Secretaria Municipal de Saúde vacina gestantes e puérperas nesta segunda (14)

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 14 jun 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Nesta segunda-feira (14), será aplicada a primeira dose das 972 vacinas da farmacêutica Pfizer, que são direcionadas, exclusivamente, na imunização de gestantes e puérperas. A SMS aguarda reposição do estoque de vacinas continuar a vacinação de primeira dose dos demais grupos.

Documentação necessária – Para todos os públicos incluídos na vacinação, é necessário apresentar, obrigatoriamente, documento pessoal com CPF e comprovante de residência de Vitória da Conquista. As gestantes devem apresentar também prescrição médica indicando a vacinação após avaliação de risco-benefício e caderneta da gestante, e aquelas que tiverem comorbidades devem apresentar adicionalmente o relatório médico que comprove a condição de saúde. As puérperas precisam apresentar a certidão de nascimento do bebê.

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças com mais de 12 anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 11 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif


A Anvisa autorizou a indicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina passará a indicar esta nova faixa etária para o Brasil.  

A ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa.  

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos de idade ou mais. Até o momento, esta é a única entre as vacinas autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.  

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas Covid-19 no Brasil. 

Prefeitura ainda aguarda Pfizer que já chegou ao Núcleo Regional e programa vacinação de jornalistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Têm sido muitos os pedidos de informação feitos por parte da população e pela imprensa sobre a vacinação de jornalistas de 40 ou mais, conforme Resolução nº 085/2021 da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), e sobre a chegada de doses da vacina Pfizer para o município.

Sobre a Pfizer, embora seja do conhecimento de que a vacina já chegou ao Núcleo Regional de Saúde (NRS), ainda não foi repassada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que, somente na noite desta terça-feira(8) foi informada do quantitativo que caberá ao município: 972 doses.

A previsão é de que o recebimento ocorra nesta quarta-feira (9). As doses da vacina Pfizer serão utilizadas, exclusivamente, na imunização de gestantes e puérperas.

Em relação aos jornalistas, a SMS programa a vacinação dos profissionais cadastrados, e que atendam aos critérios da resolução da CIB, já para quando chegar a nova remessa de doses da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

A ação da SMS atende à mobilização da categoria, tendo à frente o Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), que tem como delegada em Vitória da Conquista a fotógrafa Edna Nolasco. Ela esteve com a prefeita Sheila Lemos esta semana e defendeu a ampliação do público além do critério dos 40 anos ou mais.

O pleito da delegada sindical será atendido, de acordo com a chegada de doses suficientes, considerando que ainda há públicos prioritários como os trabalhadores da Saúde aguardando a suplementação de doses, já que a quantidade desses profissionais no município é maior que o estimado pelo Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), utilizado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Bahia recebe remessa com 366 mil doses de vacinas contra Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 02 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Fonte: Ascom/ Sesab

A Bahia recebeu mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19, nesta quarta-feira (2). São 366.000 doses de imunizantes da Astrazeneca/Oxford. O voo comercial trazendo a carga pousou no aeroporto de Salvador por volta das 9h30. As vacinas serão destinadas para a primeira aplicação. Além do quantitativo recebido hoje, está prevista a chegada de mais 37.440 doses de vacinas produzidas pela Pfizer/BioNTech na tarde desta quinta-feira (3).

Os imunizantes que chegaram hoje começarão a ser enviados para os municípios em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador, após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. Elas serão remetidas, exclusivamente, aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado.

Com a carga desta quarta-feira, a Bahia chega ao total de 6.775.710 doses de vacinas recebidas, sendo 3.035.800 da Coronavac, 3.566.750 da AstraZeneca/Oxford e 173.160 da Pfizer.

Covid-19: mais 2,3 mi de doses da vacina da Pfizer chegam ao Brasil na próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 29 maio 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Mais 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 devem chegar ao Brasil na primeira semana de junho. A informação é do Ministério da Saúde. Os imunizantes vão chegar via Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), nos primeiros dias do mês, em três voos diferentes. 

Com isso, o total de doses entregues pela farmacêutica ao órgão chegará a 5,8 milhões de doses desde o fim de abril. Até o momento, a pasta recebeu 3,5 milhões de doses do imunizante. Na última quarta-feira, o Brasil recebeu 629 mil doses, que serão enviadas para estados e Distrito Federal nos próximos dias. 

O Governo Federal firmou a compra de 200 milhões de doses junto à Pfizer, que devem ser entregues até o final do ano. Considerando todos os imunizantes adquiridos pelo Brasil, o órgão distribuiu cerca de 96,5 milhões para os entes da federação.

Ministério da Saúde pede autorização à Anvisa para importar vacina

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 25 maio 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está analisando um novo pedido de importação de 20 milhões de doses da vacina Covaxin contra a covid-19. A solicitação foi formalizada ontem (25) pelo Ministério da Saúde. O imunizante é produzido pelo laboratório Bharat Biotech, na Índia.

