Servidores da Justiça Eleitoral paralisam atividades nesta terça (18) em toda Bahia

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Economia, Justiça, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 18 ago 2015

Tags:, ,

banner_shop_05

Da Redação

A mobilização é pela derrubada do veto do Projeto que trata da recomposição salarial dos servidores do Judiciário Federal, sem reajuste desde 2006.

Fórum-Eleitoral-Vitoria-da-ConquistaNesta terça-feira, 18 de agosto, os servidores do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia interromperão todas as atividades em mobilização pela derrubada do veto do Projeto de Lei da Câmara 28/15, que trata da recomposição salarial dos servidores do Judiciário Federal, sem reajuste desde 2006. Durante reunião realizada com os Secretários e o Diretor Geral do TRE-BA, na tarde de ontem (17), o Desembargador Lourival Almeida Trindade, Presidente da Corte, mais uma vez, sensibilizou-se com o movimento dos servidores.

A Secretaria do TRE-BA, os Cartórios Eleitorais – da capital e do interior do Estado – e até os postos de atendimento nos SACs não funcionarão. Em todo o país os servidores do judiciário federal estarão mobilizados pela derrubada, pelo Congresso Nacional, do veto presidencial ao Projeto. …Leia na íntegra

Atividades da Uesb voltam à normalidade na próxima segunda (17)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 14 ago 2015

Tags:, , ,

banner_shop_05

por Mateus Novais
foto: Arquivo BRG

uesb16
Depois de quase três meses da greve dos professores e de uma semana de paralisação dos técnicos-administrativos, parece que, finalmente, as atividades vão voltar à normalidade na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (14), os servidores da instituição, que estavam paralisados desde a última segunda (10), deliberaram pelo retorno das atividades.

De acordo com o Sindicato da categoria, os portões da Universidade voltarão a ser abertos, nos seus três campi, na próxima segunda (17). Sendo assim, as aulas, que não acontecem desde o dia 13 de maio, poderão ser retomadas. Ainda segundo os servidores, uma nova paralisação será realizada no dia 20 de agosto, mas dessa vez com os portões abertos,  seguida de mobilização no centro da cidade de Vitória da Conquista.

 

Paralisação de servidores suspende aulas da Uesb até sexta (14)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 10 ago 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1008

Os servidores técnico-administrativos da Uesb iniciaram uma paralisação nos três campi da instituição, nesta segunda-feira (10). A mobilização suspendeu todas as atividades de aula, que deveriam voltar após o término da greve dos professores, até a próxima sexta (14). Uesc e Uefs também aderiram à paralisação; Uneb deve aderir ainda hoje.

As interrupções ocorrerão com os portões fechados durante todos os dias de mobilização. “Inicialmente decidimos que os portões estariam fechados apenas para a entrada de veículos, mas, como o retorno dos estudantes foi bem pequeno, decidimos suspender também as aulas. Somente professores e alunos que têm experimento de laboratório e campo agropecuário e a creche estão tendo acesso à universidade”, esclareceu a Associação de Servidores da Uesb (Afus).

Segundo o Sindicato da categoria, a decisão foi tomada em função do desrespeito do Governo e da crise que as Universidades Públicas Estaduais enfrentam. A categoria está desde abril realizando paralisações, manifestações e assembleias na tentativa de chamar a atenção do Governo do Estado para reivindicações, como: reposição das perdas salariais que se acumularam nos últimos oito anos; desrespeito à data-base prevista em lei para aumento salarial; realização de Concursos Públicos.

Servidores da Uesb decidem paralisar as atividades na próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 07 ago 2015

Tags:, ,

Da Redação

IMG_1437foto: divulgação Afus

A partir da próxima segunda (10), os servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) irão suspender as atividades em seus três campi (Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista). A decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira (07), em assembleia extraordinária, um dia após anúncio do fim da greve dos professores da Universidade, que durou quase três meses.

Conforme deliberação por unanimidade da plenária, as atividades estarão paralisadas durante cinco dias, ou seja, até a sexta (14). As interrupções ocorrerão com os portões fechados durante todo os dias de mobilização. Segundo o Sindicato da categoria, a decisão foi tomada em função do desrespeito do Governo e da crise que as Universidades Públicas Estaduais enfrentam.

