Campanha Nacional de Multivacinação começa na próxima segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 04 set 2017

Tags:

Da Redação

De 11 a 22 de setembro, acontece, em todo o Brasil, a Campanha Nacional de Multivacinação para crianças e adolescentes. O objetivo é atualizar a caderneta de vacinação de crianças de 0 a 9 anos e de adolescentes de 10 a menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias) com relação à 19 vacinas de rotina, como as de hepatites A e B, BCG, meningite C, tétano e a penta.

Este ano, o dia “D” da campanha será 16 de setembro, sábado. Nesta data, as unidades de saúde da zona urbana fr Vitória da Conquista irão funcionar das 8 às 17 horas.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, nesta campanha não há uma meta a ser cumprida. A orientação é que os pais ou responsáveis compareçam às unidades com a caderneta da criança ou do adolescente em mãos para que a atualização seja realizada.

 

Ministério da Saúde amplia vacinação de HPV para homens e mulheres até 26 anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 18 ago 2017

Tags:, ,

Da Redação


O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária de vacinação de HPV pelo Sistema Único de Saúde. A partir de agora, homens e mulheres entre 15 e 26 anos devem receber a imunização.

A medida tem caráter temporário e foi aprovada nesta quinta-feira (17) em Brasília, durante a reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT). A iniciativa terá validade para os municípios que ainda tenham vacina em estoque, com prazo até setembro de 2017.

Conforme o Ministério, as coberturas vacinais continuam abaixo da meta preconizada de 80%. Isso se dá porque a vacinação na adolescência tem uma série de dificuldades, como a resistência desse grupo etário de buscar uma unidade de saúde, especialmente para vacinar-se, e o baixo conhecimento sobre a importância da vacinação.

Para a faixa etária de 15 a 26 anos, o esquema vacinal deverá ser com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantida pelo SUS.

Ministério da Saúde amplia vacinação contra HPV para meninos de 11 até 15 anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 20 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação

Meninos de 11 até 15 anos passarão a fazer parte do público alvo da vacinação contra o vírus HPV. A imunização para o público masculino passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro deste ano, e era destinada apenas aos garotos de 12 a 13 anos.

Segundo o Ministério da Saúde, com a inclusão desse público, cerca de 3,3 milhões de adolescentes, a meta para 2017 é proteger 80% dos 7,1 milhões de meninos de 11 a 15 anos e 4,3 milhões de meninas de 9 a 15 anos.

As secretarias estaduais de saúde do país foram informadas sobre a ampliação da faixa etária e as doses já estão disponíveis nos postos. Além dessa mudança, meninas que chegaram aos 15 anos sem receber as duas doses contra o HPV poderão receber a imunização. Pacientes oncológicos e transplantados de 9 a 26 anos também passaram a compor o público-alvo.

Vacina contra a gripe é liberada para toda a população; veja onde se vacinar

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 05 jun 2017

Tags:, ,

Da Redação


Na última sexta-feira (2), o Ministério da Saúde anunciou a liberação da vacina contra a gripe para toda a população. A partir desta segunda-feira (5), mesmo quem não pertença aos grupos prioritários pode ser imunizado.

Em Vitória da Conquista, a Secretaria Municipal de Saúde optou por acatar a decisão e ampliar o público-alvo da campanha. Vale lembrar que a campanha nacional de vacinação contra a gripe vai até a próxima sexta-feira, 9, e não será mais prorrogada. …Leia na íntegra

Conquista: prorrogado o prazo de vacinação contra a gripe

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 25 Maio 2017

Tags:, ,

Da Redação


A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que terminaria nesta sexta-feira, 26, será prorrogada em Vitória da Conquista. foi prorrogada até o dia 9 de junho, em Vitória da Conquista. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Imunização, a campanha, no município segue até o dia 9 de junho.

A prorrogação se deve à greve dos servidores. no início desta semana, algumas unidades deixaram de fornecer a vacina por conta da paralisação das atividades dos profissionais da área de saúde, o que levou a Administração a atender o público na própria Secretaria de Saúde nos dois primeiros dias da manifestação.

Ainda na terça-feira, 23, conforme a própria Secretária, vários postos foram reabertos e voltaram a realizar a campanha. No momento, oito postos de vacinação já voltaram ao normal e estão atendendo ao público-alvo. São eles: Centro de Saúde Regis Pacheco (Bairro Recreio); Policlínica de Atenção Básica São Vicente – CAE II (Bairro São Vicente); Policlínica de Atenção Básica Panorama (Bairro Panorama); Centro de Saúde Dr. Hugo de Castro Lima (Bairro Guarani); Policlínica de Atenção Básica Dr. Ademário Silva Santos (Bairro Brasil); USF Nestor Guimarães (Bairro Jurema); USF Recanto das Águas (Bairro Recanto das Águas); USF Solange Hortélio – CSU (Bairro Urbis II).