Em março, a Anvisa negou a certificação de boas práticas à fabricante e, na sequência, um primeiro pedido para importação do imunizante. A certificação é um dos requisitos para que a vacina possa ser usada no Brasil. 

Apesar da negativa, a Anvisa informou que, desde então, juntamente com o Ministério da Saúde e a Precisa Medicamentos, empresa que negocia a vacina no país, os três “seguiram em tratativas a fim de adequar os aspectos que motivaram o indeferimento”.

“Neste sentido, já foi publicada pela Anvisa a anuência para realização do estudo clínico com a vacina Covaxin no Brasil, conforme Resolução nº 1.938, de 13 de maio de 2021”, informou a agência, em nota.

Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 23 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A.Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), insumo mais importante para a produção da vacina contra a covid-19. O carregamento desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, no final da tarde de ontem (22). Com a nova entrega, poderão ser fabricadas aproximadamente 12 milhões de doses, o que assegura os repasses previstos ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até a terceira semana de junho.

Vinculada ao Ministério da Saúde, a Fiocruz é responsável pela produção da vacina Oxford-AstraZeneca, a Covishield. A vacina foi desenvolvida por meio de uma parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica inglesa AstraZeneca. Ainda no ano passado, elas firmaram com a instituição brasileira um acordo para transferência de tecnologia.

A vacina já possui o registro definitivo na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está sendo usada no controle da pandemia, seguindo os critérios do PNI. Os primeiros lotes da vacina que chegaram em janeiro ao país foram importados da Índia.

A fabricação em larga escala no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos) teve início em março. No entanto, o IFA ainda está sendo importado. No início desse mês, a Anvisa deu aval para que a Fiocruz também possa fabricar o insumo. Assim, a expectativa é de que, nos próximos meses, a produção da Covishield esteja 100% nacionalizada.

Até o momento, a Fiocruz já entregou ao PNI mais de 41 milhões de vacinas para distribuição aos estados e municípios. A última remessa, de 6,1 milhões de doses, foi repassada ontem (21).

Envio insumos para produção de vacina pela Fiocruz é antecipado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 18 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Brasil 61

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou nesta segunda (17) que o envio de um lote de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) foi antecipado do dia 29 para o próximo sábado (22).  

De acordo com a fundação, o carregamento de IFA que chegará no sábado será suficiente para a produção de cerca de 12 milhões de doses do imunizante. As novas remessas asseguram as entregas de vacinas até a terceira semana de junho.

Por conta do rápido escalonamento de produção que a Fiocruz atingiu, as remessas de IFA vêm sendo consumidas antes do tempo previsto inicialmente. Será necessário interromper a produção na próxima quinta-feira (20) até a chegada do novo lote de insumo.

O cronograma de entregas permanece semanal, acontecendo sempre às sextas-feiras, conforme pactuado com o Ministério da Saúde, e seguindo a logística de distribuição definida pela pasta.

Conheça a história da primeira vacina do mundo

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde | Data: 17 maio 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Nunca se falou tanto sobre vacinas quanto nos últimos tempos. A chegada da pandemia do novo coronavírus fez com que todas as pessoas do mundo ligassem esse alerta. Afinal, a pandemia afetou diretamente a vida de toda a população, mudando rotinas, criando novos hábitos, como o uso frequente de máscaras e álcool gel.

Para voltar à vida como era antes, a melhor chance é imunização da população por meio da vacinação. Mas, a vacinação e seus benefícios vem evoluindo e salvando vidas desde o fim da década de 1970, quando foi iniciado os estudos pelo médico britânico, Edward Jenner.

Conhecido como o “pai da vacina”, Edward Jenner, nasceu em Berkeley na cidade de Gloucestershire, no dia 17 de maio de 1749, e foi um pioneiro, devido à sua descoberta sobre a imunização da varíola. Na época, a doença era uma ameaça gigantesca à humanidade e a batalha contra ela era travada há séculos. 

Durante a sua prática de cirurgião, escutou uma enfermeira mencionando que ela não contraiu varíola porque já tinha contraído a varíola bovina, fazendo com que ela fosse imune à doença. Por conta desse comentário, Edward começou a observar os seus pacientes em um período de 10 anos, visando relacionar as infecções.

…Leia na íntegra

Cerca de 430 mil doses da vacina Pfizer e AstraZeneca, contra a Covid-19, chegam nesta segunda à Bahia

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 03 maio 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A Bahia recebe nesta segunda-feira (03), logo mais, às 9h45, 431.910 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 405 mil da AstraZeneca e 26.910 da Pfizer.

