Ômicron: quarta dose não gerou anticorpos o suficiente, aponta estudo

0

Publicado por Editor | Colocado em Mundo, Saúde | Data: 17 jan 2022

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-pagadores-de-aluguel-blogs-2.png

olhardigital

Um estudo realizado em Israel apontou que uma quarta dose da vacina contra a Covid-19 aumenta substancialmente o número de anticorpos, para níveis mais altos do que os da terceira dose. Contudo, o aumento não é suficiente para prevenir infecções pela variante ômicron.

Os resultados foram obtidos durante um estudo preliminar realizado no Centro Médico Chaim Sheba, na cidade de Ramat Gan. Ao todo, o estudo investigou os efeitos da quarta dose em 174 pessoas, sendo que 120 delas receberam o reforço da Moderna e outras 154, receberam a vacina da Pfizer.

Mais anticorpos, mas não o suficiente

Os dados foram comparados com os de pessoas na mesma faixa etária, mas que ainda não tinham recebido a quarta dose. Segundo o diretor da Unidade de Doenças Infecciosas do hospital, Gili Regev-Yochay, o número de anticorpos foi um pouco maior do que o atingido após a terceira dose.

Mas o médico ponderou que essa quantidade provavelmente não é suficiente para conter a variante ômicron.  “Sabemos agora que o nível de anticorpos necessários para proteger e não ser infectado pela ômicron provavelmente é muito alto para a vacina, mesmo que seja uma boa vacina”, disse ele.

Dados precisam ser validados

De acordo com o hospital, esses dados são os primeiros sobre a efetividade de uma quarta dose de vacina da Covid-19 no mundo. Porém, eles ainda são preliminares, não foram publicados e carecem de revisão por pares para serem validados.

Desde 2020, Israel tem saído na frente de outros países para vacinar seus cidadãos. Os israelenses foram os primeiros a iniciar uma campanha de imunização, ainda no final do primeiro ano de pandemia. Além disso, o país foi o primeiro a aprovar uma quarta dose de vacina para idosos e imunossuprimidos.

A estratégia de sucessivas doses de reforço, porém, já tem sido criticada por algumas organizações de saúde ao redor do mundo. Para a OMS, por exemplo, o desenvolvimento de novas vacinas seria mais inteligente e efetivo do que a aplicação de mais doses da mesma vacina.

Brasil recebe segunda remessa de vacina pediátrica da Pfizer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 16 jan 2022

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-pagadores-de-aluguel-blogs-2.png

A.Brasil

O Ministério da Saúde confirmou que uma segunda remessa de vacinas pediátricas contra covid-19 chegou hoje (16) ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Desta vez, foram recebidas 1,2 milhão de doses da Pfizer, a única autorizada até agora pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa) para aplicação em crianças entre 5 e 11 anos.

 De acordo com o secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, a remessa mais recente estava prevista para chegar ao país apenas em 20 de janeiro, mas foi antecipada. No próximo dia 27, está prevista a chegada de mais 1,8 milhão de doses. A primeira remessa de doses da vacina foi descarregada na madrugada da última quinta-feira (13), também em Viracopos. No dia seguinte, o estado de São Paulo aplicou a primeira vacina pediátrica contra covid-19 da Pfizer em uma criança. “Para a imunização desse público [entre 5 e 11 anos] será necessária a autorização dos pais.

No caso da presença dos responsáveis no ato da vacinação, haverá dispensa do termo por escrito. A orientação da pasta é que os pais ou responsáveis procurem a recomendação prévia de um médico antes da imunização”, disse o Ministério da Saúde.

Comprovante de vacinação contra a Covid-19 será obrigatório para atendimento na Embasa

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 16 dez 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

Fonte: Ascom/Embasa

A partir da próxima segunda-feira (20), os usuários que precisarem acessar as lojas físicas de atendimento da Embasa deverão apresentar o comprovante de vacinação da Covid-19, no formato impresso ou digital, acompanhado de documento oficial de identificação com foto. A exigência também vale para quem precisar entrar nas instalações da empresa. A medida cumpre o que determina o decreto estadual n° 20.907/2021, publicado em novembro. É importante ressaltar que a imunização contempla a aplicação das duas doses ou dose única para o público em geral a depender do imunizante.

