Termina prazo para que os verdes deixem o governo Wagner

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 29 jan 2010

Tags:, , , ,

do Tribuna da Bahia

O presidente da Executiva Estadual do Partido Verde, Ivanilson Gomes, disse ontem que os integrantes da legenda que estão na administração do governo Jaques Wagner têm até amanhã para deixarem os seus cargos. De acordo com Gomes, foi dado um prazo de 30 dias a todos os filiados que pretendem disputar um cargo na próxima eleição, sendo a data-limite o dia 30 de janeiro, neste sábado, portanto.

Estão nessa situação o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Juliano Matos, a diretora do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Beth Wagner, além de Marcos Ferreira e Tatiana Matos, todos colocados como pré-candidatos do PV na próxima eleição. “Soube, na semana passada, que ele vai deixar o governo. Na segunda-feira, já deveremos ter um posicionamento sobre isso”, colocou Ivanilson, se referindo ao secretário Juliano Matos.

Considerando que todos estão cientes da situação, a legenda não vai aceitar desculpas para que seja postergada a saída dos governistas. “Demos um mês de tolerância para que ele pudesse arrumar as gavetas para a transição. Mas não é só deixar a secretaria. Se ele pretende ser candidato, vai ter que assumir as candidaturas do partido, tanto ao governo quanto ao Senado”, advertiu Gomes, ainda se referindo a Juliano, prometendo reação caso a decisão seja contrariada. “Caso eles insistam, nós iniciaremos um processo de expulsão por conta de indisciplina partidária”, informou.

O caso do ministro da Cultura, Juca Ferreira, que também tem o mesmo posicionamento político do grupo liderado por Juliano, é diferente. Embora não tenha se manifestado em disputar qualquer cargo no próximo pleito, Juca também terá que optar entre o governo e o PV. Segundo Ivanilson, o caso do ministro vem sendo tratado pela direção nacional da legenda. “Como Juca é ministro, há uma discussão a nível nacional em relação ao posicionamento dele. Mas, até onde eu sei, a direção nacional não vai aceitar ele continuar no governo com a candidatura de Marina”, colocou.

Atividades fortalecem o partido

Satisfeito com o nome do empresário Guilherme Leal, co-presidente da Natura, indicado ontem como vice na chapa da senadora Marina Silva, Ivanilson Gomes informou que o PV baiano prepara uma série de atividades para os próximos meses.

“Vamos a Santo Amaro no dia 31 visitar Dona Canô, (Maria) Bethânia e Caetano (Veloso), que são eleitores da Marina”, disse Gomes, referindo-se aos integrantes da Executiva e os pré-candidatos Luis Bassuma (ao governo) e Edson Duarte (ao Senado). Ivanilson informou ainda que os filiados do partido vão participar do Balaio Verde, no dia 2 de fevereiro, na Festa de Iemanjá. No dia 6 de fevereiro, na sede do Sindiquímica, acontecerá uma reunião entre os pré-candidatos da legenda para ajustar o discurso da chapa proporcional com o da majoritária. Até agora o partido conta com 34 pré-candidatos à Câmara Federal e 42 para a Assembleia Legislativa.

Os comentários estão encerrados.