Será feito ainda no Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), a conferência do primeiro carregamento de vacinas da Pfizer, que será entregue ao município de Salvador. Essas vacinas possuem uma logística diferenciada em relação aos demais imunobiológicos entregues pelo Ministério da Saúde, em virtude da necessidade de serem armazenada em temperaturas de até – 70°C.

É importante destacar que as vacinas da Pfizer são transportadas em uma caixa especial, lacrada, que somente será aberta no local de armazenamento definitivo na capital baiana. As vacinas chegarão em solo baiano em temperaturas que variam de -25°C a -15°C, com a validade de 14 dias, porém se submetidas a temperaturas de 2°C a 8°C, o prazo de utilização cai para cinco dias.

Remessa de 3,8 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca chega ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 02 maio 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

A.Brasil

Chega hoje (2) ao Brasil uma remessa com 3,8 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca. Os imunizantes foram obtidos no âmbito do mecanismo Covax Facility, consórcio que conta com governos e fabricantes e é coordenado pela Organização Mundial da Saúde(OMS)

As doses chegam em voo que aterrissará no aeroporto de Guarulhos. O voo está previsto para às 16h e será recebido pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e a representante da OMS no Brasil, Socorro Gross.

Ontem, um novo voo já havia entregado 220 mil doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca. O Brasil tem direito a mais de 10 milhões de doses pelo mecanismo da Covax Facility.

Segundo balanço do Ministério da Saúde, considerando essa nova carga, foram disponibilizados, por meio de fabricação no país ou importação, 17,1 milhões de doses em um intervalo de seis dias, contando a partir do dia 28 de abril. Nesse dia, o ministério recebeu 5,2 milhões. 

No dia 29, chegou ao Brasil 1 milhão de doses da Pfizer. No dia 30, foram entregues 6,5 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além de 420 mil da vacina CoronaVac, parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

Butantan recebe insumos para a produção de 5 milhões de vacinas na manhã desta segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 abr 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

O Instituto Butantan recebeu, na manhã desta segunda-feira (19), mais de três mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). A matéria-prima é necessária para a produção da CoronaVac, vacina contra a Covid-19.

De acordo com informações da revista IstoÉ, o material entregue é suficiente para a produção de cinco milhões de vacinas contra a doença pelo Butantan, que é o responsável pelo desenvolvimento das doses no Brasil, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

O lote chegou na manhã de hoje, às 6h13, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, vindo da capital chinesa de Pequim. No entanto, a remessa vem com atraso, já que estava programada para 8 de abril.

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada, diz ministro da Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 18 abr 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Fonte: Brasil 61

Durante um café da manhã com jornalistas nesta terça-feira (13), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada. 

De acordo com o ministro, a pasta vai criar uma lista, por estado, de pessoas que estão com a segunda dose atrasada, com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde. A lista ainda não tem data para ser divulgada. 

O Ministério da Saúde orienta que os brasileiros que estão com a segunda dose da vacina atrasada procurem um posto de vacinação para completar a imunização.

Anvisa autoriza novo ensaio clínico de vacina contra a covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 08 abr 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

A.Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (8) um novo ensaio clínico de vacina contra a covid-19. O desenvolvimento do imunizante está sendo patrocinado pela empresa biofarmacêutica Medicago R&D Inc, sediada no Canadá, e pela empresa farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK), a responsável pelo desenvolvimento do adjuvante da vacina, que é uma substância adicional à formulação.

De acordo com a Anvisa, a vacina candidata usa tecnologia de partícula semelhante ao coronavírus (CoVLP). É composta da proteína S expressa em forma de partículas parecidas com vírus (VLPs), coadministradas com um adjuvante, em duas doses com intervalo de 21 dias entre as doses.

O ensaio clínico aprovado é de fase 2/3, randomizado, cego para observador, controlado por placebo, para avaliar a segurança, eficácia e imunogenicidade da vacina, em adultos com 18 anos de idade ou mais. O ensaio clínico é composto por três estágios e o Brasil participará do estágio 3, que corresponde à fase 2/3 do estudo.

Na fase 3 do estudo, o objetivo é incluir até 30 mil voluntários no Canadá, Estados Unidos, além da América Latina, Reino Unido e Europa. No Brasil, devem ser incluídos 3,5 mil voluntários na porção 3 do estudo de fase 2/3. A fase 1 e 2 do estudo está em andamento no Canadá e Estados Unidos.

A Anvisa explicou ainda que analisou os dados das etapas anteriores de desenvolvimento, e os resultados obtidos até o momento demonstraram um perfil de segurança aceitável do imunizante. Este é o quinto estudo de vacina contra a covid-19 autorizado no Brasil.

Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacina contra covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 abr 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A.Brasil

O Instituto Butatan entregou hoje (5) mais um milhão de doses da vacina contra o coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Com o lote desta manhã, o instituto forneceu um total de 37,2 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, para serem distribuídas em todo o país.

