Deu no Correio: Vitória da Conquista é referência em organização de filas em agências da Caixa

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 03 Maio 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Reprodução do Correio (Conteúdo)

Estratégia bem sucedida garante distanciamento orientado pela OMS

Em meio à pandemia do novo coronavírus e às orientações das autoridades de saúde para que as pessoas evitem aglomerações, a cidade de Vitória da Conquista, no Centro-Sul baiano, tem sido referência para todo o Brasil.

Através de estratégia de marcações no chão e bloqueio no tráfego de veículos, a cidade tem conseguido organizar as filas nas portas das agências da Caixa Econômica e manter a distância entre as pessoas que buscam o auxílio emergencial de R$ 600 dado pelo governo federal durante a pandemia.

Após perceber a aglomeração de pessoas que buscavam atendimento na agência da Caixa, no centro da Cidade, a Secretaria de Mobilidade (Semob) resolveu definir uma estratégia para conter o problema. Os agentes bloquearam o acesso de veículos à rua Maximiliano Fernandes e à praça Barão do Rio Branco, para dar mais espaço aos pedestres, e pintaram setas no chão com distâncias de um metro e meio.

“Resolvemos que fecharíamos as vias em um local onde se concentram cinco grandes agências de bancos. Uma das alternativas foi fazer a marcação no asfalto com setas que indicam a direção para onde a fila tem que caminhar. Colocamos isso em prática na noite da última quarta-feira, levando em consideração que aquela é uma área de comércio e a aglomeração acabava sendo natural porque as pessoas se escoravam nas marquises das lojas e ficavam aglomeradas. Por isso a alternativa de jogá-los para as vias”, explica Jackson Yoshiura, secretário de Mobilidade Urbana da cidade.

De acordo com a Semob, cerca de três mil pessoas comparecem ao perímetro demarcado todos os dias em busca do auxílio emergencial ou outro tipo de benefício nas agências da região. E eles entenderam o recado. Através de fotos aéreas e registro de drones, é possível observar a organização da população.

“Na quarta-feira, quando começamos a fazer as pinturas, as primeiras pessoas foram chegando e já ocupando o final da fila, recebendo essa medida de forma muito positiva”, continua Jackson.

A estratégia de organização e distanciamento contribui também para reduzir a demanda de agentes públicos utilizada no trabalho. O secretário conta que no primeiro dia de implantação da ação, 20 agentes patrimoniais participaram da atividade. Neste sábado (2), quando as agências da Caixa abriram de forma excepcional, apenas cinco profissionais auxiliavam na organização das filas.

“Na quarta feira nós tivemos mais de 20 agentes envolvidos na pintura e interdição das vias, na quinta-feira, quando a fila foi formada, foram 15 agentes patrimoniais e 12 agentes de trânsito, tudo isso no primeiro dia, que teve um reforço. Agora a estimativa no mesmo local é de cinco agentes patrimoniais e quatro agentes de trânsito fazendo o controle de acesso às vias. Com o passar do tempo vai reduzindo a demanda pois o cumprimento das marcações no chão vai acontecendo de forma voluntária”, diz o gestor.

Neste sábado (2), o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) entraram com uma ação civil pública conjunta para que a Caixa, a União e o Estado da Bahia tomem providências para evitar aglomerações de pessoas nas filas e nas agências da instituição financeira. A medida visa atender as normas e orientações para resguardar a saúde dos cidadãos durante a pandemia da Covid-19.

Na ação, os órgãos pedem, em caráter de urgência, que a Justiça Federal determine a adoção de medidas, sob pena de multa de R$30mil por dia para todos os municípios atendidos pela Procuradoria da República na Bahia.

Expansão
O modelo de organização montado no centro de Vitória da Conquista deu tão certo que a cidade agora inicia o processo de expansão da medida. De acordo com a Semob, o próximo perímetro será demarcado no bairro Brasil, que concentra grande contingente populacional. Em seguida, outras áreas também vão ter a estratégia adotada.

“A gente fica satisfeito com o resultado, isso parte de uma ideia de cuidar. Muitos municípios já chegaram à decisão de fechar as agências da Caixa. Nós analisamos que são pessoas que estão buscando benefícios. Não poderíamos ficar de braços cruzados olhando aquela situação, nem intervir fechando as agências. Graças a Deus deu certo. Conseguimos garantir o distanciamento de um metro e meio e o cidadão consegue receber seu benefício e continuar com a sua luta diária”, diz Jackson Yoshiura.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Municipal de Saúde, nesta sexta-feira (1º), Vitória da Conquista já registrou 33 casos do novo coronavírus, com três óbitos decorrentes da doença.

Outros 105 casos do coronavírus foram notificados como suspeitos e aguardam investigação da Secretaria Municipal de Saúde. 

Deu no Bahia Notícias:’MP-BA reconhecerá que a gestão fez o melhor e mais correto’, diz prefeito

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 30 abr 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Por Lula Bonfim /Reprodução do Bahia Notícias

Conquista: 'MP-BA reconhecerá que a gestão fez o melhor e mais correto', diz prefeito

A prefeitura de Vitória da Conquista respondeu ao Bahia Notícias, após matéria publicada nesta quarta-feira (29) acerca do Ministério Público da Bahia (MP-BA) investigar os contratos da gestão municipal com as empresas que prestam o serviço público de transporte na cidade (veja aqui). Segundo a nota, os atos “foram realizados com total lisura, respeitando todos os parâmetros legais”.

