Testes-rápidos que fazem o diagnóstico da dengue já podem ser produzidos na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 08 fev 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

Foto: Camila Souza/GOVBA

O primeiro laboratório público do Brasil autorizado a começar a produzir e comercializar os testes-rápidos de diagnóstico da dengue, zika vírus e febre chikungunya, foi o Bahiafarma, que funciona em Simões Filho, próximo a capital do estado.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (6), após licença concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produção e distribuição dos dispositivos que detectam a dengue e as demais doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti. Mesmo ainda não iniciado o processo de fabricação, o laboratório baiano tem capacidade para produzir cerca de 500 mil testes-rápidos por mês.

O laboratório conseguiu o registro para dois tipos de testes rápidos para diagnóstico da dengue. Um deles detecta anticorpos produzidos por organismos infectados, o Dengue IgG / IgM, que realiza o diagnóstico a partir do quinto dia de infecção, e o outro teste chamado Dengue NS1, que consegue identificar a infecção pelo vírus da dengue logo em seu início, antes mesmo que o paciente comece a sentir os sintomas da doença.

Com a agilidade e precisão para a detecção da doença, o teste possibilita tratamento imediato para os pacientes que tiverem a confirmação da infecção pela doença. 65.831 casos prováveis de dengue foram notificados na Bahia, somente no ano de 2016, o que representa uma estimativa de 433 casos a cada 100 mil habitantes.

Os comentários estão encerrados.