Em Vitória da Conquista, a previsão era de vacinar 70 mil pessoas durante a campanha. De acordo com o último levantamento divulgado pela Coordenação de Imunização, o número de doses aplicadas em Conquista era de 40.049, que representa 60,79% do grupo alvo.

O público-alvo da vacinação contra gripe são idosos acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas com relatório médico, transplantados, gestantes, mulheres no período de 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e cinco anos de idade, indígenas, pessoas privadas de liberdade e os profissionais de saúde.

Por conta da greve dos servidores, campanha de vacinação contra a gripe deve ser prorrogada em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 24 Maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Devido à greve dos servidores municipais de Vitória da Conquista, iniciada na última segunda-feira (22), alguns serviços oferecidos à população foram parcialmente suspensos. Os postos de saúde da cidade, por exemplo, não estão atendendo toda a demanda.

Algumas unidades estão fechadas e as que estão abertas, como Centro de Saúde Régis Pacheco, as pessoas estão tendo acesso a alguns atendimentos, no entanto, a vacinação contra a gripe, cuja campanha termina na próxima sexta (26), não está acontecendo. Por isso, o período de imunização contra a gripe, no município, deve ser prorrogado.

Além dos servidores, professores da rede municipal também estão em greve. As categorias pedem reajuste salarial, mas a prefeitura afirma que, em respeito ao limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a administração é obrigada a implementar medidas de contenção de despesas de pessoal, incluindo a não concessão de aumentos.

‘Dia D’ de vacinação contra gripe tem dezenas de pontos em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 13 Maio 2017

Tags:, ,

Da Redação


Neste sábado (13), acontece o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Influenza em Vitória da Conquista. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, além dos postos de saúde da zona urbana, mais 12 pontos, em locais estratégicos da cidade, estarão disponibilizando à população alvo a vacina contra a gripe.

O público alvo da campanha são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), professores, os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A vacinação neste sábado acontece até às 17 horas, sem intervalo para o almoço. A meta do governo é vacinar 90% desse público até o dia 26 de maio, data em que termina a campanha.

Confira os pontos de vacinação:

…Leia na íntegra

Dia “D” da campanha contra a Gripe acontece no próximo sábado

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 09 Maio 2017

Tags:, ,

Da Redação


No próximo sábado (13), será realizado o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Aqui em Vitória da Conquista, conforme a Secretaria de Saúde, os postos de vacinação deverão atender ao público das 8 às 17 horas, sem intervalo para o almoço. A vacinação acontece em toda zona urbana e em uma unidade na zona rural (USF Simão).

Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos de vacinação para os grupos prioritários: crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, e os professores das redes pública e privada.

A meta do governo é vacinar 90% desse público até o dia 26 de maio, data em que termina a campanha. Segundo a Secretaria de Saúde, me Vitória da Conquista, o número de pessoas vacinadas, até a última segunda (8), era equivalente a 30,4 % do público-alvo, estando este balanço parcial acima da média nacional.

Vacinação contra a febre aftosa acontece durante esse mês de maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 02 Maio 2017

Tags:, ,

Da Redação

Começou nesta na segunda-feira (1º) na Bahia a primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 2017. Durante todo o mês de maio, em todo o Estado deverão ser vacinados mais de 10 milhões de cabeças de gado, entre bovinos e bubalinos.

A Bahia, que tem o oitavo maior rebanho do país, é considerada “zona livre de febre aftosa” com vacinação desde 2001. O último caso de febre aftosa no estado foi há 20 anos, em 1997. Pra manter o bom retrospecto, o criador deve ficar atento ao período de imunização.

Esse ano, além de poder fazer a declaração de que o rebanho foi vacinado nos escritórios da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), o criador também vai poder declarar que imunizou seus animais através do site do órgão.

Vitória da Conquista adota critério de dose única para vacinação contra febre amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 10 abr 2017

Tags:,

Da Redação

Vitória da Conquista acaba de adotar a nova regra do Ministério da Saúde para a vacinação contra a febre amarela. A partir de agora, a vacinação no município será feita em dose única, conforme comunicado da Secretaria de Saúde.

Com a medida, as crianças e adultos, que já tomaram uma dose não precisam se vacinar novamente, já que a vacina tem validade por toda a vida. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia adotado o critério em 2014. A estratégia de uma única dose é segura e garantida, segundo os especialistas da OMS.