De acordo com o gerente de relacionamento com os usuários, João Ricardo Souza, o atendimento presencial da Embasa está ocorrendo em Salvador nos postos SAC Pituaçu, Periperi, Cajazeiras e Comércio por meio de senhas/ordem de chegada. No posto do SAC Barra, é necessário agendamento por meio do SAC Digital. No interior do estado, além da rede SAC, os usuários podem consultar o funcionamento das lojas físicas e realizar o agendamento na Agência Virtual da Embasa.

No ambiente do atendimento, é imprescindível usar máscara e não levar acompanhantes, exceto pessoas com problemas de locomoção e crianças de colo. Caso não seja o titular da conta de água/esgoto, é preciso levar procuração assinada e cópia do RG do titular.

…Leia na íntegra

Anvisa autoriza vacina da Pfizer contra covid-19 em crianças

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 16 dez 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

A.Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso da vacina produzida pelo consórcio Pfizer-BioNTech, a Comirnaty, contra a covid-19 em crianças com idade de 5 a 11 anos.

A aprovação está sendo anunciada hoje (16), em transmissão ao vivo da Anvisa, no Youtube, após avaliação técnica da agência, sobre o pedido apresentado em novembro, indicando o uso da vacina para este público. A resolução com a autorização da Anvisa será publicada ainda hoje (16) no Diário Oficial da União, em edição especial, segundo gerente geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes.Gustavo Mendes.

“Com base na totalidade das evidências científicas disponíveis, a vacina Pfizer-BioNTech, quando administrada no esquema de duas doses em crianças de 5 a 11 anos de idade, pode ser eficaz na prevenção de doenças graves, potencialmente fatais ou condições que podem ser causadas pelo SARS-CoV-2”, disse Mendes.

…Leia na íntegra

STF determina exigência de comprovante de vacina para entrar no país

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 12 dez 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

A.Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o comprovante de vacina para viajante que chega do exterior no Brasil só pode ser dispensado por motivos médicos, caso o viajante venha de país em que comprovadamente não haja vacina disponível ou por razão humanitária excepcional.

Barroso deferiu parcialmente cautelar pedida pelo partido Rede Sustentabilidade na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 913. O ministro pediu que a decisão seja enviada para referendo em uma sessão extraordinária do plenário virtual da Corte.

Na decisão, ele entendeu que há urgência para o tema em razão do aumento de viagens no período que se aproxima e pelo risco de o Brasil se tornar um destino antivacina.

“O ingresso diário de milhares de viajantes no país, a aproximação das festas de fim de ano, de eventos pré-carnaval e do próprio carnaval, aptos a atrair grande quantitativo de turistas, e a ameaça de se promover um turismo antivacina, dada a imprecisão das normas que exigem sua comprovação, configuram inequívoco risco iminente, que autoriza o deferimento da cautelar.”

…Leia na íntegra

Vereador dr. Augusto Cândido afirma ser contra o passaporte da vacina para entrada na Câmara de Vereadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

CMVC

Durante discurso na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), realizada na manhã desta quarta-feira (08), o vereador Dr. Augusto Cândido (PSDB) se declarou contrário à decisão da Mesa Diretora da Casa de passar a exigir o passaporte da vacina para o acesso ao prédio do Poder Legislativo.

“Sou contrário. Sou favorável à vacina, mas sou contrário a impedir que alguém vá ou venha para algum lugar por não ter sido vacinado”, disse Cândido. “O passaporte vacinal fere a nossa Constituição. Por que vamos exigi-lo?”, questionou o parlamentar.

O vereador lembrou que há anos as pessoas têm o direito de não serem expostas a tratamentos de saúde com os quais não se sintam à vontade. “Eu preciso ser contrário. Nosso ministro da Saúde disse que é contrário. O passaporte não impede a transmissão”, alertou Augusto, argumentando ser contra a exigência do passaporte. “Fere a Constituição, fere o Código de Nuremberg, a Declaração de Helsinque, os princípios bioéticos”, apontou.

Para o vereador, a vacina está “andando a passos largos” e não existe necessidade, nem condições legais para a exigência da vacinação para entrar no prédio da Câmara. 