A categoria está desde abril realizando paralisações, manifestações e assembleias na tentativa de chamar a atenção do Governo do Estado para reivindicações, como: reposição das perdas salariais que se acumularam nos últimos oito anos; desrespeito à data-base prevista em lei para aumento salarial; realização de Concursos Públicos, defasagem no valor do auxílio-alimentação que não é reajustado há mais de oito anos; corte de direitos trabalhistas; cortes frequentes no orçamento das Universidades públicas e desrespeito ao princípio Constitucional que garante autonomia didático-científica e financeiro-administrativa às Universidades Estaduais.

Servidores denunciam desmonte da Saúde na Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 07 ago 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0715

O comando de greve dos servidores da Saúde estadual concedeu entrevista ao programa Resenha Geral, da Rádio Clube (FM 95,9), para tratar do movimento, que já ultrapassou seu vigésimo dia. A paralisação por tempo indeterminado reivindica reposição de direitos trabalhistas e denuncia um possível desmonte da Saúde na Bahia.

Ainda no mês de junho, o Governo do Estado conseguiu uma liminar da Justiça que considerou a greve ilegal. Ainda assim, a mobilização continua. Segundo a funcionária do Núcleo Regional de Saúde do Sudoeste, Jamile Amorim, “o Governo está tentando confundir a população com o argumento que a única pauta é a insalubridade [houve um corte de 50% do salário e na insalubridade], mas a greve não se trata apenas de corte de direitos trabalhistas. Isso é legitimo. Mas tem também o desmonte do Sistema Único de Saúde que percebemos na Bahia”.

A servidora argumenta que o encerramento das atividades das Dires tem atrapalhado o trabalho desenvolvido na Saúde do Estado. “Antes, nós tínhamos 19 municípios em nossa área de abrangência. É impossível o número de funcionários que temos lotados na antiga Dires, que agora é o Núcleo Regional de Saúde do Sudoeste, atender um número tão grande de municípios. Ficou muito difícil nós assessorarmos 73 municípios”, esclarece Jamile.

Sua colega de trabalho na Saúde, a enfermeira Ildete Correia, complementa que o fim das Dires interfere diretamente no controle das doenças transmissíveis. “A nossa equipe tem um pouco mais de liberdade, porque está na sede. Mas, a gente sente que os nossos colegas das antigas Dires [estão com dificuldade]. Quando precisam de um veículo, tem que solicitar aqui no Núcleo; precisa de uma diária, tem que solicitar. Então, para aquela autonomia de uma ação imediata e rápida, as equipes das bases de Brumado, Itapetinga, Guanambi, Caetité e Boquira, estão limitadas administrativamente”, aponta Ildete.

As representantes dos servidores também garantem que a greve continuará. “A luta é difícil, mas nós não podemos nos acovardar”, finalizam.

Uesb pode entrar em outra greve logo após a paralisação dos professores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 06 ago 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_1205

Logo após o fim da greve dos professores da Uesb, mais um movimento paredista deve atingir a instituição. Os servidores técnico-administrativos da Universidade se reúnem na tarde desta sexta-feira (7) para discutir a proposta de paralisação das atividades.

Segundo apurou o Blog da Resenha Geral, os servidores devem aprovar uma paralisação de cinco dias, com fechamento de portões. Se confirmada, a mobilização deve ter início já na próxima segunda (10), seguindo os mesmos moldes da paralisação já aprovada pelos servidores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

A relação dos servidores com o Governo do Estado da Bahia se agravou após a assinatura do acordo com os docentes, nesta quinta. Os técnico-administrativos solicitavam do Estado um debate qualificado com todas as categorias que compõem as comunidades universitárias. “Na nossa avaliação, compete ao Governo Estadual promover encontros e ouvir todos os segmentos que compõem as comunidades universitárias. Assim, qualquer pretensão do Governo em encaminhar para a ALBA uma proposta formulada por apenas um dos segmentos que compõem a estrutura universitária significa desrespeitar os princípios da democracia e da autonomia interna”, afirmam os servidores.