Para garantir a eficácia da vacina, é preciso administrá-la em uma única dose em crianças a partir de nove meses e adultos até 59 anos. Quem ainda não foi vacinado, deve receber a dose única. Vale lembrar que, neste momento, as recomendações são válidas apenas para quem mora ou vai viajar para as áreas de recomendação da vacina.

Mulheres grávidas ou amamentando devem apresentar relatório médico e só devem receber a vacina se residirem próximo às áreas com confirmação da circulação do vírus, sendo necessário suspender a amamentação por 28 dias. O relatório medico também é exigido para pessoas idosas.

A Secretaria de Saúde ressalta que a vacinação contra a febre amarela não é uma campanha, e sim de rotina. Ela pode ser encontrada em todos os postos de vacinação do município, a qualquer tempo.

*Com informações da SECOM PMVC

Período de vacinação contra a gripe é alterado em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 27 mar 2017

Tags:,

Da Redação


A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, que terá início, oficialmente, no dia 10 de abril, começará sete dias depois em Vitória da Conquista. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, em toda a Bahia, a vacinação começará no dia 17 de abril.

Segundo a coordenação de imunização, a alteração da data no Estado se deve ao fato de que, nesta primeira remessa da vacina, o Ministério da Saúde priorizou as regiões de difícil acesso, como a Amazônia. Já a partir do dia 17 de abril, as doses da vacina estarão disponíveis nos postos de saúde da cidade.  O dia “D” da Campanha  acontece no dia 06 de Maio.

O público-alvo da vacinação contra gripe são os idosos acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas com relatório médico, transplantados, gestantes, mulheres no período de 45 dias após o parto, crianças entre seis meses e cinco anos de idade, indígenas, pessoas privadas de liberdade e os profissionais de saúde.

Bahia reforça ações para combater a febre amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 12 mar 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Após a confirmação do primeiro caso de febre amarela em macacos na zona rural de Alagoinhas, na Bahia, o estado vem tomando medidas intensas na execução de ações preventivas no combate ao vírus da doença na região. Embora ainda não exista confirmação de casos nas zonas urbanas, o surto da doença preocupa.

Desde janeiro, foi criado um bloqueio vacinal nas regiões Oeste, Extremo Sul e Sudoeste do estado, decorrente da situação epidemiológica da febre amarela no país, que já contabiliza óbitos nos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais, incluindo regiões que fazem divisa com a Bahia. A imunização de indivíduos que não possuem duas doses registradas no cartão de vacinação é a principal das ações executadas, além do uso de inseticidas para a redução do número de mosquitos transmissores (Aedes aegypti) e monitoramento de casos suspeitos em macacos e em humanos.

A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela (ou tenha sido imunizado contra ela) é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. As primeiras manifestações da doença apresentam-se com febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça e muscular. Apresentam também náuseas e vômitos por cerca de três dias e, em sua forma mais grave, após um pequeno período de melhora, reaparecem sintomas de quadros de insuficiências hepática e renal, olhos e pele amarelados (icterícia) e manifestações hemorrágicas.

O tratamento para febre amarela deve ser orientado por especialistas para monitorar as funções hepáticas e buscando aliviar corretamente os sintomas da doença.

*Com informações do Correio

Governo da Bahia solicita doses extras de vacina contra febre amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 23 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação

Nesta segunda (23), o governador Rui Costa externou preocupação com Vitória da Conquista, devido ao surto de febre amarela em Minas Gerais, que já conta com 25 mortes confirmadas. Como a cidade recebe muitos mineiros, o risco da doença se espalhar é maior.

Para evitar que a Febre Amarela faça alguma vítima no estado, Rui afirmou que obteve junto ao Ministério da Saúde doses extras de vacina contra a febre amarela para imunizar a população de municípios baianos que fazem fronteira com o Espírito Santo e Minas Gerais.

“A gente vai vacinar toda a população da Serra Geral e Extremo Sul contra a febre amarela. A Bahia não teve, graças a Deus, nenhum caso de febre amarela. Mas, para a gente continuar assim, nós precisamos do apoio das secretarias municipais de Saúde, da mobilização da cidade para que possamos vacinar toda a população dessas regiões”, anunciou Rui.

Secretaria de Saúde esclarece sobre distribuição da vacina contra febre amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 23 jan 2017

Tags:, ,

da Redação

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, informou que a vacina contra a febre amarela está disponível, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, nas 42 unidades do município – incluindo as zonas urbana e rural. Na última sexta-feira (20) a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) incluiu Vitória da Conquista entre os municípios que deverão receber reforço na vacinação contra a doença.