Brasil recebe mais 1,5 milhão de doses da vacina da Pfizer

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 06 dez 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

O país recebeu mais 1,5 milhão de doses do imunizante da Pfizer, que chegaram nesta segunda-feira (6) no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). De acordo com o Ministério da Saúde, a distribuição será feita de maneira proporcional e igualitária, depois de acordo entre União, estados e municípios.

Nos últimos cinco dias, o Brasil recebeu mais de 10 milhões de doses do imunizante produzido pelo laboratório. Dos mais de 310 milhões de doses aplicadas em todo o país, cerca de 153 milhões são da Pfizer.

O contrato em andamento com a farmacêutica prevê a entrega de 100 milhões de doses. Ao desembarcarem, os imunizantes passam por um processo de checagem de qualidade. Conheça as etapas aqui.

Serviços do Detran-BA são acessados com apresentação de cartão de vacinação

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 02 dez 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

Fonte: Ascom/ DetranBA

Para acesso a qualquer um dos serviços presenciais do Detran-BA (Departamento Estadual de Trânsito) é necessária a apresentação do atestado de vacinação completa de acordo com a campanha de imunização vigente. A medida já está valendo desde a quarta (1º) em cumprimento ao decreto estadual 20.907/2021 para atendimento no SAC ou pátios nas unidades do órgão.

Em dois dias de vigência do decreto, o fluxo de exames práticos é considerado normal, segundo o coordenador Ricardo Anunciação. “Quem não chega com o documento é orientado a baixar o comprovante no local, porém o candidato que não conseguir comprovar a imunização terá que remarcar a prova”. Para garantir o atendimento é válida a carteira de imunização impressa ou Certificado Covid, disponível também no aplicativo ou plataforma do SAC Digital, que faz o redirecionamento ao Conecte SUS. 

O Detran-BA estendeu a exigência por meio da publicação da Portaria 218 estabelecendo critérios para a prestação de serviços presenciais pelas empresas credenciadas ao órgão, no caso das autoescolas, para que confiram a imunização dos alunos através do cartão de vacinação. 

“Uma guerra que será vencida apenas com a ação de todos, e o decreto estadual reflete todo esforço empreendido ao longo desses últimos 20 meses. A comprovação da vacina significa o cuidado com a saúde do servidor quanto do cidadão”, enfatiza o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel. 

Atendimento na Rede SAC passa a exigir comprovante de vacina

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 29 nov 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

Fonte: Ascom/Saeb

Os atendimentos presenciais nas unidades da Rede SAC em todo o estado estarão condicionados, a partir do dia 1º de dezembro, à comprovação da vacina contra a Covid-19. A medida atende ao decreto estadual n° 20.907/2021, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de sexta-feira (26). Uma lista com as dúvidas mais frequentes pode ser consultada no site instituição do SAC.

Com isso, os usuários precisam apresentar o documento fornecido no momento da imunização ou o Certificado Covid, obtido pelo aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde. A plataforma está disponível para Android e iOS e também pode ser acessada pelo endereço conectesus.saude.gov.br.

De acordo com o decreto, a imunização contra a Covid-19 contempla a aplicação das duas doses ou dose única, para o público geral; uma dose para crianças e adolescentes, observando o prazo de agendamento para a segunda dose; e aplicação da terceira dose de reforço – como orienta o Plano Nacional de Imunização. É essencial completar todo o esquema vacinal como previsto pelo plano para garantir o atendimento.

Caso o cidadão tenha perdido o cartão de vacinação ou se as informações do Certificado Covid não estejam atualizadas, é possível solicitar a correção dos dados ou a emissão da segunda via do documento na unidade de saúde onde recebeu a vacina. Outra opção é apresentar o resumo da vacinação fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde.

…Leia na íntegra

Exigência de comprovante da vacina para uso do transporte intermunicipal passa a valer a partir do dia 10 de dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, transporte | Data: 25 nov 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

Fon

Está publicado, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (25), o decreto assinado pelo governador Rui Costa que torna obrigatória, em toda a Bahia, a apresentação de documento de vacinação contra a Covid-19 para utilização de transporte rodoviário intermunicipal público e privado. A medida valerá a partir de 10 de dezembro.

