Prefeitura e PRF discutem convênio para fiscalização do trecho urbano da BR-116

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Polícia, Vit. da Conquista | Data: 29 abr 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Secom/PMVC

A prefeita Sheila Lemos recebeu, na tarde desta quarta-feira (28), o termo do Convênio de Cooperação Técnica que prevê a transferência da competência na fiscalização do trecho urbano da BR-116 para o município. Firmada no ano de 2019, com o ex-prefeito Herzem Gusmão, a proposta do convênio foi trazida novamente à pauta pelo inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Frederico Leite.

A prefeita destacou que o compromisso da Prefeitura é sempre dar maior eficiência e segurança para o trânsito da cidade, por isso a proposta feita pela PRF será avaliada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) para definir como pode se dar atuação do município. “No nosso entendimento, as parcerias entre as instituições, como a PRF, sempre foram benéficas ao município. Dessa forma, a equipe técnica da Semob deverá analisar o plano de trabalho e traçar, de forma estratégica, como será sua atuação na avenida, observando sobretudo o que for melhor à população”, ressalta Sheila.

De acordo com a proposta da PR , os agentes do Simtrans terão o poder de fiscalizar, além de proceder com autuações e outras intervenções no trânsito da Avenida Integração, especificamente no trecho que compreende o viaduto do Atacadão até a Pousada da Conquista. Além disso, viaturas serão fornecidas para reforçar a atuação do Simtrans. “A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) poderá acompanhar o fluxo de veículos em toda a cidade e a PRF, por sua vez, deve direcionar melhor seu contingente para suas demandas específicas”, declara o secretário municipal de mobilidade urbana, Diego Gomes.

Segundo o inspetor, após a análise e assinatura da prefeita, o documento seguirá para a superintendência em Brasília para a publicação no Diário Oficial da União. “A PRF e a Prefeitura sempre tiveram uma relação muito profícua, onde interagimos com vários setores e trocamos experiência e conhecimento ao longo dos anos. A partir deste acordo de cooperação, as duas instituições poderão operar trazendo maior segurança para a utilização da via”, avalia Frederico.