De acordo com a Secretaria de Saúde local, após o anúncio da Sesab, Vitória da Conquista recebeu cerca de 4 mil doses extras e a reposição nas unidades está sendo feita de acordo com a demanda para garantir que toda a população do público-alvo ainda não imunizada possa ter acesso à vacina. Nesta segunda (23), no entanto,  “houve um atraso na logística de distribuição das doses para as unidades. Por isso, quem foi logo cedo ao posto de saúde não encontrou a vacina”.

Ainda segundo a pasta, vai haver alteração da “estratégia de distribuição das doses para garantir que todas as unidades estejam abastecidas desde o início da manhã”.  Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a prioridade em Vitória da Conquista é para a população que não recebeu a primeira dose da vacina ainda e que vai viajar para uma Área Com Recomendação de Vacina (ACRV).

Febre amarela: vacinação em Conquista vai priorizar quem não tomou a primeira dose

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 20 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação


A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) incluiu Vitória da Conquista entre os municípios que deverão receber reforço na vacinação contra a febre amarela, como informou o BLOG DA RESENHA GERAL. De acordo com a Sesab, a cidade possui um importante eixo rodoviário ligado com o norte e nordeste de Minas Gerais, onde estão localizados os municípios com ocorrência de casos e registro de óbitos por febre amarela.

No entanto, de acordo com a Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, a orientação para o município é diferente da que foi estabelecida para 45 cidades baianas, nas quais foi recomendada a imunização de toda a população contra a febre amarela. Na cidade, devem tomar a vacina todos aqueles que ainda não foram imunizados. Além disso, como a imunização contra a febre amarela é feita com a administração de duas doses, a prioridade será para as pessoas que nunca receberam a primeira dose.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, lotes extras da vacina já chegaram a Vitória da Conquista e não haverá problemas de reposição, pois as doses serão repostas de acordo com a demanda para garantir que toda a população ainda não imunizada possa ter acesso à vacina. A vacinação seguirá a rotina e será feita de segunda a sexta, nos horários normais, das 8 às 17 horas, tanto na zona urbana quanto na zona rural.

Sesab recomenda vacinação conta febre amarela em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 20 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) emitiu nota nesta sexta-feira (20) recomendou o reforço vacinal contra a febre amarela em Vitória da Conquista. De acordo com a Secretaria, a cidade possui um importante eixo rodoviário ligado com o norte e nordeste de Minas Gerais, onde estão localizados os municípios com ocorrência de casos e óbitos por febre amarela.

“Embora o fluxo rodoviário não seja uma indicação para vacinação da população, pela intensidade migratória diária e pelas fortes relações de saúde entre as duas regiões, foi incluído mais esse município na lista daqueles com indicativo de intensificação vacinal seletiva”, afirmou a nota.

A Sesab também solicitou ao Ministério da Saúde a ampliação da imunização para cidades com elevada circulação de pessoas oriundas de Minas Gerais, devido ao aceso a toda região litorânea, sobretudo no verão, como é o caso de Teixeira de Freitas, onde recentemente foi notificado um caso da doença em uma pessoa residente em Teófilo Otoni (MG). As outras cidades do extremo sul com recomendação de imunização são: Alcobaça, Belmonte, Caravelas, Eunápolis, Guaratinga, Ibirapuã, Itabela, Itagimirim, Itamaraju, Itanhém, Itapebi, Jucuruçu, Lajedão, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Santa Cruz de Cabrália e Vereda.

A vacina deve ser tomada por crianças a partir dos nove meses e pelos adultos que ainda não estão imunizados. Para as pessoas acima dos 60 anos e para os imunodeprimidos, como os transplantados, a vacinação deve ser feita apenas com recomendação médica.

Vacina contra febre amarela é distribuída regularmente em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 16 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) emitiu um alerta para 45 cidades baianas recomendando que a vacinação da população contra a febre amarela fosse intensificada em 100%. Vitória da Conquista não faz parte dessa lista, mas a Secretaria Municipal de Saúde informou que as doses das vacinas estão disponíveis  para  distribuição, como orienta o Ministério da Saúde.

Alguns casos que tem surgido pelo Brasil tem deixado a população em alerta para os riscos de se contrair a doença. O caso mais recente foi a morte de seis macacos notificados como hospedeiros da doença no município de Coribe, no Oeste do Estado, além de uma morte registrada em Riberão Preto, interior de São Paulo, e dezenas de casos suspeitos de febre amarela no estado de Minas Gerais.

