Conquista: secretaria de Agricultura promove capacitação e incentiva produtores rurais a cultivar umbu-gigante

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 09 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:Secom/PMVC

Na última sexta-feira (6), técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura foram até o distrito de São João da Vitória, para falar a pequenos produtores rurais sobre o umbu-gigante. Os diversos acessos da fruta são cultivados, desde 2007, pela Prefeitura de Vitória da Conquista, que faz a distribuição de mudas e capacita interessados em cultivá-la.

De acordo com o coordenador de agricultura, Eduardo Castro, o objetivo da Prefeitura é disseminar a cultura do umbu-gigante na região. “Ficamos felizes com a iniciativa dos agricultores, que pretendem iniciar a produção do fruto e também das mudas. Eles podem contar com a gente, que esse tipo de iniciativa é justamente o que precisa ser feito”, afirmou.

O grupo de produtores buscou a Secretaria Municipal de Agricultura para conhecer o projeto de distribuição de mudas com a intenção de montar na região de São João da Vitória uma estrutura própria para fazer novas mudas e comercializá-las, além da produção do fruto.

O engenheiro agrônomo da Prefeitura, Dilermando Morais Fonseca, explicou ao grupo como é realizada a produção de mudas na Fazenda Experimental e as técnicas utilizadas. “A gente precisa esclarecer que o umbu-gigante não é uma modificação genética e sim uma planta especial. A partir da identificação desta planta, nós produzimos outras mudas, por meio da enxertia, que é o método mais usado na Fazenda Experimental e o que dá melhores resultados”, explicou.

Localizada a cerca de 30 quilômetros da sede municipal, na região de Bate-Pé, a Fazenda Experimental de Pedra Mole conta com a parceria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O local possui 10 hectares e cerca de 730 pés de umbu.

Conquista: fazenda experimental da Prefeitura é pioneira na produção de umbu gigante

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Secom/PMVC (Conteúdo)

A Secretaria de Agricultura (Semagri) mantém na região, próxima ao Distrito de Bate-pé, a cerca de 30 quilômetros da sede municipal, a fazenda experimental da Pedra Mole. Criada no ano de 2007, através de uma parceria entre Prefeitura e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a fazenda possui, em seus 10 hectares, 730 pés de umbu, mantidos e cultivados pela Semagri.

Originária do semiárido brasileiro, a espécie Spondias Tuberosa, popularmente conhecida como umbuzeiro, produz um fruto de polpa doce, aromática e rica em vitamina C. Além disso, sua raiz pode armazenar até mil litros de água em seus tubérculos. Por essa característica, a planta foi mencionada pelo escritor Euclides da Cunha, em sua obra “Os Sertões” – que retrata a Guerra de Canudos, como: “a árvore sagrada do sertão”.

Apesar da resistência da planta, capaz de suportar os climas mais áridos da caatinga, o umbuzeiro corre risco de extinção devido à falta de procura por parte da maioria dos agricultores.”A principal dificuldade que a cultura do umbu encontra é que os produtores tendem a optar pela criação de rebanhos, que consomem os brotos, dificultando o desenvolvimento da planta”, explica o agrônomo da Prefeitura, Dilermando Moraes. Segundo ele, o projeto de produção da fazenda experimental em Vitória da Conquista é pioneiro no Brasil. “Aqui na Pedra Mole, desenvolvemos um trabalho de plantio, com um viveiro de mudas para a distribuição, principalmente da variedade “umbu gigante”, cujo fruto chega a ser dez vezes maior que as demais variedades”, explica.

O coordenador de agricultura, Eduardo Castro, relata que um umbuzeiro pode ser uma importante fonte de renda, sobretudo para um pequeno produtor. “O umbu é um fruto muito apreciado, cada vez mais presente em grandes centros urbanos e a variedade gigante, por proporcionar frutos maiores, geram um incremento ainda maior na produção por cada planta”, garante. Ele acrescenta que o produtor que desejar obter mudas, poderá pedir na própria Secretaria, “basta que o produtor interessado nos solicite as mudas, que iremos disponibilizar ainda uma consultoria sobre o manejo da planta, desde o plantio até a colheita”.

Após a colheita, feita entre os meses de janeiro e fevereiro, os frutos das 730 árvores são destinados à Secretaria Municipal de Educação onde são inseridos na produção de sucos que servem como complemento à merenda escolar dos alunos da rede municipal de ensino.

…Leia na íntegra

Exposição Conquista: Prefeitura divulga projetos sobre umbu gigante e hortas em escolas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 18 mar 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Secom/Prefeitura (Conteúdo)

Mudas de umbu gigante fazem sucesso entre a população

Governo Municipal pretende intensificar as duas iniciativas em 2018

Quem for ao Parque de Exposições Teopompo de Almeida até este domingo (18) e passar pelo estande reservado à Prefeitura de Vitória da Conquista, terá a chance de conhecer algumas iniciativas direcionadas à agricultura familiar. Há até a possibilidade de levar para casa, por exemplo, uma muda do umbu gigante – e de forma gratuita.

Cerca de 50 mudas da planta foram disponibilizadas no estande para serem distribuídas. A Prefeitura cultiva o fruto na Fazenda Experimental mantida na Pedra Mole (região de Bate-Pé). Ali, as mudas são cultivadas com o objetivo de serem entregues a pequenos agricultores e, com isso, disseminar a cultura do umbu gigante no município.

O fruto pode chegar a pesar 150 gramas – ou seja, mais de sete vezes o peso do umbu mais comum. Na safra mais recente, entre dezembro de 2017 e fevereiro de 2018, um litro do umbu gigante custava entre R$ 5 e R$ 6 na feira da Ceasa. Enquanto que o preço do litro do umbu comum variou entre R$ 2 e R$ 3.

“A intenção da Prefeitura é que isso seja um incremento na renda do agricultor”, informou o coordenador municipal de Promoção Agropecuária, Eduardo Castro. Segundo Castro. …Leia na íntegra

Umbu gigante rende prêmio da ONU à Uesb

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 23 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

umbu-gigante-4

O ‘Projeto Umbu Gigante’ da Uesb foi homenageado pela Organização das Nações Unidas (ONU) por contribuir para o manejo sustentável de solos nas áreas suscetíveis à desertificação. O reconhecimento veio por meio do prêmio internacional Dryland Champions, promovido pela Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação (UNCCD, sigla em inglês), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

IMG_0158O certificado foi entregue na última sexta-feira (17), data em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Desertificação e á Seca, no durante solenidade em Brasília. O prêmio homenageia iniciativas que contribuem para o manejo sustentável de terras, buscando melhorar a qualidade de vida das populações e as condições dos ecossistemas afetados pela desertificação e pela seca.

O Projeto “Umbu Gigante” tem como objetivo motivar os agricultores a investirem na cultura do umbuzeiro, visando o desenvolvimento das comunidades rurais através da capacitação e assistência técnica. Com isso, o projeto, que tem o viés produtivo e de inclusão social, contribui ainda para o combate à desertificação e para o reflorestamento de áreas degradadas.