A gestão conquistense alega que a Secretaria de Mobilidade Urbana tomou ações com o objetivo de atender aos interesses da população. “O município passava por uma séria crise no transporte coletivo, devido ao abandono de várias linhas sociais que eram operadas pela Viação Cidade Verde. Além disso, a outra empresa que atendia a cidade, a Viação Vitória, entrou com pedido de falência”, contou.

Conforme a nota, a contratação das duas empresas que hoje prestam serviço na cidade se deu por necessidade, já que Conquista ficou sem ônibus em circulação. “Sem transporte público na cidade, restou à prefeitura contratar temporariamente a Viação Novo Horizonte e a empresa Rosa, que atua ainda hoje no município”, justificou.

A nota da prefeitura ainda envolveu no imbróglio a gestão anterior, comandada pelo PT. “A Viação Cidade Verde opera por decisão liminar, que aguarda julgamento no Tribunal de Justiça da Bahia. O contrato dessa empresa, firmado em 2013 durante a gestão de Guilherme Menezes, é alvo da Justiça. O governo passado foi condenado pela Vara de Fazenda Pública de Vitória da Conquista porque o processo licitatório foi considerado ilegal”, disse.

Segundo o prefeito Herzem Gusmão (MDB), essas contratações estão sob controle da Justiça. “Ao concluir a investigação, o promotor irá reconhecer que a administração municipal fez o melhor e o mais correto para a cidade”, garantiu o gestor.

A prefeitura informa que toda a documentação está disponível no site da transparência para consulta pública.

Sesab já fala em possibilidade de toque de recolher em Itabuna e Ilhéus

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 30 abr 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

da Redação

Situação vem se agravando no eixo Itabuna-Ilhéus com avanço do coronavírus. Em reportagem da TV Bahia, o secretário Fábio Villas Boas (Sesab), disse que a secretaria vem há 15 dias emitindo sinais de preocupação com os números na região.

Na reportagem, ao destacar a evolução dos casos em Itabuna e Ilhéus, o secretário reconhece que se a estrutura preparada na região, para o combate a Covid-19, não for suficiente, nos próximos 15 dias, pacientes destas duas cidades podem ser transferidos para Salvador e Vitória da Conquista.

Coronavírus e exercícios ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 28 abr 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Reprodução do Jorna O Estado de Minas

Estudo aerodinâmico com simulações computacionais, sobre o movimento de gotículas durante atividades físicas ao ar livre, ganhou grande repercussão na internet, neste contexto de tantas incertezas sobre o coronavírus. Embora não tenha conclusões epidemiológicas, virais ou médicas, a pesquisa divulgada na última semana mexeu com os ânimos de muitos. As imagens, da Universidade de Tecnologia de Eindhoven (Holanda) e da Universidade Católica de Leuven (Bélgica) sugerem distância segura de até 20 metros entre um atleta e outro. (Veja o vídeo abaixo)


Carga viral

Para a professora Viviane Alves, do departamento de microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), neste estudo falta o principal: o vírus. “As microgotículas, claro, existem, mas a gente não sabe se elas têm capacidade de carregar vírus suficiente para transmitir a doença”, detalha Viviane chama atenção para a questão da carga viral, a quantidade mínima de vírus com a qual é preciso entrar em contato para que haja a infecção. “A gente não sabe ainda nem a carga viral em uma gotícula de saliva maior, de um milímetro. Então este estudo traz uma sugestão baseada em suposições, por enquanto. É uma hipótese, pode acontecer? Pode, mas por enquanto, não temos evidência que aconteça.

“A real dimensão ou implicação da capacidade infectante a partir de atividades físicas que envolvem o movimento é uma inferência, a partir de um estudo aerodinâmico que simula o que pode acontecer com eventual propagação e efetivação da infecção entre pessoas que compartilham alguma proximidade em atividade física ao ar livre”, diz o professor Mateus Westin, da área de infectologia da Faculdade de Medicina da UFMG. Ele lembra que o risco sempre haverá sempre que as pessoas optarem por se exercitarem junto com alguém.

Por isso, a recomendação da microbiologista reforça o que já preconiza a Organização Mundial da Saúde: “Se você quiser fazer exercício, que seja sozinho, de preferência dentro de casa, mas se for caminhar, que seja sozinho. O que é praticamente impossível, então prefira ficar em casa, arrume métodos alternativos de se exercitar, pelo menos por enquanto”, aconselha Vivian

Com estratégia de rodízio, Conquista vai reabrir comércio

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 06 abr 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Correio (Reprodução/Conteúdo)

Praça Tancredo Neves, em Vitória da Conquista (Nanda Feminella/Divulgação

Município possui cinco casos da covid-19, segundo secretaria local

Nos últimos cinco dias, a cidade de Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, registrou todos os seus casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Segundo o último balanço divulgado pela Sesab, neste domingo (5), são quatro ocorrências. Segundo a prefeitura do município, já são cinco.

Conquista havia ficado até o dia 1º de abril sem casos registrados. As confirmações vieram justamente num momento em que o município se planejava para retomar, de maneira parcial, as atividades no comércio. O planejamento não foi mudado: neste domingo, o prefeito Herzem Gusmão publicou um decreto liberando o funcionamento, em horários reduzidos e intercalados, de lojas de varejo.

Segundo o decreto, as lojas foram separadas em dois grupos, de acordo com o segmento. Um bloco vai funcionar às segundas e quartas das 8h às 13h, enquanto o outro abrirá nos mesmos dias das 13h às 18h. Às terças e quintas, os grupos trocam de horário. Às sextas-feiras, sábados e domingos o funcionamento será proibido.