De acordo com o decreto 20.897, “a utilização dos serviços de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros, público e privado, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, a partir de 10 de dezembro de 2021, fica condicionada à apresentação do documento de vacinação fornecido no momento da imunização ou do Certificado Covid obtido através do aplicativo Conect SUS do Ministério da Saúde”.

É necessário comprovar duas doses da vacina ou dose única, para o público geral, a depender do imunizante utilizado. No caso de adolescentes, uma dose, respeitando o prazo de agendamento para a segunda. Será exigida a terceira dose ou reforço da vacina para o público alcançado por esta etapa da campanha de imunização contra a Covid.

O cumprimento do decreto será fiscalizado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba).

Pelo decreto nº 20.894, de 19 de novembro de 2021, o Governo do Estado já havia definido que vai exigir, a partir de 1º de dezembro, o comprovante de vacinação completa contra a Covid-19 para permitir o atendimento presencial em serviços públicos, como o Detran, e a visitação a hospitais públicos e às penitenciárias.

Vacina Covid-19: nesta quinta serão aplicadas apenas 2ª e 3ª doses na unidades de saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 25 nov 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

A vacinação continua nesta quinta-feira (25), apenas nas unidades de saúde, fazendo a aplicação de 2ª e 3ª doses, das 8h às 12h e 14h às 16h, ou enquanto durarem os estoques.

Para as pessoas que estão com data da 2ª dose da Pfizer agendada até o dia 13 de dezembro, a vacina estará disponível em apenas duas unidades, pois não há mais estoque para reabastecimento na Rede de Frio. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) espera receber nova reposição de vacinas ainda nesta semana.

A 2ª dose da Fiocruz/Oxford será aplicadas nas pessoas com data de retorno até o dia 25 de novembro e a 2ª dose da Coronavac/Butantan para quem tem retorno até o dia 26 de novembro.

TERCEIRA DOSE – As pessoas com 59 anos ou mais que tenham tomado a 2ª dose até o dia 25 de junho já podem procurar uma das sete unidades de saúde para tomar a dose de reforço.

As pessoas com imunossupressão grave, maiores de 18 anos, que tomaram a 2ª dose até o dia 27 de outubro também poderão se vacinar com a 3ª dose.

Brasil recebe mais 1,5 milhão de doses de vacina da Pfizer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 16 nov 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

O Brasil recebeu, na madrugada desta segunda-feira, 15, mais 1,5 milhão de doses da vacina contra covid-19 fabricadas pela Pfizer. O desembarque foi no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

Esse é mais um carregamento que faz parte das 100 milhões de doses previstas para serem entregues até o final de 2021, como parte do segundo contrato assinado entre o governo e a empresa farmacêutica.

A previsão do Ministério da Saúde é que 56,7 milhões de doses do imunizante da Pfizer cheguem em novembro, com antecipação de parte dos lotes.

…Leia na íntegra

STF suspende portaria que proíbe demissão por falta de vacina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 nov 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A.Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu hoje (12) a vigência de dispositivos da Portaria 620 do Ministério do Trabalho, que proibiu a demissão do trabalhador que não tiver tomado vacina contra a covid-19. O ministro atendeu ao pedido liminar feito por partidos de oposição. 

A decisão não alcança quem tem contraindicação médica expressa para não se imunizar. 

A norma da pasta considerou que constitui “prática discriminatória a obrigatoriedade de certificado de vacinação em processos seletivos de admissão de trabalhadores, assim como a demissão por justa causa de empregado em razão da não apresentação de certificado de vacinação”.

Na liminar, Barroso entendeu que a medida onera as empresas e deveria ter sido feita por meio de lei formal. 

“O Supremo Tribunal Federal já reconheceu a legitimidade da vacinação compulsória, por meio da adoção de medidas indutivas indiretas, como restrição de atividades e de acesso a estabelecimentos, afastando apenas a possibilidade de vacinação com o uso da força”, argumentou o ministro. 

A decisão de Barroso suspende o dispositivo que proibia a exigência de comprovante de vacinação na contratação ou para continuidade do vínculo de emprego. Além disso, também fica suspensa a parte da norma que considerou prática discriminatória a solicitação do cartão de vacinação e a demissão por justa causa pela falta do documento.

