Para auxiliar folião que perdeu documentos, SPC Brasil libera monitoramento gratuito de CPF no Carnaval

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 fev 2020

Tags:, , ,

Editar imagem

O Carnaval é um período de festa, mas também requer cuidados. A aglomeração em espaços públicos e o aumento dos níveis de consumo podem favorecer a ação de criminosos, que tentam tirar vantagem de consumidores distraídos em meio à multidão. Para garantir que o consumidor curta a folia sem preocupações, o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) liberou o monitoramento gratuito de CPF neste Carnaval.

Consumidores que foram vítimas de furtos ou que tiveram documentos pessoais extraviados poderão contratar o ‘SPC Avisa’ e acompanhar, gratuitamente, por 30 dias, toda movimentação em seu CPF. Consumidores que não foram vítimas também podem contar com o serviço gratuito, caso queiram experimentar.

Com o ‘SPC Avisa’, o consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, sobre qualquer movimentação suspeita em seu documento, como consulta para a realização de compras a prazo, verificação de nome restrito, inclusão de registros de inadimplência, alteração de dados cadastrais, entre outros.

Ter compras indevidas feitas em seu nome, perder tempo ao tentar regularizar a situação na polícia, bancos ou lojas e ficar com o ‘nome sujo’ e impedido de fazer compras a crédito são algumas das dores de cabeça mais comuns para quem perde documentos, como o CPF.

Para contratar o monitoramento grátis por 30 dias do documento, o consumidor deve acessar a página http://bit.ly/2SEs9PN

SPC Brasil prorroga feirão on-line de renegociação de dívidas até 23 de dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 17 dez 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

O feirão on-line de renegociação de dívidas do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) que se encerraria no domingo (15) foi prorrogado até o dia 23 de dezembro. Milhões de brasileiros com contas em atraso poderão aproveitar a segunda parcela do 13º salário, além da liberação do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), para quitar suas dívidas e começar o ano com o “nome limpo”.

“Prorrogamos o feirão por mais uma semana para que ainda mais brasileiros tenham oportunidade de negociar e iniciar o próximo ano sem dívidas. Quem está inadimplente deve priorizar o pagamento das contas utilizando o 13º e FGTS, por exemplo. Para isso, é importante fazer esforço e consumir com responsabilidade para não reincidir nos atrasos e começar o ano de 2020 no azul”, reforça o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

Os interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil (https://www.spcbrasil.org.br/feirao/) se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. São mais de 147 empresas, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços e mais de 1 milhão de títulos disponibilizados para renegociação com condições especiais para quem estiver interessado em regularizar as pendências. As facilidades contemplam desde um desconto no valor da dívida, que em alguns casos podem chegar a 90%, até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida.

Confiança do consumidor marca 47,2 em novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Geral | Data: 06 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

O fim do ano se aproxima, mas o consumidor ainda não demonstra a mesma confiança que tinha nos primeiros meses de 2019. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que o Indicador de Confiança do Consumidor marcou 47,2 pontos em novembro, abaixo do registrado em janeiro de 2019, que foi de 49,0 pontos. Já na comparação com outubro, o índice ficou um pouco acima (46,6 pontos) e também superou os resultados novembro de 2018 (46,2 pontos). Pela metodologia, o indicador varia de zero a 100, sendo que somente resultados acima de 50 pontos mostram uma percepção otimista do consumidor.

A frustração com a lentidão na retomada econômica ainda é evidente quando se avalia o quadro atual. Em termos percentuais, apenas 9% dos consumidores consideram o momento da economia bom. Os principais motivos apontados são: maior otimismo das pessoas com a economia (55%), expectativa de queda da inflação para os próximos meses (45%) e redução das taxas de juros (43%). Em contrapartida, seis em cada dez (66%) consumidores acham o cenário econômico ruim. Neste caso, as principais razões estão ligadas a uma percepção de alta dos preços dos produtos e serviços (66%), ao desemprego alto (65%) e às elevadas taxas de juros (30%). Enquanto 25% mostram-se neutros.

Para o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, mesmo com a recuperação da economia em curso, os consumidores ainda lidam com efeitos da crise, como o endividamento, o achatamento da renda e os altos níveis de desemprego no país. “O que se espera é que ao longo dos próximos meses, o anúncio de uma agenda positiva consiga aumentar o quadro da confiança, recuperando o desgaste que se observou ao longo deste ano”, analisa.

Feirão on-line de renegociação de dívidas do SPC Brasil começa na próxima quinta

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 nov 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

A partir desta quinta-feira, dia 21, milhões de brasileiros com contas em atraso terão a oportunidade de começar o próximo ano com o ‘nome limpo’. E para isso, nem será preciso sair de casa. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realiza em 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e em mais quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR) um feirão on-line de renegociação de dívidas.

Os consumidores interessados podem verificar no site do feirão do SPC Brasil (www.spcbrasil.org.br/feirao) se as empresas em que estão devendo aderiram ao programa. São mais de 120 empresas, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços, que oferecerão condições especiais para quem estiver interessado em regularizar as pendências. As facilidades contemplam desde um desconto no valor da dívida, que em alguns casos podem chegar a 90%, até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida.

O feirão on-line de negociação de dívidas do SPC Brasil começa nesta quinta, dia 21, e vai até o dia 15 de dezembro. Para participar, o consumidor deverá fazer um cadastro no site www.spcbrasil.org.br/feirao. Após receber a confirmação de autenticidade, o consumidor tem a opção de consultar o seu CPF, gratuitamente, para verificar se há pendências e se elas estão disponíveis para renegociação dentro do próprio site. Também é possível acompanhar o andamento de sua negociação de forma on-line, realizar o download do boleto com as novas condições ofertadas pelo credor e ser lembrado quando estiver perto do próximo vencimento.

SPC Brasil: vendas no Natal têm primeira queda em cinco anos

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 28 dez 2014

Tags:,

Agência Estado

650x375_supermercado-compras_1451200As vendas a prazo na semana que antecede o Natal caíram 0,7% em relação ao ano passado e fizeram o comércio varejista registrar o Natal mais fraco dos últimos cinco anos, de acordo com o indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgado nesta sexta-feira, 26. No ano passado, as vendas nessa época do ano haviam crescido 2,97%.

O resultado negativo, na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, é reflexo do desaquecimento no varejo ao longo do ano, fruto de um cenário econômico com crédito mais caro, inflação alta e queda na confiança do consumidor. “A inflação pesou no bolso dos consumidores. Os juros estão mais elevados e os rendimentos dos trabalhadores já não crescem com tanto vigor como nos últimos anos, o que é fundamental para aquecer o consumo das famílias”, afirmou a economista, em nota.

…Leia na íntegra

Metade dos idosos ajuda a família, diz pesquisa

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Economia | Data: 19 out 2014

Tags:,

Agora São Paulo

emprestimo-idosoA maioria dos consumidores com mais de 60 anos (81%) diz que não depende de outras pessoas para administrar suas próprias contas.

Mas 47% afirmam que ajudam seus familiares, pensando no futuro deles e, por isso, não fazem o que gostariam para ter uma reserva financeira.

Os dados fazem parte de um levantamento divulgado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

“Quem tem essa idade diz que prefere ajudar a família e, com isso, tem mais dificuldade para guardar dinheiro”, afirma Marcela Kawauti, economista do SPC Brasil.

…Leia na íntegra