“A gente vinha se preparando também em relação ao comércio. Nós criamos esse sistema de blocos para diminuir a circulação de pessoas. E estamos exigindo também o uso de máscaras e de produtos de higiene de todos no comércio, dos empresários às pessoas do atendimento”, disse o prefeito Herzem Gusmão ao CORREIO.

Esta decisão do decreto é válida inicialmente por apenas sete dias. “Nós vamos fiscalizar e observar o comportamento da população. Vamos lançar equipes às ruas para verificarem se estão obedecendo ao decreto. Esperamos lograr êxito nessa primeira experiência. Se for preciso recuar, a gente faz, sempre com muita prudência”, completou o prefeito.

Ainda de acordo com o decreto, outras atividades seguem suspensas. As aulas na rede municipal de ensino e nas instituições privadas – inclusive de nível superior – foram suspensas por mais 30 dias. Shoppings e galerias seguem fechados por mais sete dias. O setor industrial, no entanto, está liberado para funcionar.

O prefeito disse que os casos confirmados nos últimos dias não pegaram o município de surpresa: “Já era esperado, porque nós estamos tendo uma lentidão na resposta da Sesab aos exames que estamos encaminhando. Cheguei até a cobrar o Governo do Estado em relação a isso. Sabemos que existem ainda casos represados pelos exames, e a qualquer momento vamos ter um aumento aqui. Estamos dentro da realidade”.

Herzem Gusmão lembrou que o município foi um dos primeiros da Bahia a decretar a suspensão de aulas públicas e particulares, entre outras atividades como teatros, cinemas e academias. Eventos do município, como o São João, também foram cancelados. As primeiras decisões neste sentido foram tomadas ainda em 16 de março.

O prefeito alegou que o comércio varejista não é o único setor que teve seu funcionamento flexibilizado: “Nós já tínhamos liberado toda a cadeia produtiva da construção civil, desde fábricas de cimento até lojas de materiais de construção. E também flexibilizamos o setor de autopeças, oficinas e borracharias, inclusive a pedido do Governo Federal. Conquista é uma cidade por onde passam muitos caminhões carregando suprimentos”.

Herzem Gusmão diz não ter cedido à pressão de dirigentes lojistas, como parte da oposição a ele no município apontou:

“Não tenho sido pressionado, te digo com toda a sinceridade. Como disse, já tinha flexibilizado o serviço de outros setores importantes. Estamos flexibilizando e monitorando. Não vamos liberar, claro, o funcionamento de escolas, universidades, teatros e academias. Isso seguirá fechado”, garante.

Segundo ele, Vitória da Conquista tem tomado providências para liberar o comércio de maneira segura: “Nessa semana começa a funcionar um núcleo de triagem da covid-19. Vai facilitar muito a detecção da doença. Isso será combinado ao monitoramento que já fazemos nos bairros da cidade, desde os primeiros sintomas como coriza, que pode ser até de gripe comum”.

Conheça os direitos na hora de renegociar o consignado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 set 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana

da Redação
Fonte: Agora SP / Cristiane Gercina (Conteúdo)

Os aposentado ou pensionistas do INSS que estão endividados e recebem uma proposta para renegociar o crédito consignado devem ter muito cuidado.

Agora mostra quais são os direitos de quem busca a renegociação do débito para conseguir pagar as contas.

O consignado do INSS é, hoje, o crédito mais barato do país. Isso ocorre porque há regras específicas para essa modalidade de empréstimo.

Entre elas, o fato de que o desconto das parcelas é feito diretamente do benefício.

Atualmente, o segurado pode comprometer até 30% da renda com o consignado comum e mais 5% com o cartão de crédito consignado.

do site creditooudebito.com.br

Empréstimo consignado: como renegociar sua dívida?

Um empréstimo consignado pode tomar um bom dinheiro das suas finanças. Negociar sua dívida do consignado é uma forma de manter o orçamento sob controle e, de quebra, ainda conseguir descontos no consignado. Qualquer empréstimo consignado pode ser negociado, desde que as dicas abaixo sejam seguidas à risca na renegociação.

Renegociação de consignado: defina quanto você pode pagar

O banco vai te falar um valor a ser pago para quitar seu empréstimo. Mas você tem que estar com um valor na ponta da língua, mais baixo. Para isso, será necessário adotar uma estratégia de orçamento e pagamento de dívidas, como a estratégia bola de neve. Dentro da estratégia, você terá um valor máximo que pode pagar por parcelas.

O quanto você pode pagar é o valor que você tem disponível após pagar contas básicas para sua sobrevivência, tais como contas de moradia e alimentação. Se os valores das parcelas continuam altos, outras estratégias devem ser combinadas na negociação.

Pagar parcelas menores, mas pagar mais parcelas …Leia na íntegra

Paulo César, em Brasília, comenta condenação do motorista que causou tragédia na família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 29 ago 2018

Tags:, , ,

Banner marcelo santana

da Redação

O secretário Paulo Cesar de Andrade Oliveira (Serviços Públicos), está em Brasília onde acompanhou o julgamento do motorista, Rafael Sadite, que embriagado, causou acidente em 2014, que matou  a sua nora Alessandra e a sua neta.

A TV Record, no programa Balanço Geral, fez reportagem com duração de mais de 12 minutos com entrevista do conquistense Paulo César. Veja:

Prefeitura promete mesmo empenho para execução dos novos trechos da J. Pedral

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Por Fábio Sena / Siga.News

 

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista entrega no próximo sábado (14) uma das mais importantes obras viárias do município, a primeira etapa da Avenida J. Pedral. Marco na mobilidade urbana, a obra foi executada pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurc), com o apoio de diversas secretarias municipais.

