Vitória da Conquista volta a ser destaque em rede nacional

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Vit. da Conquista | Data: 04 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Bons exemplos merecem ser aplaudidos e compartilhados. Mais uma vez o trabalho da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista é destaque nacional.

Na manhã desta segunda-feira (04), o Jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, mostrou a ação que está sendo realizada pela Prefeitura de Vitória da Conquista para organizar as filas que se formam em frente às agências bancárias da Caixa Econômica Federal.

Desta vez, o repórter Luan Ferreira, da TV Sudoeste, entrou ao vivo no telejornal, para mostrar as filas organizadas como exemplo de boa ideia contra a disseminação do novo coronavírus e que deve ser seguido por todo o Brasil.

No Bem-Estar, Dr. Aloísio Alan alerta para risco de transtornos em crianças que carregam pesos em mochilas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 16 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Nesta terça-feira (16), o programa da Rede Globo, Bem-Estar, exibiu uma matéria com o médico conquistense Aloísio Alan Fernandes. Na oportunidade, o ortopedista falou sobre o risco de transtornos em crianças que carregam pesos em mochilas.

Na matéria, produzida pela TV Sudoeste, é relembrado o caso das mochilas gigantes que foram entregues pela prefeitura de Jequié a crianças da Educação Infantil no município. O caso teve repercussão nacional, devido às piadas e memes criados por internautas.

De acordo o médico especialista, essas mochilas podem trazer problemas para a saúde das crianças, principalmente, se elas tiverem pesadas. “O esqueleto da criança é imaturo, ele ainda está em desenvolvimento. Então, se você colocar peso no esqueleto imaturo, isso pode trazer desvios e esses desvios podem perpetuar pela adolescência e idade adulta”, afirmou Dr. Aloísio Alan. Além disso, o médico orientou sobre como a mochila deve ser colocada na criança e o peso máximo que os pequenos devem carregar.

A matéria completa pode ser conferida aqui.

Domingos Montagner, de ‘Velho Chico’, morre aos 54 anos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 15 set 2016

Tags:, , , ,

G1

montagner0
O ator Domingos Montagner, o Santo da novela “Velho Chico”, da TV Globo, morreu nesta quinta-feira (15). Ele gravou cenas de “Velho Chico” na parte da manhã, em Alagoas. Após o término da gravação, ele almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio.

Durante o mergulho, não voltou à superfície. A atriz Camila Pitanga, que estava no local, avisou à produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Policia Militar, Corpo de Bombeiros e pescadores da região ajudaram nas buscas. Nesta semana, a novela também teve cenas gravadas em Piranhas (AL).

Paulistano, Montagner tinha 54 anos. Ele começou sua carreira artística trabalhando no teatro e em circos. Ele atuou em treze programas de TV, entre séries e novelas, além de nove filmes. Alguns papéis de destaque foram o Capitão Herculano Araújo de “Cordel Encatado” (2011) e o presidente Paulo Ventura de “O brado retumbante” (2012).

Ele também chamou atenção como o Zyah de “Salve Jorge” (2012) e João Miguel de “Sete Vidas (2015). O ator estava no ar como o Santo de “Velho Chico” (2016). Montagner conta, em seu site oficial, que iniciou sua carreira no teatro, através do curso de interpretação de Myriam Muniz, e no Circo Escola Picadeiro.

Em 1997, formou o Grupo La Mínima, com Fernando Sampaio. A Noite dos Palhaços Mudos, de 2008, lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator. Em 2003, criou o Circo Zanni, do qual foi diretor artístico. O primeiro papel na TV foi no seriado “Mothern” (2006), do GNT, canal da TV por assinatura. A estreia na Globo foi também em seriados: “Força Tarefa”, “A Cura” e “Divã”. A primeira novela, “Cordel Encantado”, foi em 2011. …Leia na íntegra

Pesquisa Ibope: números estão no patamar dos do Datafolha; só os do 2º turno de Aécio e Campos não batem. Quem errou ou não deu sorte?

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 jul 2014

Tags:, , ,

Por Reinaldo Azevedo

Reinaldo AzevedoHá tantas pesquisas eleitorais nos Estados Unidos que sites especializados costumam tirar uma média entre eles para orientar os leitores. No Brasil, o procedimento seria impossíveis, tantas são as discrepâncias. A TV Globo acaba de levar ao ar os números da mais recente pesquisa Ibope/Rede Globo. Há quatro dias, o Datafolha divulgou os seus números. Vamos ver.

O Ibope traz a avaliação do governo Lula: para 31%, ele é ótimo ou bom; para 33%, é ruim ou péssimo. Consideram-no regular 36%. São números praticamente coincidentes com os do Datafolha, a saber: ruim/péssimo (29%), ótimo/bom (32%) e regular (38%). São, sim, institutos diferentes. Considerando, no entanto, as respectivas margens de erro, os dois institutos acham a mesma coisa.

É o que também acontece no primeiro turno. Eis os números de agora do Ibope:
Dilma Rousseff (PT) – 38%
Aécio Neves (PSDB) – 22%
Eduardo Campos (PSB) – 8%
Pastor Everaldo (PSC) – 3%
Brancos e nulos – 16%
Não sabem – 9%
Outros candidatos – 3% …Leia na íntegra

Agência conquistense concorre a prêmio nacional de propaganda da Rede Globo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

FOTO-NOVAA agência ‘Gente Propaganda’, de Vitória da Conquista, foi indicada para o prêmio nacional Profissionais do Ano, promovido pela Rede Globo. A ‘Gente’ é finalista na categoria mercado no norte/nordeste, com a campanha criada para o Hospital Samur intitulada “DST”. A agência é a única agência do interior da Bahia na disputa.

“Acontecer isso com uma agência do interior é raro, é improvável, é difícil de acontecer, mas aconteceu. Agora vamos comemorar o aniversário de 5 anos da agência e a indicação”, diz Lucas Caires, sócio e diretor de criação da Gente.

Instituído pela Globo em 1978, o prêmio tem como objetivo distinguir os profissionais de criação e diretores de filmes publicitários. O grande número de peças inscritas todos os anos transformou a disputa pelo prêmio em  acontecimento acompanhado com grande interesse e vibração pelo mercado.