Homem ruivo passa em cotas para negros no curso de Medicina da Uesb

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 07 fev 2020

Tags:, ,

agenciasertao.com

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Um homem de 38 anos de pele clara e cabelo ruivo conseguiu uma vaga no curso de medicina da Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) após concorrer nas cotas raciais e se autodeclarar pardo no momento da matrícula.

O caso dele está sendo investigado pela universidade, no campus de Vitória da Conquista, por meio de um processo administrativo, após denúncia de um concorrente que se diz pardo – filho de pai negro e mãe branca.

Michelson Medonça da Silva, o estudante investigado, está no primeiro semestre de medicina. Ele ingressou na universidade após fazer o vestibular de 2019 e concorrer a uma vaga pelas cotas raciais, destinadas a negros e pardos.

O edital do vestibular da Uesb exige que, no momento da matrícula, o candidato que concorre a cotas raciais preencha um formulário no qual se autodeclara negro ou pardo, e não faz verificação presencial para confirmar a veracidade da informação.

Essa forma de ingresso de alunos que concorrem a cotas raciais é cercada de polêmicas na Bahia, e já foi alvo de críticas também na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), onde pessoas brancas entraram em medicina pelas cotas raciais.

Por conta disso, a UFMG passou a adotar a averiguação presencial das autodeclarações no vestibular de 2019 por meio de uma banca. No mesmo ano, UFBA (Universidade Federal da Bahia), também por conta de tentativas de fraude, implantou o mesmo sistema de verificação.

Segundo a UFBA, “a verificação é pelo caráter fenotípico, não é ascendência, pois entende-se que, no campo das relações sociais no Brasil, a questão do racismo focado no fenótipo é muito mais forte do que o racismo calcado em origem ou outros elementos, como religião e cultura”.

O estudante investigado tem entendimento contrário do da UFBA. Mesmo dizendo ser ruivo, ele se considera pardo porque tem uma avó negra.

“A questão étnico-racial é de identidade cultural, de como a pessoa se vê em sua comunidade”, disse Silva.

“Em minha parte, não há nada ilegal, fiz tudo baseado no edital [do vestibular da Uesb], já esclareci à universidade. Não tenho o que temer disso aí”, ele afirmou, ao se referir ao processo administrativo. “Só eu nasci ruivo na família”.
Silva afirmou ainda que, antes de se matricular, ainda ligou para a Uesb para perguntar se teria alguma averiguação sobre a autodeclaração. “Disseram que é questão de etnia, que ninguém vai apurar questão fenotípica nenhuma”.

Em nota, a Uesb declarou que “um processo administrativo está em andamento para apurar o caso, no qual os interessados já foram ouvidos e a denúncia está sob análise da Procuradoria jurídica”.

A instituição, porém, não informou sobre prazo final do processo nem deixou claro se há perspectivas de a instituição averiguar presencialmente as declarações, como faz a UFBA.

“Atualmente, a matrícula dos aprovados pelo sistema de reserva de vagas se dá pela autodeclaração. A Uesb vem discutindo e se movimentando no sentido de aprimorar o processo, com a implantação de um comitê de avaliação para assegurar a transparência e a segurança dos candidatos”, afirma o comunicado da instituição.

A universidade foi informada do caso de Silva em fevereiro de 2019, logo após o resultado do vestibular. No caso do curso de medicina, são cinco vagas para cotas raciais.

O aluno que fez a denúncia, que não quis revelar o nome, ficou em sexto lugar e procurou os aprovados para saber se haveria desistência da vaga. Foi quando viu Silva e diz que achou injusto que ele tenha entrado na Uesb pelas cotas raciais.

…Leia na íntegra

Gabarito do 2° dia de provas do Vestibular Uesb já está disponível

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 15 dez 2015

Tags:,

Da Redação

00 (1)Foto: Divulgação – Ascom Uesb

A Uesb já divulgou o gabarito do 2° dia de provas do Vestibular, aplicadas na última segunda-feira, 14. Os interessados podem conferir aqui os resultados das provas de Geografia, História e Matemática.

O Vestibular Uesb, que contou com a participação de mais de 17 mil candidatos, terminou nesta terça-feira (15), com aplicação das questões de Física, Química e Biologia. O processo seletivo foi realizado nas cidades de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista, onde a Universidade possui campus.