A primeira etapa tem 2,2 quilômetros de comprimento, conta com ciclovia e calçadas em toda a sua extensão e vai ligar a Avenida Olívia Flores à Avenida Gilenilda Alves, no trecho do Bairro Vila América. A J. Pedral vai desafogar o trânsito do centro da cidade e das avenidas Luis Eduardo Magalhães e Olívia Flores. …Leia na íntegra

Brasil FM: Fatos e Feitos sob nova direção, com Marcos Ferreira e Rossane Nascimento

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 01 jul 2018

Tags:, ,

da Redação

Por Fábio Sena (Siga.News)

O programa Fatos e Feitos, levado ao ar todos os sábados pela Brasil FM, ganha uma nova roupagem e novos âncoras a partir de hoje. Por força da legislação eleitoral, o apresentador do programa Esmeraldino Correia se afastou para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Assumem o horário o publicitário e radialista Marcos Ferreira e a jornalista e publicitária Rossane Nascimento.

Amigos de longa data, os dois já haviam trabalhado juntos muitos anos atrás na TV Sudoeste, ele como chefe do escritório local e ela como apresentadora dos telejornais. Agora, ambos dividirão a mesma bancada e pretendem tratar de todos os temas do cotidiano, da saúde à política, do esporte à cultura. “E será, sobretudo, um programa aberto à fala do ouvinte”, afirma Marcos Ferreira, para quem voltar ao rádio foi um “presente”.

Chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, Marcos Ferreira afirma que a distância dos microfones já o estava incomodando e que pretende constituir um ambiente de debate oferecendo o espaço à discussão da cidade, “sempre de forma coletiva, com todas as vozes podendo opinar e sempre de forma a afirmar o desenvolvimento de nossa cidade e região”, afirmou.

Para falar a verdade, o São João de Conquista não diminuiu com Herzem. Até aumentou

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 jun 2018

Tags:, ,


Por Giorlando Lima (Blog)

Uma coisa são apresentações musicais de famosos em uma praça ou espaço de eventos e outra coisa é a tradição do São João, com fogueiras, comidas, interação familiar e social e espaços comunitários onde isso tudo acontece. E era assim em Vitória da Conquista quando cheguei aqui, em 1984. A festa junina acontecia em barracões nos bairros, como os famosos barracões da Avenida Guanambi, do Guarany, da Rua Dois de Janeiro ou da Praça da Saudade. Conquistenses e visitantes tinham nesses locais a opção de curtir uma festa bem próxima daquela que víamos em pequenas cidades e nas roças. Eram lotados. Provavelmente, tivessem aqui e ali um problema de estrutura ou de segurança, mas eram um sucesso.

Quando o prefeito Guilherme Menezes entrou, esse formato perdeu lugar para uma festa no antigo depósito do Superlar na Avenida Bartolomeu de Gusmão. E o São João de Conquista agonizou. Felizmente, a intenção do governo petista era criar algo novo, que lhe fosse atribuído como marca (ninguém consegue criar boas marcas como o PT). E anos depois, Vitória da Conquista já tinha outro São João famoso, agora nos moldes das cidades onde a festa fez fama, com artistas de fora, famosos. A diferença é que para Conquista a prefeitura trazia artistas mais próximos das tradições do forró, das velhas e boas festas juninas com a qualidade consolidada por Luiz Gonzaga (que quando esteve em Vitória da Conquista cantou em palanque). Preferia-se a qualidade à celebridade.

E isso durou muito tempo, com repercussão em todo o estado, confirmando Vitória da Conquista como a cidade da Bahia onde a boa música se apresentava três vezes ao ano, de graça, em espaços públicos. Aqui se fazia o Festival de Juventude, que trazia um nome nacional para cantar ou tocar; o Forró de Serra do Piripiri, em junho, e o Natal da Cidade, com uma longa semana de belos espetáculos no centro da cidade, principalmente e muito tempo na Praça Barão do Rio Branco.

Joel Pinheiro

Joel Pinheiro, homenageado em 2016

27609712710_96013e4faa_k

Andrade de Sertânia tocou também em 2016

Mas, o tempo passa, as administrações enfrentam dificuldades, os recursos financeiros escasseiam, os patrocinadores somem e até o pique diminui. Em 2015, o São João teve a maior grade de atrações, com 80 artistas, sendo sete convidados, nomes com repercussão estadual ou nacional, mas o Natal da Cidade dava os primeiros sinais da crise e teve redução na duração e nas atrações de fora. Em 2016, já não aconteceu o Festival da Juventude, o São João teve apenas 30 atrações locais se apresentando no Espaço Cultural Glauber Rocha e o Natal da Cidade acabou não acontecendo, segundo a prefeitura, por falta de dinheiro. O prefeito Guilherme Menezes abriu mão de encerrar o seu governo com glamour para agir com a responsabilidade de um bom gestor.