Ituaçu: presidente de sindicato teria sido vítima de atentado político

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 06 ago 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_06031

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ituaçu foi vítima de um atentado, na manhã desta quinta-feira (6). O médico Franklin Braga foi atropelado por uma caminhonete conduzida por Mateus Fontana, sobrinho do prefeito daquela cidade. Colegas de sindicato acreditam em atentado político.

IMG_0610Franklin (foto) foi encaminhado para o Hospital de Base, em Vitória da Conquista, inconsciente, com ajuda de uma ambulância. O médico teve um grande ferimento, além de uma perfuração indefinida, nas costas, e deve ser transferido para um hospital particular, informou a Federação Baiana dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fecon), a qual o Sindicato é filiado.

Segundo o presidente da Fecon, Cosme Almeida, o sindicato foi fundado há cerca de dois meses, o que criou conflito com membros da Administração Municipal. “Os servidores não eram organizados, o que acabou criando uma animosidade entre o sindicato e pessoas ligadas ao prefeito. Mas não sabemos se esse atentado foi a mando do prefeito [Albercio da Costa Brito Filho] ou se o rapaz agiu por contra própria”.

Ainda segundo Cosme, a Fecon disponibilizou assistência médica, jurídica e de segurança ao presidente do sindicato. O médico Franklin Braga é natural de Marília (SP) e trabalha para o município há mais de cinco anos, após ser aprovado em concursado.

IMG_0608

Servidores sepultam a Uesb

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 04 ago 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0649

Os servidores públicos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) realizaram um ato simbólico em defesa das instituições de ensino superior do estado. Os profissionais “sepultaram as universidades estaduais”.

O ato público aconteceu nesta terça-feira (4), no campus da Uesb de Vitória da Conquista. Com cânticos fúnebres e roupas pretas, o cortejo percorreu toda a extensão da universidade.

DSC_0653

Os técnico-administrativos ameaçam deflagrar greve caso o governo não negocie a alteração da Lei 7.176/97, que dispõe sobre estrutura, funcionamento e organização das Universidades. A manifestação também ocorreu nas outras três universidades (Uesc, Uefs e Uneb).

Servidores da Uesb voltam a paralisar atividades e ameaçam entrar em greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 30 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1205foto: divulgação Afus-Sindicato

Os servidores técnico-administrativos das universidades estaduais da Bahia paralisaram as atividades nesta quinta-feira (30). Os técnico-administrativos ameaçam deflagrar greve caso o governo não negocie a alteração da Lei 7.176/97, que dispõe sobre estrutura, funcionamento e organização das Universidades.

Segundo os servidores, o Governo do Estado enviou documento às entidades sindicais solicitando contribuições e propostas para alteração da Lei 7.176/97. Porém, o Governo do Estado da Bahia firmou um acordo em separado com os docentes se comprometendo a enviar um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), sem antes promover um debate qualificado com todas as categorias que compõem as comunidades universitárias.

“Na nossa avaliação, compete ao Governo Estadual promover encontros e ouvir todos os segmentos que compõem as comunidades universitárias. Assim, qualquer pretensão do Governo em encaminhar para a ALBA uma proposta formulada por apenas um dos segmentos que compõem a estrutura universitária significa desrespeitar os princípios da democracia e da autonomia interna”, afirmam os servidores.

Justiça considera ilegal greve dos servidores da Saúde

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 20 jul 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

O Tribunal de Justiça da Bahia concedeu liminar ao Governo do Estado, no domingo (19), considerando ilegal o movimento de greve do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde da Bahia (Sindsaúde). O TJ-BA entendeu que não era válido o principal argumento do sindicato para a deflagração da greve – o corte do adicional de insalubridade – e determinou multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

Além disso, o Tribunal reconheceu que há um diálogo aberto entre o Governo e a categoria com a realização de reuniões, tendo a última ocorrida no dia 16 deste mês. No parecer, o Tribunal de Justiça manifesta-se favorável ao término da paralisação em razão da essencialidade dos serviços de saúde e os graves prejuízos acarretados para a população.