Apesar do alerta para os municípios do interior da estado, a coordenadora municipal de Imunização, Andréa Amaral, tranquiliza a população e explica que não é necessária correria para as unidades de saúde em busca  da vacinação, pois ela é de rotina e feita durante todo o ano no município.

A imunização é feita com duas doses da vacina: a primeira pode ser aplicada em bebês a partir de 9 meses, e a segunda dose deve ser administrada antes dos 5 anos de idade. Já os adultos devem tomar a segunda dose 10 anos após a primeira.

A situação preocupa, pois o último surto da febre amarela na área urbana aconteceu em 1942. A secretaria de Saúde ainda orienta que a vacina deve ser tomada 10 dias antes em casos de viagens para uma das cidades em estado de alerta, ou viagens para áreas de região silvestre, rural ou de mata.

Vacina contra HPV para meninos está disponível nas Unidades de Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 05 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação

Foto: divulgação Ascom PMVC

As unidades de Saúde de Vitória da Conquista já estão disponibilizando vacina contra o vírus HPV para meninos entre 12 e 13 anos. A vacinação dos adolescentes, que já ocorria entre meninas de 9 a 14 anos, tem como objetivo contribuir para a diminuição do câncer de colo do útero e vulva das mulheres, já que isso possibilita a diminuição da circulação do vírus na população.

Além disso, os próprios meninos serão beneficiados, já que a vacina protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, problemas também relacionados ao Papiloma Vírus Humano (HPV).  Para receber a dose, basta apresentar o cartão de vacinação e o documento de identificação. Para completar a proteção, os adolescentes devem tomar duas doses. A segunda delas, seis meses depois da primeira.

A vacinação também será estendida a homens que vivem com HIV entre 9 e 26 anos. Antes, só as mulheres com HIV desta faixa etária podiam se vacinar gratuitamente. Nesses casos, o esquema vacinal é de três doses.

Outra novidade, é a vacina contra a Meningite C (conjugada), que também previne a sepse, infecção generalizada. Pela primeira vez, esta vacina está sendo disponibilizada pelo  Serviço Único de Saúde (SUS) para os meninos e meninas de 12 e 13 anos.

 

Vacina contra HPV começa a ser distribuída para meninos a partir deste ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 02 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação
Com informações do A Tarde

A partir deste mês, a rede pública de saúde vai passar a oferecer a vacina contra o HPV para meninos de 12 a 13 anos como parte do Calendário Nacional de Vacinação. A faixa etária, de acordo com o Ministério da Saúde, será ampliada gradativamente até 2020, período em que serão incluídos meninos de 9 a 13 anos.

A expectativa da pasta é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos este ano, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos que vivem com HIV/aids no Brasil. Serão adquiriras, ao todo, 6 milhões de doses ao custo de R$ 288,4 milhões.

De acordo com o governo federal, o Brasil é o primeiro país da América Latina e o sétimo no mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunização. Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá já fazem a distribuição da dose para adolescentes do sexo masculino.

Duas doses

O esquema vacinal contra o HPV para meninos será de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Já para os que vivem com HIV, o esquema vacinal é de três doses, com intervalo de dois e seis meses, respectivamente. Nesses casos, é necessário apresentar prescrição médica.

A doença

HPV é a sigla em inglês para papiloma vírus humano, capazes de infectar a pele ou as mucosas. Existem mais de 150 tipos, sendo que cerca de 40 podem infectar o trato ano-genital.

A infecção é muito frequente, mas transitória, regredindo espontaneamente na maioria das vezes. No pequeno número de casos nos quais a infecção persiste, pode ocorrer o desenvolvimento de lesões precursoras que, se não forem identificadas e tratadas, podem progredir para o câncer, principalmente no colo do útero, mas também na vagina, vulva, ânus, pênis, orofaringe e boca.

Pelo menos 13 tipos de HPV são considerados oncogênicos, apresentando maior risco ou probabilidade de provocar infecções persistentes e estar associados a lesões precursoras. Dentre eles, os tipos 16 e 18 estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero.

Campanha de multivacinação termina nesta sexta-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 30 set 2016

Tags:,

Da Redação

VAcinaA Campanha Nacional de Multivacinação, que pretende atualizar a carteira de vacinação de crianças e adolescentes, termina nesta sexta-feira (30) na Bahia e nos demais estados do país.

Os responsáveis devem levar as crianças e adolescentes portando a caderneta de vacina, que será avaliada pelo profissional responsável. Caso seja necessário, receberão as doses pendentes. Ao todo, estão sendo atualizados 14 tipos de vacina nessa população.

As vacinas que estão sendo aplicadas são as que protegem conta a paralisia infantil, Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite e Hepatite B, meningocócica tipo C, pneumonia e HPV.