Bia, Tivão e Gó, membros do grupo Forrozão da Arapuca

Forrozão da Arapuca, atração do São João 2018

Rony Barbosa

Rony Barbosa toca nesta quinta (21)

Ou seja, embora a administração do prefeito Herzem Gusmão tenha mudando os nomes dos projetos culturais, numa espécie de birra, ou buscando, como fez o PT, implantar novas marcas com a cara do novo governo – o Forró Pé de Serra do Piripiri virou Arraiá da Conquista e o Natal da Cidade mudou para Natal Conquista de Luz –, nenhum evento cultural promovido pela prefeitura ficou menor ou acabou por ação do governo atual, à exceção do Festival da Juventude que, suspenso em 2016, não foi retomado em 2017 e 2018. Tanto o São João como o Natal foram mantidos com excelentes artistas que vivem ou atuam em Conquista e região. E ambos aumentaram, tanto a quantidade de locais aonde os eventos chegam, como o número de artistas locais e regionais valorizados.

É difícil, nos dias atuais, falar disso sem receber uma saraivada de críticas e agressões. Por estas bandas conquistenses ou se fala mal de Herzem Gusmão e do seu governo ou se fala mal do PT e da administração anterior. Falar do que realmente é fato é correr o risco de ser expulso de grupos de WhatsApp, não poder mais beber com os velhos amigos e receber a pecha coxinha corrupto ou petralha idem.

Mas, o BLOG mantém a opção por continuar procurando o máximo de isenção.

E neste e alguns outros casos, que podem ser apresentados e comprovados, há excesso de má vontade ou pura ação político-eleitoral com o fim de aproveitar eventuais erros de gestão e falhas de comunicação para sapecar outras culpas no prefeito, de modo a aumentar ainda mais o desgaste da administração.

Deu no Bahia Notícias: Após críticas de Neto ao PMDB, Herzem desiste de apoiar Zé Ronaldo: ‘Ele foi inoportuno

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 11 abr 2018

Tags:, , , ,

Reprodução do Bahia Notícias
Por Bruno Luiz

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), está na bronca com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Ele estava até disposto a apoiar a candidatura de Zé Ronaldo (DEM) ao governo do Estado. No entanto, mudou de ideia quando viu o democrata dizer em entrevistas à imprensa que, se depender dele, o PMDB não coliga com Ronaldo (leia aqui). Ao Bahia Notícias, Herzem fez duras críticas a Neto por essa postura. “Estive em Salvador na filiação do Arthur Maia. Lá, declarei apoio a Neto e Neto desistiu. No dia seguinte, Zé Ronaldo me liga e sinalizei o nosso apoio a Zé Ronaldo. Falei pessoalmente com ele. Garanti a ele. Depois da última declaração de Neto, que, de forma deliberada e desnecessária, anuncia que não quer o PMDB, nós temos uma reunião na sexta-feira, em Conquista, com o diretório do partido. Nela, vou colocar que a minha opinião, a tendência nossa, se depender de mim, é acompanhar João Santana. É seguir o candidato do PMDB, que é uma figura, uma liderança histórica e qualificada do partido.

Exatamente por essa declaração de Neto”, declarou o prefeito da terceira maior cidade baiana. E as críticas de Herzem não pararam por aí. Incomodado com a posição “inoportuna” de Neto, ele também disse que a decisão do prefeito de não concorrer ao governo do Estado provocou um “prejuízo histórico para as oposições” e que, enquanto maior liderança do campo oposicionista na Bahia, o democrata tem errado na forma de conduzir as coisas. “Ele errou duas vezes. Erra quando não saiu candidato e erra quando não faz o discurso da unidade. Esse é o momento de se preocupar com a unidade, não esparramar. Se ele sabia que não seria candidato, deveria ter anunciado no ano passado, ou no início deste ano.

Não entendi a desistência e a postura dele de sair atirando contra um aliado”, criticou. Herzem seguiu reclamando do tratamento dispensado ao PMDB pelo prefeito da capital baiana e disse que apoiar a candidatura de João Santana é uma forma também de evitar o “constrangimento” de ser impedido pela executiva nacional do partido de apoiar Zé Ronaldo, após as declarações de Neto. “Confesso da minha preocupação da forma como o prefeito Neto tem tratado o PMDB. Ele não teve cuidado com o partido. Quando ele levou Bruno [Reis] para o PMDB, ele disse que precisava colocar alguém de sua confiança lá. Agora, ele disse que não quer a gente”, afirmou.

Ainda segundo ele, com as três pré-candidaturas da oposição ao Palácio de Ondina – PSDB, DEM e PMDB -, pode-se chegar a um segundo turno nas eleições. No entanto, para ele, o prefeito de Salvador precisa mudar sua postura em relação às outras siglas. “Com três candidatos, podemos provocar o segundo turno. Acontecendo um segundo turno, que o prefeito de Salvador não venha dispensar apoio de partidos políticos”, recomendou.

Além de Neto, o pré-candidato tucano ao governo, João Gualberto, também foi alvo da metralhadora de Herzem por também ter dito que não coligaria com os peemedebistas. “Ele tem sido muito inábil. Um homem que se propõe a ser candidato ao governo do Estado, o discurso não o qualifica. Precisamos de alguém que pregue a unidade”, avaliou.