Em greve, servidores do TRE querem reposição salariam que chega a 50%

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 15 jul 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0487

Os servidores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), em Vitória da Conquista, fizeram uma mobilização na porta do órgão da cidade, nesta quarta-feira (15). Os trabalhadores estão em greve devido à possibilidade de veto, pela presidência da República, ao PLC28/2015, que é o projeto de recomposição salarial da categoria, aprovado na Câmara e no Senado Federal, que chega a até 78% de aumento.

DSC_0488Segundo o líder do movimento local, Juan Rodrigues, “os servidores estão sem reajustes salariais desde 2009, o que fere o direito constitucional de todo trabalhador ter um reajuste salarial a cada ano”. Ainda segundo a categoria, as perdas salariais chegam a quase 50%.

Conforme a categoria, somente serviços de emergência e urgência, como certidões de quitação eleitoral e restabelecimento de direitos políticos, estão sendo prestados, com atuação de 30% do efetivo. A greve também afeta a Justiça do Trabalho e outros órgãos como a Justiça Federal e a Justiça Militar.

Com servidores em greve, Justiça Eleitoral presta apenas atendimento emergencial ao público

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Geral, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 13 jul 2015

Tags:, ,

Da Redação

A greve da categoria é nacional e objetiva a aprovação do PL 28/15, que trata do reajuste dos servidores do Poder Judiciário.

Fórum-Eleitoral-Vitoria-da-ConquistaEm função da mobilização dos servidores do Judiciário Federal, visando à aprovação do Projeto de Lei 28/15, Cartórios Eleitorais e demais unidades de atendimento ao público do TRE-BA limitarão a prestação de serviços a casos urgentes, a partir dessa segunda-feira (13). Somente pedidos para restabelecimento de direitos políticos, de certidões de quitação eleitoral (para emissão de CPF, passaporte, etc) serão atendidos normalmente, porém, não estará sendo efetuado o cadastramento biométrico do eleitorado baiano.

Além dos Cartórios da capital (e do interior do Estado, em sua grande maioria) enquadram-se na situação os postos do Tribunal Eleitoral nos SACs, e na Casa de Justiça e Cidadania (Shopping Baixa dos Sapateiros). Vale lembrar que o horário de atendimento nos postos do TRE nos SACs permanece inalterado, com exceção do SAC do Shopping Barra, reduzido para turno único, das 7h às 13h, durante o período. …Leia na íntegra

Trabalhadores do estado deverão compensar folga do feriadão de São João

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2015

Tags:, ,

Da Redação
A compensação pelo expediente do dia 22 ocorrerá no período útil de 10 a 19 de junho. Já a compensação pelo expediente do dia 23 será cumprida no período útil de 6 a 15 de julho.
recadastramento de servidores ativosA Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) publicou no Diário Oficial, da última quinta-feira (4), instrução normativa sobre a compensação de horas pela suspensão do expediente nos dias 22 e 23 de junho, anteriores ao feriado do São João (24 de junho). De acordo com a publicação, os servidores estaduais irão compensar as horas não trabalhadas em dois períodos diferentes, nos meses de junho e julho. Serão mantidos os serviços essenciais fornecidos pelo Estado como saúde e segurança pública.
A compensação pelo expediente do dia 22 ocorrerá no período útil de 10 a 19 de junho – determinação válida para servidores que cumprem jornada de oito horas diárias. Neste caso, o expediente será das 8h às 18h, iniciado meia hora mais cedo e tendo redução de 30 minutos no horário de almoço, respeitando-se o intervalo de uma hora para refeição. Já os servidores submetidos ao turno único de trabalho realizarão compensação no período útil de 10 a 17 de junho, das 11h às 18h.

…Leia na íntegra

Barra do Choça enfrenta greve geral de servidores públicos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 05 jun 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

DSC_0311

Uma greve geral de servidores atinge o município de Barra do Choça (a 35 km de Vitória da Conquista). Os funcionários municipais pressionam a Administração Municipal, do prefeito Oberdan Rocha, a aprovar um reajuste salarial semelhante ao que foi concedido pelo Governo Federal, de 8,8%.

Nesse direcionamento, o Sindicato dos Professores Municipais (SIMPROBAC) e o Sindicato dos Servidores Públicos (SINSEB) se uniram para discutir o processo de greve no município, na última quarta-feira (3). Durante a audiência pública, as categorias voltaram a reafirmar suas proposta para a comunidade local.