Mais 2,1 milhões de doses da vacina da Pfizer chegam ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 nov 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A 18ª entrega de vacinas contra a covid-19 da Pfizer foi realizada hoje (11), quando chegaram ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), 2,1 milhões de doses do imunizante.

Até dezembro, a farmacêutica norte-americana deve disponibilizar 100 milhões de doses da vacina. A previsão do Ministério da Saúde é que 56,7 milhões de doses cheguem agora em novembro, com antecipação de parte dos lotes.

Em outubro, foram recebidos 25,4 milhões de doses. No mês passado, o laboratório também finalizou o primeiro contrato com o governo brasileiro para o fornecimento de 100 milhões de doses.

O Ministério da Saúde já distribuiu 344 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus a todos os estados e ao Distrito Federal. Já completaram o ciclo de imunização contra a doença, com duas doses ou vacina de dose única, 124,6 milhões de pessoas.

Bahia ultrapassa marca de 50% da população acima dos 12 anos completamente imunizada contra Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 19 out 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A Bahia ultrapassou, nesta segunda-feira (18), a marca de 50% da população com 12 anos ou mais completamente imunizada contra a Covid-19. Ao todo, 6.370.057 tomaram as duas doses da vacina ou a vacina de dose única, o que representa 53,03% do público, estimado em 12.732.254. Caso seja considerada a população com a primeira dose ou dose única, a Bahia já vacinou 81.81% da população com 12 anos ou mais.

Anvisa aprova ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 10 out 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade a extensão do prazo de validade da vacina da Janssen (Johnson & Johnson) contra a covid-19. O prazo passa de quatro meses e meio para seis meses, sob condições de armazenamento de 2°C a 8°C. 

A empresa Janssen-Cilag Farmacêutica solicitou, no último dia 15 de setembro, a alteração do prazo de validade para a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental, do imunizante. 

Segundo a Anvisa, a aprovação foi baseada em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina se manteve estável pelo período de seis meses.

No Brasil, a vacina da Janssen está autorizada para uso emergencial desde 31 de março deste ano. A vacina é a única aprovada pela Anvisa em dose única e, quando armazenada entre temperaturas de -25°C e -15°C, possui prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação.

Augusto Cândido diz que vacina contra a Covid-19 em crianças e adolescentes pode ser prejudicial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 23 set 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

CMVC

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), realizada na manha desta quarta-feira, 22, o vereador Dr. Augusto Cândido (PSDB) criticou as medidas definidas pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista para que as aulas possam retornar com 100% dos alunos. “Nossa prefeitura abriu 100% das aulas presencias, mas com distanciamento de um metro e meio não é possível fazer 100% de presença”, alegou Cândido. 

Augusto Cândido também criticou a decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que dá autonomia aos estados para definir a respeito da vacinação de crianças e adolescente. “Nosso ministro da Saúde disse que pessoas de 12 a 17 anos não devem ser vacinadas. O risco da doença em crianças e adolescentes nessa idade são mínimos. Existem, mas são pequenos”, disse ele, defendendo a tese de que a vacina pode ser prejudicial. 

Confirmada aplicação de 2ª e 3ª dose nesta sexta. Vacina para adolescentes aguarda liberação

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 17 set 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Nesta sexta-feira (17), está confirmada a vacinação com 2ª e 3ª dose em Vitória da Conquista. A aplicação da 1ª dose dos adolescentes vai depender da decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) que fará uma reunião pela manhã e caso a vacinação desse público seja liberada, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informará sobre a vacinação para o mesmo dia, no turno da tarde. Os pais e responsáveis devem ficar atentos aos canais oficiais da Prefeitura.

Amanhã, a 3ª dose será ampliada para os idosos da faixa etária de 80 anos ou mais, além das pessoas com imunossupressão de alto grau que tenham 18 anos ou mais. Para esses dois grupos, a vacinação vai ocorrer das 9h às 16h, no drive-thru do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPRSO), no Kadija.

Já nos pontos fixos, o horário de vacinação é de 8h às 12h e das 14h às 18h, nas seguintes unidades de saúde: UBS Panorama, UBS Hugo de Castro (bairro Guarani), UBS Vila América, UBS Dr. Admário Santos (bairro Brasil), UBS CAE II (Bairro São Vicente), USF Vila Serrana, USF Jardim Valéria, USF Conveima, USF Solange Hortélio (Urbis II), USF Miro Cairo e USF Urbis VI.