Durante os três dias de provas, 3.330 estudantes estiveram ausentes, o que totaliza aproximadamente 19,5% dos inscritos na seleção. Em Vitória da Conquista, a abstenção foi de 2.132 candidatos, enquanto na cidade de Jequié, o quantitativo de ausente foi 991. Já em Itapetinga, 207 vestibulandos não estiveram presentes para realização da prova.

De acordo com a Assessoria de Comnicação da Uesb, durante o Vestibular, nove candidatos foram eliminados do processo por descumprir as regras estabelecidas no Edital, e 116 atendimentos de saúde foram realizados.

Em virtude do Vestibular da Uesb, Sindicato dos Rodoviários cancela paralisação

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 14 dez 2015

Tags:, , ,


Da Redação

Onibus BO Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista e Região (Sintravic) cancelou a paralisação dos funcionário da Viação Vitória, anunciada para esta terça-feira (15). De acordo com o novo comunicado emitido pelo Sindicato, o adiamento da mobilização se deve ao fato desta terça também ser o último dia do Vestibular Uesb.

O Sintravc afirma, por meio de luta, que “além de lutar pelos direitos trabalhistas da categoria, presa pelo bem-estar de toda a sociedade, entendendo isso, não pretendemos prejudicar aqueles que dependem do transporte público para se locomover até o local de provas”.

A mobilização anunciada pelo Sindicato dos Rodoviários se daria por causa da falta de pagamento do salário do mês de novembro.

Vestibular UESB: Confira a programação do projeto “Cinema eis a questão”

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Cultura, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 29 out 2014

Tags:,

Da Redação

cinema eis questãoO projeto “Cinema: Eis a Questão – O Janela Indiscreta no Vestibular” informa que as exibições dos filmes que serão cobrados no Vestibular 2015 acontecerão no campus de Vitória da Conquista. As sessões comentadas de “Garapa”, “Os incompreendidos” e “À Beira do Caminho” ocorrerão nos dias 26, 27 e 28 de novembro, respectivamente, no Teatro Glauber Rocha.

Nos outros dois campi, a programação será mantida. Jequié recebe o projeto nos dias 29, 30 e 31 de outubro, no Auditório do CEEPRP (antigo IERP); e Itapetinga, nos dias 12, 13 e 14 de novembro, no Auditório Juvino Oliveira. A ação é uma realização da Uesb, por meio do Programa Janela Indiscreta, em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação, a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve), o Programa Universidade Para Todos e a Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. Com informações Ascom/Uesb.

Projeto Cinema Eis a Questão chega à Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Cultura, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 26 nov 2013

Tags:,

Da Redação

As exibições dos filmes que vão ser temas de questões no vestibular da Uesb 2014 acontecem nos dias 26, 27 e 28 no auditório do Cemae.

CARTAZ-CINEMA EIS A QUESTAO 2013Começa nesta terça-feira (26) e prossegue nos dias  27 e 28 de novembro, na cidade de Vitória da Conquista, a 10ª edição do projeto “Cinema: Eis a Questão – O Janela Indiscreta no Vestibular”, com sessões comentadas dos filmes a serem cobrados na prova do Vestibular 2014 da Uesb. As atividades serão realizadas no Auditório do Cemae, às 15 e 19 horas, com entrada franca.

No dia 26, o filme exibido será “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”, de Cao Hamburger, a ser comentado por Eder Amaral, Gil Brito e Izis Mueller; no dia 27, será o filme “Infância Clandestina”, de Benjamín Ávila, com comentários de Glauber Lacerda, Joaquim Novais e Zenildo Soares; para finalizar, o documentário “Marighella”, de Isa Grinspum Ferraz, que será comentado por Joslan Sampaio, José Dias e Marcelo Lopes, no dia 28.

Cinema: Eis a Questão

O projeto acontece pelo 10º ano seguido, nas três cidades que possuem o campus da Universidade, e é uma realização da Uesb, por meio do Programa Janela Indiscreta, em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve), o Programa Universidade Para Todos (UPT) e a Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex). …Leia na íntegra