Deu no Bocão News: Ala do MDB rejeita nome de João Santana e declara apoio a ACM Neto

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 06 abr 2018

Tags:, , , ,

da Redação

Reprodução do Bocão New

Deu na Tribuna da Bahia: Herzem Gusmão lança Nilo Coelho para vice de Neto

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 22 fev 2018

Tags:, , ,



Reprodução da Tribuna da Bahia

Por Henrique Brinco e Raul Monteiro

 

Foto: Divulgação


O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, lançou o ex-governador Nilo Coelho como possível nome para compor a chapa majoritária ao Governo da Bahia nas eleições 2018. Sendo assim, Nilo poderia ser o vice do prefeito de Salvador, ACM Neto –  que deve enfrentar o atual governador Rui Costa (PT) no pleito –  e fortaleceria a influência política de Vitória da Conquista no cenário estadual. Em entrevista à Tribuna, Gusmão falou da importância do nome de Nilo – que atualmente está filiado ao PSDB, mas que poderia se filiar ao MDB. “No ano passado, cheguei em Salvador e tinha aquela discussão de dois nomes. Lembro que o MDB não estava aceitando dois grandes nomes: José Ronaldo e o ex-ministro Imbassahy. Dizia que eu estava levando três nomes: Nilo Coelho, Arthur Maia e Arthur solicitou que eu também incluísse o nome de Benito. Então, chegamos com cinco grandes nomes e eu entendo que um partido como o MDB não poderia ficar no papel de coadjuvante”, disse.

“Eu sou gestor de Conquista e considero que a cidade está um pouco isolada da influência política”, disse o gestor, que teceu críticas ao grupo petista. “Resumindo: eu resolvi apresentar o nome do ex-governador Nilo Coelho, não somente para ele ser vice. O nosso candidato é ACM Neto. Aqui em Conquista ele ganha as eleições. Coloquei o nome do governador Nilo para compor a chapa majoritária. Não direcionei Nilo para vice de ACM Neto, e sim para a chapa majoritária.”. …Leia na íntegra

Deu no Bocão News: Ex-governador Nilo Coelho é cotado para integrar chapa de Neto, diz Herzem Gusmão

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 19 fev 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Bocão News (Reprodução)

[Ex-governador Nilo Coelho é cotado para integrar chapa de Neto, diz Herzem Gusmão]

Redação:Bocão News

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), defende que a possível chapa do prefeito ACM Neto (DEM) na eleição para governador do estado tenha um representante da região sudoeste da Bahia.

Em entrevista ao blog Resenha Geral, o emedebista afirmou que já há conversas a respeito da ida do ex-governador Nilo Coelho (PSDB) para a majoritária do democrata. “Conversas foram iniciadas. Nilo não disse que sim, mas também não disse que não aceita”, afirmou.

“Tenho o dever como prefeito da terceira maior cidade do Estado de tomar uma posição capaz de fortalecer politicamente o interior da Bahia. Nilo Coelho é o nome capaz de robustecer a ideia política e atrair as atenções do governo para regiões esquecidas pelo PT”, alfinetou.

Para o prefeito de Conquista, Nilo Coelho pode vir a disputar o Senado ou até a vice-governadoria.

Deu no Bahia Notícias: Prefeito de Conquista quer Nilo Coelho em provável chapa com Neto: ‘fortalecer interior’

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 19 fev 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: BN (Reprodução)

Foto: Reprodução / Blog da Resenha Geral

Para o prefeito de Vitória da Conquista, no sudoeste, Herzem Gusmão (PMDB), Nilo Coelho (PSDB), ex-governador do estado, deve ser candidato a senador ou a vice-governador nas eleições deste ano. Ao Blog da Resenha Geral, que é ligado a Gusmão, o prefeito disse que o nome do ex-governador em uma eventual chapa com ACM Neto fortaleceria o interior, principalmente a região sudoeste em representatividade.

“Tenho o dever como prefeito da terceira maior cidade do Estado de tomar uma posição capaz de fortalecer politicamente o interior da Bahia. Nilo Coelho é o nome capaz de robustecer a ideia política e atrair as atenções do Governo para regiões esquecidas pelo PT”, disse. Até o momento, Nilo Coelho não se pronunciou sobre a possiblidade de candidatura. “Conversas foram iniciadas. Nilo não disse que sim, mas também não disse que não aceita”, afirmou Gusmão.

“Está abolida a hora extra na Prefeitura”, diz Herzem ao abrir trabalhos da Câmara

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 03 fev 2018

Tags:, , ,

Por Fábio Sena (Diário Conquistense)

Prefeito Herzem Gusmão abre os trabalhos legislativos de 2018

O auditório da Câmara de Vereadores estava lotado na manhã desta sexta-feira (2) para a sessão de abertura dos trabalhos legislativos deste ano, com a leitura da Mensagem do Executivo. Como de costume, o prefeito Herzem Gusmão preferiu falar de improviso a uma plateia formada por apoiadores do governo, mas sobretudo por servidores insatisfeitos com o não-pagamento do terço de férias e de horas extras trabalhadas. Articulados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais/Sinserv, os servidores pronunciavam palavras de ordem e, em algumas oportunidades, interromperam o discurso do prefeito. Apesar dos gritos e das manifestações ruidosas, o prefeito conduziu até o fim seu discurso, avaliando o ano de 2017 e fazendo uma leitura do cenário econômico-financeiro das prefeituras brasileiras para demonstrar que Vitória da Conquista está com saúde financeira e investindo em infraestrutura.

Herzem Gusmão realçou novamente o papel da Câmara na aprovação de projetos que permitiram ao governo avançar em uma série de políticas. Ele citou a aprovação da subvenção para a Emurc como essencial à pavimentação de várias avenidas. “Vamos pavimentar bairros e atender ainda melhor às escolas. Já está garantida a pavimentação no Morada Real, no Henriqueta Prates e no Miro Cairo”, assegurou o prefeito, acrescentando que o governo está chegando na zona rural e nos bairros bairros mais afastados, “que antes não recebiam a atenção devida”. Ainda sobre a revitalização da Emurc, para o prefeito uma das principais conquistas de 2017, ele voltou a criticar a gestão anterior, do ex-prefeito Guilherme Menezes, de quem teria herdado uma empresa em situação ruim. “Encontramos a Emurc paralisada, desacreditada, com 28 parcelamentos que não haviam sido honrados pela gestão anterior. Agora ela está viva e bela, e inclusive deve começar a vender asfalto até para outros municípios da região”.