DSC_0298 A diretora do SINSEB, Aline Araújo, aponta que os funcionários estão paralisados desde 14 de maio e que já foram flexíveis com o governo municipal. “A gente vem negociando desde o final do último ano a campanha salarial, já que ele fez um acordo em 2012 de não dar um reajuste inferior ao salário mínimo e faria o reajuste retroativo ao ano subsequente. Esse ano, o reajuste seria em fevereiro, mas ele enrolou as negociações até março e acabou não oferecendo a proposta. Baixamos nossa proposta de 14% para 8,8% e ele bateu o martelo em 6,4, dividido em duas vezes para março e novembro de 2016. Mas não aceitamos, porque, quando você põe na ponta do lápis, o reajuste fica de 3,84%. Ou seja, vamos perder 5% do que foi dado pelo Governo Federal”.

DSC_0291Já o presidente do SIMPROBAC, Fábio Andrade, afirma que o movimento tem a adesão de 100% dos quase 350 professores municipais, o que tem feito 9 mil alunos ficarem sem aula. “Os professores querem um reajuste de 8,8%, que é o repassado pelo Governo Federal, além de licença para tratamento de saúde, abono salarial para os contratados, eleição para coordenação das unidades de ensino, formação para os professores de Libras e quitação das pendências de todos os servidores com o INSS”.

Servidores da Uesb realizaram nova paralisação nesta sexta (29)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 29 maio 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

IMG_1557foto: divulgação Afus

Os Servidores Técnico-Administrativos da UESB, em Vitória da Conquista, interromperam as atividades na manhã desta sexta-feira (29). A data foi escolhida em decorrência do Dia Nacional de Paralisação. As atividades do ato público iniciaram às 8 horas, com concentração na Praça 9 de Novembro.

O ato contou com a participação da Associação dos Docentes (Adusb) e Centro Universitário de Atenção à Saúde, que saiu das dependências da universidade e ofereceu atendimentos médicos básicos à população. Os servidores voltaram ao trabalho no turno da tarde.

IMG_1139foto: divulgação Afus

Os Servidores realizaram durante todo o mês de maio duas paralisações por semana, contra a proposta de reajuste salarial e sucateamento da Uesb. Já o corpo docente da instituição está em greve desde o dia 13 de maio.

Servidores da UESB definem agenda de paralisações até o fim de maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 19 maio 2015

Tags:, , ,


Da Redação

IMG_2524

Foto: Divulgação Afus

Em Assembleia Geral realizada na tarde dessa segunda-feira (18), os servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) definiram os próximos passos do movimento paradista. De acordo informações divulgada pelo Sindicato dos Servidores Técnico Administrativo da Instituição (Afus), decidiu-se pela paralisação nos dias 19, 21, 26 e 28 de maio de 2015, nos três campi da Universidade, ou seja, em Jequié, Itapetinga e Vitória da Conquista.

Na assembleia, ficou determinado ainda que os serviços essenciais, como folha de pagamento, serviços do campo agropecuário de animais e vegetais, que necessitem de cuidados, como também a entrada dos alunos das escolas municipal e estadual, que funcionam dentro dos campi da Uesb funcionarão normalmente.

Durante o dia de hoje (19), os servidores se reunirão no CAP do campus de Vitória da Conquista. Na próxima quinta (21), eles realizam um ato público em defesa da Uesb. Já no dia 26 de maio, irão realizar uma mobilização na cidade de Itapetinga. E, no próximo dia 28, vão promover uma nova Assembleia Geral para definir os rumos do movimento.

Essa ações têm como objetivo chamar a atenção do governo para que o Estado adote medidas que valorizem os trabalhadores da Educação Superior.

Servidores da Uesb não descartam deflagração da greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 15 maio 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1126fotos: Ascom Afus

Os técnicos e analistas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) realizarão uma nova assembleia para discutir a Campanha Salarial 2015. Nessa quinta, os servidores paralisaram as atividades e realizaram uma panfletagem pelo centro de Vitoria da Conquista, manifestando a insatisfação com o Governo do Estado.