Até o fim deste mês, o Butantan deve finalizar o primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde para fornecimento de 46 milhões de doses do imunizante. Até o fim de agosto devem ser fornecidas mais 54 milhões de doses ao PNI, totalizando 100 milhões de doses de CoronaVac.

Já foram aplicadas no estado de São Paulo 6,4 milhões de doses de vacina, sendo 1,6 milhão de segunda dose da imunização.

Anvisa aprova autorização para uso emergencial da vacina da Janssen

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 31 mar 2021

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A.Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a autorização temporária para uso, em caráter emergencial, da vacina da Janssen, um braço da Johnson & Johnson. O governo federal já adquiriu 38 milhões de doses do imunizante.

Seguindo a recomendação da área técnica da Anvisa, a maioria dos diretores votou pela permissão de uso com base em uma avaliação de que os benefícios da vacina superam os riscos trazidos por ela.

A posição foi puxada pela relatora, diretora Meiruze Freitas. “Esta relatoria conclui que os especialistas da Anvisa avaliaram que vacina atende às expectativas da agência quanto aos requisitos de qualidade, segurança e eficácia”, concluiu.

Conforme a área técnica, o imunizante pode ser aplicado em pessoas com mais de 18 anos, com ou sem comorbidades. A eficácia geral demonstrada pela farmacêutica no processo de submissão foi de 66,9%. Quando considerados casos graves, a eficácia comprovada foi de 76,7% após 14 dias e 85,4% depois de 28 dias.

…Leia na íntegra

Butantan cria vacina contra Covid e pedirá início de testes

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 26 mar 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Fonte:

Foi anunciado pelo Instituto Butantan, a criação da Butanvac, nova candidata a vacina contra a Covid-19.O Instituto pedirá nesta sexta-feira à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para iniciar os testes em humanos de uma potencial vacina contra a Covid-19.

De acordo com as informações, a previsão é que a distribuição da vacina desenvolvida pelo Butantan comece em julho. O anúncio da vacina foi adiantado ontem pelo jornal Folha de S. Paulo.

Na ButanVac, o vírus é inativado com produtos químicos e é considerada uma alternativa ainda mais segura do ponto de vista de efeitos colaterais. Após passar por testes pré-clínicos, quando foram avaliados em animais efeitos positivos e toxicidade, a vacina deve ser testada agora em seres humanos depois de autorização da Anvisa

Imagens mostram técnica de enfermagem injetando agulha sem aplicar vacina em idosa

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Sudoeste | Data: 25 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Nesta semana, uma técnica de enfermagem, foi flagrada injetando a agulha e retirando a seringa sem aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma idosa. O caso aconteceu na cidade de Rio do Pires, região sudoeste da Bahia.

O vídeo circula nas redes sociais e mostra a mulher colocando a seringa no braço da idosa, furando com a agulha, mas ela não injeta o líquido imunizante na paciente. Na sequência, um outro homem é vacinado pela mesma profissional, mas ela faz o procedimento corretamente.

De acordo com as informações ela foi afastada das funções.

A Secretaria de Comunicação de Rio do Pires informou que uma equipe da Saúde foi enviada à região de Contagem outra vez e, corretamente, vacinou a idosa que não foi imunizada no dia anterior. 

Município recebe mais 4.920 doses da CoronaVac

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 17 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Secom/PMVC

Mais vacina chegando! A Secretaria Municipal de Saúde acabou de receber, nesta quarta (17), do Governo do Estado, uma nova remessa com 4.920 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan. Com mais essa reposição, o município já recebeu cerca de 24 mil doses da vacina contra a Covid-19.

Com o quantitativo recebido hoje, serão vacinados 13% dos trabalhadores da saúde, o que corresponde a 1.430 doses. Com as outras 3.490 doses, será retomada a vacinação da primeira dose dos idosos do grupo prioritário, que foi suspensa na última terça (17).

A estratégia de vacinação será divulgada ainda hoje nos canais de comunicação oficiais da Prefeitura.

OMS aprova uso emergencial da vacina Janssen contra a covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 12 mar 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Foi aprovado nesta sexta-feira(12) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em caráter emergencial, a produção da vacina Janssen, de dose única, da farmacêutica norte-americana Johnson & Johnson, para uso contra a covid-19. “Cada novo instrumento, seguro e eficaz, contra a covid-19 é mais um passo para controlar a pandemia”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

As duas vacinas anteriores aprovadas pela organização – a Pfizer/BioNTech e AstraZeneca/Oxford – requerem duas doses para completar o ciclo de imunização da população, sendo que a Pfizer precisa ser armazenada a temperaturas ultrageladas. Em contrapartida, a vacina Janssen pode ser guardada em geladeira comum.