Horas extras e terço de férias 

Sobre a queixa reinante no plenário por parte dos servidores, o prefeito afirmou que, mesmo com a grave crise financeira que assola o país, o pagamento do funcionalismo público tem sido tratado como prioridade: “Ainda este mês começaremos a pagar o terço de férias dos servidores municipais. E pagaremos também as parcelas de férias dos servidores contratados, que a antiga gestão optava por pagar apenas na rescisão – ou seja, pagava em atraso”, esclareceu.

O prefeito afirmou que poderia pagar apenas o terço de férias relativo a 2017. “Mas nós vamos pagar também quase R$ 500 mil de terço de férias do governo passado, que não pagou. E o pior: não subvencionou. Eu solicito desta casa que forme uma comissão para analisar os dados que acabo de demonstrar”, disse o prefeito. Ele afirmou ainda que vai assegurar o pagamento de horas extras apenas à Secretaria de Saúde, até março, e está estudando a possibilidade de permitir hora extra na Secretaria de Desenvolvimento Social.

“A professora Ceres Almeida fez uma solicitação que precisa pagar horas extras até março na Saúde. Mas que a partir de abril não viria mais uma folha de horas extras. O pagamento será feito pela fonte 14, não pela fonte 00, para que o município tenha dinheiro para investir em iluminação, limpeza pública, limpeza de aguadas. Michel Farias, secretário interino, fez o mesmo pleito, para que a fonte fosse 29, e estamos buscando atender a Secretaria de Desenvolvimento Social. O governador Rui Costa não paga hora extra. O governo federal não paga hora extra. O Banco do Brasil, a Previdência, a Caixa, as grandes potências do Brasil não pagam. E, portanto, já decretamos: abolimos a hora extra no nosso governo”.

Saúde

Para Herzem Gusmão, um dos principais desafios de 2018 é melhorar a cobertura da atenção básica em Vitória da Conquista. “É importante registrar que, quando começamos a gestão, recebemos uma cobertura de 36% na atenção básica. Feira de Santana, por exemplo, já tem há tempos uma cobertura de 74%. Precisamos melhorar a nossa atenção básica e vamos batalhar muito para isso”.

Futuro

Outra inovação destacada pelo prefeito para 2018 é a Gestão Eletrônica de Processos (GEP), que tem sido implantada pelo Núcleo de Tecnologia da Informação da Prefeitura. O GEP fará com que, em breve, toda a movimentação de processos pela Prefeitura seja eletrônica, abolindo o papel como forma de comunicação entre setores. “Gera celeridade e uma enorme economia. Economia de papel, de tempo, de trabalho. Há setores em que o servidor precisa se deslocar apenas para entregar um papel. Agora, com o GEP, isso será feito a um clique de computador”.

Para o prefeito, é preciso começar a pensar já agora como Conquista será em seus 200 anos. “Completamos 177 anos, mas já temos que pensar nos 200. É por isso que estamos implantando o GEP e elaborando o Plano Municipal de Saneamento, o Plano Municipal de Mobilidade Urbana”. À frente do Plano Municipal de Saneamento está Fernando Marcatto, professor doutor de Direito na FGV e consultor da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Atualmente, a Fipe é responsável por uma consultoria que, dentre outros temas, avalia se os procedimentos adotados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) no município seguem as diretrizes impostas pela lei.

Deu no BN: Vitória da Conquista: prefeitura responde críticas a Herzem por fala sobre surdos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 27 set 2017

Tags:, , ,

da Redação
Reprodução do Bahia Notícias

A prefeitura de Vitória da Conquista divulgou uma nota nesta terça-feira (26) respondendo às críticas da Associação de Surdos contra o prefeito Herzem Gusmão.

No texto, o município assegurou que vem empreendendo esforços no sentido de promover a inclusão de deficientes auditivos e que “tem dado total atenção à questão”. “Prova disso que em março e em abril do corrente ano se reuniu com o representante da Associação de Surdos para tratar de benefícios aos portadores de deficiência auditiva. Mais: no início deste ano a prefeitura reativou a Central de Interpretação de Libras atendendo a uma solicitação da referida Associação de Surdos de Vitória da Conquista”, aponta o texto.

Nesta segunda (25), a Associação de Surdos de Vitória da Conquista protocolou uma ação contra Herzem. Segundo o presidente da entidade, Magno Gama, o prefeito teria “humilhado” a comunidade de deficientes auditivos ao declarar que os surdos não teriam condição de apreender a escrever em língua portuguesa (veja mais).

“A citada “humilhação” denunciada pelo senhor Magno Gama trata-se, ao nosso ver, de calúnia difamatória que deve ser provada pelo acusador”, respondeu a prefeitura, ao citar projetos voltados para surdos na cidade, especialmente na área de educação. O texto pontua que Herzem ainda não recebeu qualquer notificação do Ministério Público.

