Empresário tem 72 horas para retirar conteiner da Praça no BNH

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 out 2017

Tags:, , , ,

da Redação
Foto: Rafael Gusmão

As Secretaria de Infraestrutura Urbana e Serviços Públicos atuaram neste domingo à noite,  na Praça da Independência no BNH, em Vitória da Conquista, ao promover a retirada de um trailer que seria utilizado para comercialização de lanches, e um enorme container de porto que serve para o embarque de mercadorias em navios. O tamanho do container, e a base fixada em cimento impossibilitaram a remoção imediata na operação deste domingo.

O trambolho tem mais de 10 metros de comprimento e ocupa ponto estratégico na praça, –  junto ao passeio da pista de rolamento da Av. Olívia Flores. A Prefeitura notificou o proprietário e abriu prazo de 72 horas para retirada do equipamento. Segundo informações – a municipalidade não irá fornecer o alvará para funcionamento de uma lanchonete que seria instalada na praça. O prazo vai até está quarta-feira (18).

Solução

A Prefeitura vai autorizar o funcionamento de um outro espaço de lanches, na outra extremidade da praça, após ter avaliado o projeto. O proprietário, Fernando de Codó, acatou a sugestão da secretária do Meio Ambiente, Luzia Vieira, para que ele adote parte do canteiro central da Av. Olívia Flores com a manutenção e paisagismo.

O empresário proprietário do trailer gigante (container) também será estimulado a apresentar um projeto que ser apreciado pela Prefeitura. A atual administração vem defendendo a filosofia de Cidades Para Pessoas e belos projetos tornarão a cidade mais bela e agradável para s viver.

Donos de trailers são retirados da Av. Olívia Flores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 02 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_1527

Desde a última quinta-feira (1º de dezembro), os trailers de lanches e chaveiros começaram a ser expulsos da calçada localizada no início da Avenida Flores. A ação realizada pela Secretaria de Serviços Públicos parte de uma determinação do Ministério Público. A área ocupada pelos trailers pertence à instituição Fundação Educacional de Vitória da Conquista (Famec),que solicitou a retirada dos equipamentos para venda do espaço. A medida causou revolta entre os comerciantes.

Segundo os proprietários dos trailers, a desocupação está sendo realizada sem que houvesse um entendimento definitivo entre as partes. “Todos os espaços que foram solicitados para que fossem realocados os trailers, acabaram sendo negados pelo poder público municipal”, queixou-se um dos proprietários.

img_1446

Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista informou que “a solicitação [para a mudança de local] será encaminhada para a Comissão de Uso do Solo Público, que irá avaliar a viabilidade do pedido e sinalizar locais provisórios até que o procedimento de transferência seja concluído”.

Ainda segundo o comunicado, “os donos dos trailers foram oficialmente notificados sobre a retirada dos equipamentos em um prazo de 40 dias, que foi prorrogado por mais 7 dias”.