.

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel.

Petrobras reajusta em 5% o valor do gás de cozinha

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 03 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A Petrobras aumentou em 5% o preço médio do GLP, também conhecido como gás de cozinha. O reajuste vale a partir de hoje (03), e são aplicados às distribuidoras.

Com isso, o preço médio da Petrobras às revendedoras será equivalente a R$ 33,89 por botijão de 13 kg.

Com o reajuste, o produto passa a acumular no ano alta média de 21,9%, ou R$ 6,08 por botijão.

Petrobras reajusta preço do gás canalizado em 33%

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 nov 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Nesta quarta-feira (4), a Petrobras anunciou o aumento de 33% no preço do gás natural vendido pela empresa às distribuidoras de gás canalizado. O reajuste reflete a recuperação dos preços do petróleo e a desvalorização cambial no trimestre anterior.

O preço do gás natural é reajustado a cada trimestre, com base na variação dos preços do petróleo e do câmbio no trimestre anterior. Segundo a Petrobras, a alta do preço em dólar foi de 26%. Considerando a desvalorização cambial, passa a 33%.

O aumento ocorre após dois cortes consecutivos, acompanhando a queda das cotações internacionais durante o período mais crítico da pandemia. Apesar da alta no trimestre, diz a estatal, o preço do gás natural acumula queda de 13%, em reais, desde dezembro de 2019.

Petrobras anuncia reajuste de 4% do preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 23 set 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

A Petrobras reajustou o preço do litro da gasolina vendida nas refinarias às empresas distribuidoras em 4%. O novo valor foi anunciado pela estatal nesta terça-feira (22) e vale a partir desta quarta-feira (23). O diesel não sofreu reajuste.

Além da alta do dólar, o preço do petróleo reflete o mercado internacional do produto, o que influencia o valor praticado no país. Os preços são referentes ao valor vendido para as distribuidoras a partir das refinarias. O valor final ao motorista dependerá do mercado, já que cada posto tem sua própria política de preços, sobre os quais incidem impostos, custos operacionais e de mão de obra.

Segundo a companhia, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo A: gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel sem adição de biodiesel. “Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis.”

Prefeitura esclarece que não há reajuste da tarifa de ônibus coletivo em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 31 ago 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Secom/PMVC

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista esclarece que não houve aumento no valor da passagem de ônibus coletivo, como está sendo falsamente divulgado em uma rede social. O último reajuste foi realizado em outubro de 2018, estabelecendo a tarifa em R$ 3,80, valor que permanece atualmente.

A Prefeitura pede também que a população tenha cuidado com a desinformação gerada pelo efeito das  fake news. Os atos e decisões do Governo devem ser acompanhados diretamente pelos seus canais oficiais de comunicação, que atualizam as informações de interesse público com total transparência.

Petrobras reajusta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 24 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

A Petrobras anunciou um novo reajuste nos preços da gasolina, de 6%, e do diesel, de 5%. Os novos preços começaram a valer na última sexta-feira (21) e são referentes ao cobrado nas vendas às distribuidoras.

De acordo com o levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 8 e 15 de agosto, o preço médio da gasolina comum no país foi de R$ 4,234. O diesel S-500 foi de R$ 3,364. O etanol, de R$ 2,769. E o gás de cozinha, de R$ 70,01, para o botijão de 13 kg.

Os preços são referentes ao valor vendido para as distribuidoras a partir das refinarias. O valor final ao motorista dependerá do mercado, já que cada posto tem sua própria política de preços, sobre os quais incidem impostos, custos operacionais e de mão de obra.

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 23 jul 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A Petrobras anunciou um reajuste de 5% no preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) nas suas refinarias. O aumento vale a partir desta quinta-feira (23).

No acumulado do ano, o preço do gás de cozinha teve uma queda de 4,5%, ou de R$ 1,26 no botijão de 13 kg. A companhia destacou que, desde novembro de 2019, igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial. A Petrobras acrescentou que vende o GLP a granel.

De acordo com a Petrobras, os preços do GLP vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. Para a empresa, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos, como volatilidade do câmbio e dos preços.

Petrobras reajusta preço da gasolina e do diesel nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 jul 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A Petrobras reajustou o preço médio da gasolina nas refinarias em 4%, a partir desta sexta-feira (19). O anúncio foi feito pela companhia que também divulgou aumento médio de 6% para o diesel.