Dez dias na terra da Bomba H

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 24 set 2017

Tags:,

da Redação
Reprodução do Correio Braziliense

Tomava banho quando senti uma tonturaepercebi que o prédio tremeu. Ao descer para o lobby do hotel, um dos três agentes norte-coreanos que me seguiam 24 horas por dia me informou sobre a obrigatoriedade de assistir a um comunicado oficial na TV estatal, mais tarde, ao lado dos funcionários do estabelecimento. Era a declaração do ditador Kim Jung-un sobreaexplosão da bomba H. Nos nove dias seguintes, testemunhei a empolgação do país com o feito bélico.

Vi celebrações em diversas partes de Pyongyang, onde visitei as mais recentes construções, em uma clara tentativa do regime de mostrar a imagem de uma nação moderna. Não há espaço para imperfeição na capital,transformada em uma espécie de Disneylândia socialista para os poucos estrangeiros que se aventuram a visitar o país. Além de proibirem imagens, tomaram a minha câmera mais de uma vez. Apagaram e obrigaram-me a apagar fotos que consideravam negativas. Poderia ser preso e condenado a trabalho forçado caso reagisse ou descumprisse qualquer regra. Mas consegui deixar a nação mais fechada do mundo com mais de 500 fotografias e 20 vídeos. Material que o Correio começa a publicar hoje, na edição impressa e em seu site.

Reporter do Correio entra na Correia do Norte, país mais fechado do mundo

Correio visitou a Coreia do Norte, comandada por uma dinastia comunista totalitária que, hoje, com sua bomba atômica, provoca apreensão em todo o planeta. O repórter Renato Alves estava no país mais fechado do mundo em 3 de setembro, data do sexto e, até então, mais potente teste nuclear feito pelo regime de Kim Jong-un. Ele sentiu a terra tremer e foi apresentado à equipe envolvida no desenvolvimento da temida arma.

Diferentemente da maioria dos poucos estrangeiros que conseguem entrar na nação asiática, o repórter não se infiltrou em uma das excursões organizadas por empresas parceiras, com pacotes vendidos na vizinha China. Ele obteve um visto especial de jornalista e, por isso, sofreu uma vigilância muito mais intensa que a reservada aos turistas.

Mesmo assim, Alves conseguiu deixar a parte norte da Península Coreana com um material farto e inédito no mundo ocidental. São mais de 500 fotografias e dezenas de curtos vídeos, inclusive de cenários e cenas proibidos pelo governo do país que cultua seu líder como um deus. O resultado dessa viagem você confere neste especial, que será publicado ao longo de oito dias, entre 24 de setembro e 1º de outubro de 2017.

Pyongyang é uma festa // Enquanto o resto do mundo teme uma guerra nuclear, a Coreia do Norte festeja. A capital, Pyongyang, tem shows diários desde 3 de setembro, quando ocorreu o bem-sucedido teste atômico destinado aos mísseis balísticos intercontinentais. Militares, estudantes, mulheres, jovens e crianças cantam e dançam ao som de músicas com temas que exaltam o poder de sua bomba. Continue lendo

 

A vitrine norte-coreana // Carros novos, edifícios altos, centros de estudos com milhares de computadores, um exclusivo clube de hípica, lojas com produtos encontrados em um típico país capitalista. Kim Jong-un transformou Pyongyang em vitrine do regime. Ali, ao menos oficialmente, todos têm acesso a serviços básicos da melhor qualidade e completas instalações para saúde, educação e entretenimento. Continue lendo

 

Governo divulga procedimentos para saques de cotas do PIS/Pasep

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 20 set 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Veja/CDL (Conteúdo)

Pagamento será feito em até cinco dias úteis para quem não receber o crédito automaticamente nas contas; os recursos serão liberados a partir de outubro

O Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep publicou no Diário Oficial da União(DOU) procedimentos para liberar o saque das cotas dos dois programas para homens com idade a partir de 65 anos e mulheres a partir de 62 anos. A idade mínima para o saque desses recursos, antes de 70 anos, foi reduzida pela Medida Provisória 797/2017, editada em agosto. A expectativa é de que sejam disponibilizados 16 bilhões de reais com a mudança da regra.

Fonte: Veja

Deu no Bahia Notícias: PMDB baiano tenta arrefecer crise; Herzem defende entrada de Imbassahy e Maia na sigla

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política, Vit. da Conquista | Data: 13 set 2017

Tags:, , ,

da Redação

Fonte: Bahia Notícias (Conteúdo)
Foto: Arquivo do BRG

O PMDB baiano está tentando amenizar a crise que se abateu sobre o partido nos últimos dias, após a nova prisão de Geddel Vieira Lima e também do correligionário Gustavo Ferraz, na última sexta-feira (8). Nesta terça (12), figuras do partido se reuniram em Salvador para discutir a situação na sigla.

O presidente estadual da agremiação, Pedro Tavares, que assumiu o posto após o afastamento de Geddel, deve convocar para próxima semana uma reunião da executiva estadual peemedebista. Na reunião desta terça, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, defendeu a entrada de figuras como o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, o deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS) na sigla e o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), na sigla.

De acordo com ele, os ingressos podem ajudar a fortalecer o partido. “Além do ministro Imbassahy e do prefeito de Feira, que já vêm sendo falados, chegou até mim também o interesse do ex-governador Nilo Coelho, de Arthur Maia e também do deputado Benito Gama “, afirmou Herzem, em entrevista ao Bahia Notícias.

O prefeito também defendeu a liderança do deputado federal Lúcio Vieira Lima, que atualmente preside o diretório do PMDB em Salvador. Internamente, figuras da sigla têm defendido o afastamento dele do posto, como forma de retirar o comando da agremiação das mãos dos Vieira Lima. “A presença de Lúcio é fundamental”, declarou.