Os idosos que tenham feito seu esquema vacinal com 1ª e 2ª dose em outro município, poderão tomar a 3ª dose nos pontos de vacinação.

SEGUNDA DOSE – Para as pessoas que estão com data de retorno para a 2ª dose das vacinas Pfizer e Coronavac agendada para o dia 18 de setembro ou datas anteriores, a vacinação será nas unidades de saúde, das 8h às 12h e das 14h às 16h.

A 2ª dose da Pfizer será aplicada nas seguintes unidades de saúde: UBS Panorama, UBS Hugo de Castro (bairro Guarani), UBS Vila América, UBS Dr. Admário Santos (bairro Brasil), UBS CAE II (Bairro São Vicente), USF Vila Serrana, USF Jardim Valéria, USF Conveima, USF Solange Hortélio (Urbis II), USF Miro Cairo e USF Urbis VI.

Já a 2ª dose da Coronavac/Butantan pode ser encontrada nas unidades saúde da família Nelson Barros (Kadija); Nestor Guimarães (Jurema); Morada dos Pássaros; Urbis V; Pedrinhas ou Recanto das Águas.

Pfizer entrega mais quase 9 milhões de novas doses ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 12 set 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A Pfizer Brasil entrega ao Ministério da Saúde, entre os dias 8 e 12 de setembro, 8,97 milhões de doses da vacina ComiRNAty, contra a covid-19, produzida em parceria com a BioNTech. Sete voos que sairão do Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos (EUA), com destino ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

A previsão é que a Pfizer envie 200 milhões de doses do imunizante ao país até o fim de 2021, por meio de dois contratos de fornecimento da vacina. O contrato fechado em com o Ministério da Saúde em 19 de março prevê a entrega de 100 milhões até o fim de setembro.

Já o segundo contrato, assinado em 14 de maio, prevê a entrega de mais 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. As doses do imunizante que estão chegando ao Brasil são produzidas em duas fábricas nos EUA, Kalamazoo e McPherson, além de uma fábrica na Europa, em Purrs, na Bélgica.

Após chegarem no Aeroporto Internacional de Viracopos, as vacinas seguem para o depósito do Ministério da Saúde, em Guarulhos, e depois são enviadas aos mais de 38 mil postos de vacinação espalhados pelo país.

De acordo com o fabricante, já foram enviados mais de 1,2 bilhão de doses da vacina para mais de 120 países, incluindo o Brasil. A Pfizer apresenta uma taxa de sucesso de 99,9% em enviar lotes da vacina ao seu destino, dentro de todos os parâmetros pré-estabelecidos. Com base nas projeções atuais, a Pfizer e a BioNTech estimam que podem fabricar até 3 bilhões de doses da vacina no total, até o fim de 2021. Para 2022, a produção estimada é de 4 bilhões de doses.

Mutirão segue nesta terça, com 27 e 26 anos ou mais

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 24 ago 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Com um total de 24 horas, sendo 12 horas a cada dia, das 9 às 21 horas até às 21h, para contemplar quatro idades, o mutirão de vacinação que começou nesta segunda-feira (23), com a aplicação da 1ª dose para população de 29 e 28 anos ou mais, segue nesta terça-feira (24), para conquistenses das faixas etárias de 27 e 26 anos ou mais. Cada idade terá seis horas para vacinar.00

Nesta terça-feira (24), os jovens adultos de 27 anos ou mais poderão receber a 1ª dose de 9h às 15h nos pontos de vacinação. Das 15h às 21h será a vez dos jovens de 26 anos ou mais. A 1ª dose estará disponível no drive-thru da Ufba e nos pontos fixos para pedestres da Paróquia Rainha da Paz (Patagônia), Escola Municipal Mozart Tanajura (Vila América), quadra esportiva da Fainor (Candeias), 9º Batalhão de Polícia Militar (Ibirapuera) e Salão Paroquial da Santa Luzia (Urbis V).

Para se vacinar, basta apresentar um documento original com CPF e comprovante de residência de Vitória da Conquista.