Os técnico-administrativos solicitam que o governo estadual adote medidas que valorizem os trabalhadores da Educação Superior. Através de nota, a Associação dos Servidores (Afus) afirma que “a Educação não deve ser só um lema de discurso político, tampouco um tema para marketing político. Trata-se de um bem e de um direito humano fundamental, garantidos pela Constituição da República Federativa do Brasil”.

A Afus aprovou o estado de greve e garante que o descontentamento com as ações do governo aponta para a deflagração iminente da paralisação por tempo indeterminado. A assembleia geral ocorrerá na próxima segunda-feira (18), no auditório do Campus de Vitória da Conquista, às 14 horas.

Confira os principais pontos de reivindicações da categoria: …Leia na íntegra

Servidores das secretarias da Saúde, Educação e Segurança Pública devem se recadastrar na internet

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Economia, Trabalho | Data: 13 abr 2015

Tags:, , , , ,


Da Redação

Os funcionários que não se recadastrarem até esta segunda-feira (13) terão o pagamento dos vencimentos suspensos até o procedimento seja feito.

recadastramento de servidores ativosA Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) informa que, para fazer o recadastramento, os servidores ativos das Secretarias da Educação, Saúde (Sesab) e Segurança Pública (SSP) precisam apenas preencher o formulário disponível no Portal do Servidor. Quem já fez isso não precisa se preocupar. Quem não fez tem até esta segunda-feira (13) para regularizar a situação.

Para preencher o formulário, é preciso digitar a mesma senha utilizada para acessar o contracheque online. Caso o servidor ainda não tenha a senha, deve entrar em contato com o setor de Recursos Humanos (RH) de sua unidade para solicitar. Os funcionários que não se recadastrarem até esta segunda-feira (13) terão o pagamento dos vencimentos suspensos até o procedimento seja feito. …Leia na íntegra

Servidores da Saúde, Educação e Segurança devem fazer recadastramento até segunda-feira (13)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Economia, Trabalho | Data: 08 abr 2015

Tags:, ,


Da Redação

recadastramento-de-servidores-ativosCaso não façam o recadastramento até a próxima segunda-feira (13), cerca de 20% dos servidores públicos ativos ocupantes de cargos efetivos nas secretarias da Saúde (Sesab), Educação e Segurança Pública (SSP) poderão ter suspenso o pagamento dos seus vencimentos. A suspensão será mantida até que a situação dos servidores não recadastrados seja regularizada. Até agora, 80% dos servidores destes órgãos responderam ao formulário disponível no Portal do Servidor.

Devem se recadastrar funcionários que estiverem em atividade nos órgãos contemplados nesta primeira fase do recadastramento, inclusive aqueles contratados em cargo comissionado ou em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e os que estejam em situação de férias; licença médica, licença prêmio, licença maternidade e outras licenças; à disposição de órgãos dos três poderes (com ou sem ônus); em exercício de mandato eletivo; respondendo a processo administrativo; em readaptação funcional, além de residentes; estagiários e menores aprendizes. …Leia na íntegra

Servidores da Embasa paralisam atividades por 24h

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 30 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

sede embasa - Vitória da ConquistaOs servidores da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) pararam as atividades por 24h nesta segunda-feira (30). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Água e Esgoto do estado (Sindae), esta é uma paralisação de advertência, acordada após assembleia realizada na última quarta-feira (25) sobre a transição do plano de saúde. 70% do efetivo em 364 municípios está parado, afirma o Sindae.

Ao site G1 Bahia, o diretor de comunicação do Sindae, Edmilson Barbosa, explicou que “o grande problema é que os trabalhadores estão com dificuldades de redes credenciadas com o atual plano de sáude. A maior reclamação tem sido das pessoas do interior”. Além da pauta do plano de saúde, a categoria reivindica por melhores condições no ambiente de trabalho.

A Embasa infomou, por meio de nota, que a diretoria da empresa está surpresa com a decisão do sindicato de paralisação. O comunicado diz que em reunião com os dirigentes do sindicato e representantes da operadora do plano de saúde, ocorrida na última quarta-feira, a maioria das pendências e reivindicações sobre o atendimento da rede credenciada teria sido resolvida.