Na semana passada, a estatal anunciou reajuste médio de 5% para a gasolina, mas manteve a cotação do diesel. O movimento é o nono aumento seguido de preço para a gasolina, em tendência vista desde o início de maio.

Segundo levantamento semanal da agência, o valor médio do litro da gasolina ao consumidor subiu 0,81%, a R$ 4,097. O preço do litro do diesel avançou 1,27%, para R$ 3,147.

Petrobras anuncia reajuste no preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 09 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A Petrobras anunciou um reajuste de 10% no preço médio da gasolina, nas refinarias. Este é o quinto reajuste seguido da companhia. Desde o início de maio, a estatal já elevou o preço do combustível em 59,4%.

O reajuste ocorre cerca de duas semanas após a última correção dos preços, pela estatal. A última vez que a companhia mexeu nos preços foi no dia 27 de maio. Na ocasião, o preço da gasolina foi reajustado em 5% e o diesel em 7%.

Petrobras anuncia reajuste de 12% para a gasolina

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A Petrobras aumentará os preços médios da gasolina em suas refinarias em 12% a partir de quinta-feira (21), informou a companhia em nota nesta quarta-feira (20).

É o terceiro aumento nos preços da gasolina da Petrobras neste mês, em meio a uma recuperação nos preços do petróleo, que influenciam os reajustes da companhia.

A Petrobras também já informou um reajuste no diesel, de 8%, aplicado a partir da última terça-feira, no que foi a primeira elevação desse combustível nas refinarias da estatal no ano.

Aneel adia para julho reajuste na conta de luz de seis distribuidoras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 15 abr 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:G1

Nesta terça-feira (14), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou, até o fim de junho, a aplicação de reajustes de três distribuidoras: Coelba (Bahia), Enel Ceará e Cosern (Rio Grande do Norte).

As novas tarifas dessas empresas deveriam começar a vigorar no dia 22 de abril, mas só devem incidir nas contas de luz a partir de 1º de julho. Na última semana, a Aneel já tinha adotado a mesma medida para os reajustes da CPLF Paulista, da Energisa Mato Grosso e da Energisa Mato Grosso do Sul. Nos três casos, a nova tarifa também foi empurrada para julho.

Segundo a agência, o adiamento foi pedido pelas próprias empresas e é uma medida de enfrentamento à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Ainda de acordo com a Aneel, a perda de receita das distribuidoras durante esse adiamento será levada em consideração no cálculo de reajustes futuros.

Piso salarial dos professores da rede pública sobe 12,84%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 17 jan 2020

Tags:, ,

Editar imagem

Fonte:A.Sertão

Foi reajustado em 12,84% para 2020, o piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24. É o maior aumento em reais desde 2009. O reajuste nacional do piso foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, em transmissão ao vivo pela internet, na noite desta quinta-feira (16).

O acréscimo está previsto na chamada Lei do Piso (Lei 11.738), de 2008. O texto estabeleceu que o piso salarial dos professores do magistério é atualizado, anualmente, no mês de janeiro. A regra está em vigor desde 2009, ano em que o valor de R$ 950,00 foi o ponto de partida para o reajuste anual

O Ministério da Educação (MEC) utiliza o crescimento do valor anual mínimo por aluno como base para o reajuste do piso dos professores. Dessa forma, é utilizada a variação observada nos dois exercícios imediatamente anteriores à data em que a atualização deve ocorrer.

O valor mínimo por aluno é estipulado com base em estimativas anuais das receitas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Para 2019, o valor chegou a R$ 3.440,29, contra R$ 3.048,73 em 2018.

Bolsonaro anuncia reajuste, e salário mínimo passará de R$ 1.039 para R$ 1.045 em fevereiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Trabalho | Data: 15 jan 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:EBC

Nesta terça-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro informou que o governo reajustará o valor do salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045. Segundo Bolsonaro, o valor valerá partir de 1º de fevereiro.

O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva na sede do Ministério da Economia, onde o presidente se reuniu com o ministro Paulo Guedes. Segundo Bolsonaro, o reajuste será feito via medida provisória, ato que tem força de lei imediatamente (leia detalhes mais abaixo).

O objetivo com a medida é evitar perdas inflacionárias. Isso porque, ao fixar o valor do salário mínimo em R$ 1.039, o governo se baseou na projeção do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor do ano passado. O INPC serve de base para o cálculo do salário mínimo.